A Dieta da Pavorô – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 21/10/2016

A dieta detox volumétrica ganhou mais destaque na mídia depois que Milene Uehara, mais conhecida como Milene Pavorô em suas aparições em programas do SBT, seguiu o programa alimentar.

Conhecida também como a dieta da Pavorô, o plano alimentar fez com que a moça eliminasse 5 kg e diminuísse aproximadamente 8 cm de braço; 4,5 cm de coxa, 12 cm de abdômen e 15 cm de cintura, de acordo com a própria Milene.

Como funciona a dieta da Pavorô? 

pavoro2

A dieta da Pavorô teve a duração de 72 horas, ou seja, três dias. Além de seguir uma alimentação saudável, a contratada do SBT praticou atividades físicas em uma academia e submeteu-se a procedimentos de drenagem linfática.

Em seu site, Milene confessou que gosta bastante de comer e contou que apesar de ter passado vontades ao longo do período em que obedeceu à dieta, ela não chegou a passar fome.

A rotina alimentar da mulher foi elaborada pela nutricionista Alyne Sandim e era composta pelas seguintes diretrizes:

  • Refeição da manhã: o café da manhã deve trazer um suco detox vermelho, suco detox verde ou suco termogênico, além de um lanche que pode ser composto por omelete de claras, ervas finas, queijo cottage e torradinhas integrais.
  • Almoço: composto por saladas, legumes, grãos como quinoa, carne branca. Depois do almoço, a recomendação consiste em consumir 300 ml de chá verde;
  • Lanches ao longo do dia: no lanchinho do período da manhã ou do período da tarde, deve-se consumir, por exemplo, iogurte ou fruta acompanhada de alguns grãos como quinoa ou amaranto, gelatina ágar-ágar, chá, damasco e queijo.
  • Jantar: o cardápio propõe o consumo de saladas para a hora do jantar.
  • Ceia: por sua vez, a ceia deve trazer algum tipo de chá caseiro.
  • Calorias: o cardápio é de 1 mil calorias por dia.

Cardápio da dieta da Pavorô 

Confira abaixo o cardápio dos três dias para a dieta detox volumétrica:

Dia 1

  • Café da manhã: suco detox verde preparado com couve, gengibre, maçã, limão, hortelã e linhaça e um omelete de duas claras com ervas finas e uma colher de queijo cottage.
  • Lanche da manhã: uma gelatina ágar-ágar de melancia e chá de hibisco com canela. 
  • Almoço: salada de alface tipo lisa com palmito fresco e tomate, três colheres de sopa de quinoa real, uma xícara de couve-flor com cenoura ao vapor, um filé de tilápia grelhado e 300 ml de chá verde (ingerir depois do almoço).
  • Lanche da tarde: um iogurte branco desnatado, acompanhado de uma colher de farelo de aveia e um kiwi.
  • Jantar: salada de rúcula com manga.
  •  Ceia: chá caseiro de maracujá.

Dia 2

  • Café da manhã: suco detox vermelho preparado com morango, uva roxa, gengibre, canela, repolho roxo, linhaça e água de coco e um omelete de duas claras com ervas finas e queijo cottage.
  • Lanche da manhã: dois damascos e uma fatia de queijo branco.
  • Almoço: salada de alface tipo lisa com palmito fresco e cenoura ralada, duas colheres de sopa de arroz sete grãos, uma colher de servir ou duas colheres de sopa de abobrinha refogada com tomate-cereja, um filé de frango grelhado com shimeji e 300 ml de chá verde (que deve ser ingerido depois do almoço.
  • Lanche da tarde: um iogurte branco desnatado, uma maçã pequena e uma xícara de chá mate.
  • Jantar: salada de atum com palmito.
  • Ceia: chá caseiro de maçã com canela.

