Especialista da Área:

A Dieta 40 40 20 – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Com tantos programas alimentares existentes e disponíveis nos dias de hoje, é normal que a gente fique em dúvida em relação a qual pode ser o mais vantajoso. É por isso que é importante conhecer como funciona cada método antes de embarcar em algum deles.

Tendo isso em mente, vamos falar sobre um desses planos: a dieta 40 40 20. E então, vamos conhecer como o programa funciona?

  Continua Depois da Publicidade  

Como funciona a dieta 40 40 20?

Trata-se de um programa alimentar com duração de três semanas que foi desenvolvido por uma nutricionista da Austrália chamada Geraldine Georgeou.

O método propõe que cada refeição de toda a alimentação diária seja composta em 40% por proteínas magras, 40% seja referente aos carboidratos de baixo índice glicêmico e que os 20% restantes da dieta sejam compostos por fontes de gorduras saudáveis.

Vale lembrar que carboidratos de índice glicêmico são aqueles que são absorvidos lentamente pelo organismo sem causar um aumento súbito (pico) nos níveis de glicose no sangue. Para entrar nessa categoria, o alimento deve apresentar um índice glicêmico menor ou igual a 55.

Um dos objetivos do plano alimentar é prevenir a diabetes, que é justamente uma doença caracterizada pelo descontrole nas taxas de açúcar no sangue, por meio da diminuição dos fatores de risco associados à doença.

Além disso, outra promessa apresentada pela dieta 40 40 20 é a de ajudar os praticantes do método a alcançarem um peso corporal saudável.

Quem segue o programa alimentar não precisa deixar de sair para comer fora, desde que siga o conselho da idealizadora do método, Geraldine Georgeou, de pensar e planejar como pedir um prato que mantenha a refeição similar ao modo de divisão de 40 40 20 entre proteínas, carboidratos de baixo índice glicêmico e gorduras saudáveis.

Benefícios da dieta 40 40 20

Segundo o site oficial da dieta 40 40 20, a divisão proposta pelo plano em relação ao consumo de proteínas magras, carboidratos de baixo índice glicêmico e gorduras saudáveis traz uma série de benefícios.

A lista inclui o aumento da saciedade, a sensibilidade à insulina (a resistência ao hormônio é um dos sinais da diabetes do tipo 2), melhoria da perda de peso e de gordura, diminuição dos níveis de triglicerídeos e redução das taxas do LDL, também conhecido como o colesterol ruim.

A importância do café da manhã 

A dieta 40 40 20 enfatiza a importância do café da manhã em seu cardápio. Isso porque depois de um período de jejum, durante a noite de sono, a refeição é necessária para dar o pontapé inicial no metabolismo e fornecer combustível para o corpo e o cérebro começarem a desempenhar as atividades requeridas no dia a dia.

O programa alimentar recomenda o consumo de um café da manhã equilibrado e nutritivo, que seja fonte de componentes como proteínas, carboidratos de baixo índice glicêmico, vitaminas do complexo B, ferro e fibras.

  Continua Depois da Publicidade  

De acordo com informações do site oficial da dieta 40 40 20, pesquisas já mostraram que a ingestão de nutrientes fundamentais para o funcionamento adequado do organismo é falha na hora do café da manhã. O resultado disso é que fica difícil compensar a carência desses compostos durante as outras refeições.

Outro perigo dessa insuficiência nutricional durante a primeira refeição do dia é o consumo exagerado de alimentos durante as outras refeições, o que pode ter como consequência o aumento do risco de desenvolvimento da obesidade.

Se essas informações ainda não foram suficientes para te convencer a respeito da importância do café da manhã não somente na dieta 40 40 20, mas em qualquer regime alimentar, saiba que o hábito de fazer a refeição está associado a uma série de benefícios.

Conforme informou o site da dieta 40 40 20, tomar um café da manhã apropriado, e de acordo com os parâmetros do programa alimentar, beneficia a função cognitiva, a manutenção de bons níveis energéticos no organismo, o controle e a redução de desejos por guloseimas, doces e alimentos salgados abundantes em gorduras e a regulação do apetite.