Dia 3

  • Café da manhã: suco termogênico, duas torradas integrais e uma omelete de duas claras com ervas finas e uma colher de queijo cottage.
  • Lanche da manhã: uma ameixa fresca e uma fatia de queijo branco.
  • Almoço: salada de alface americana com vagem e rodelas de tomate, 100 g de purê de batata-doce, uma xícara de brócolis cozido ao vapor, um filé de pescada assado e 300 ml de chá verde (para ser consumido após a finalização do almoço).
  • Lanche da tarde: chá de cidreira, uma fatia de melão e uma colher de sopa de amaranto.
  • Jantar: salada caprese.
  • Ceia: chá caseiro de melissa.

Receitas da dieta da Pavorô

Confira a seguir algumas receitas utilizadas no programa alimentar de Milene Uehara:

1. Suco detox verde

Ingredientes:

  • 2 folhas grandes de couve sem o talo;
  • 2 lascas de gengibre;
  • 1 maçã com casca cortada em pedacinhos;
  • ½ suco de limão;
  • 5 folhas de hortelã;
  • 1 colher de sopa de linhaça;
  • 200 ml de água filtrada.

Modo de preparo:

  1. Higienizar bem e colocar todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Bater bem e servir-se.

2. Chá caseiro de maracujá

Ingredientes:

  • Sementes e polpa de ½ maracujá;
  • 1 canela em pau;
  • 1 lasca de gengibre;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

  1. Colocar a água dentro de uma panela no fogo;
  2. Ferver junto com os outros ingredientes durante cinco minutos. Servir-se.

3. Suco detox vermelho

Ingredientes:

  • 6 morangos picados;
  • 8 gomos de uva roxa;
  • 1 pedaço de aproximadamente 2 cm de gengibre;
  • 1 colher de café de canela;
  • 1 folha de repolho roxo picada;
  • 1 colher de sopa de linhaça;
  • 150 ml de água de coco.

Modo de preparo:

  1. Higienizar bem e colocar todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Bater bem e servir-se.

4. Chá caseiro de maçã com canela

Ingredientes:

  • 1 maçã pequena com casca, cortada em lascas;
  • 1 canela em pau;
  • 1 lasca de gengibre;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

  1. Colocar a água dentro de uma panela no fogo;
  2. Ferver junto com os outros ingredientes durante cinco minutos. Servir-se.

5. Suco termogênico

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de hibisco;
  • 6 lichias;
  • ½ rabanete;
  • 1 pitada de pimenta rosa.

Modo de preparo:

  1. Higienizar bem e colocar todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Bater bem e servir-se.

Cuidados importantes 

Antes de seguir qualquer tipo de dieta, o que inclui a dieta detox volumétrica, é fundamental consultar-se com um nutricionista, para se certificar de que o programa alimentar é realmente o mais indicado para você, tendo em vista não somente seus objetivos e sua saúde.

Veja que para alcançar os resultados que conseguiu, Milene contou com o acompanhamento de uma nutricionista.

Isso é importante para se certificar de que a dieta em questão será capaz de fornecer os nutrientes e a energia de modo suficiente para que o organismo funcione direitinho.

Em relação à dieta da Pavorô, o cuidado é especialmente necessário devido ao fato de que ela traz um cardápio de 1 mil calorias. Vale lembrar que a redução máxima que uma pessoa deve ter em sua ingestão calórica diária é de 1000 calorias.

Se levarmos em consideração que uma pessoa costuma ingerir 2 mil calorias diariamente, temos aí a diminuição de 50% do aporte energético diário.

Com essa redução, o organismo ainda funciona, porém, pode fazer com que você se sinta cansado, sem energia e com mais fome, o que torna a dieta difícil de ser sustentada. Daí a importância de contar com o acompanhamento de um profissional de nutrição, apenas seguir o programa se tiver autorização médica e escolher alimentos que saciem e nutram o corpo dentro desse limite calórico.

Você já tinha ouvido falar na dieta da Pavorô? O que achou do cardápio e de como funciona o programa alimentar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário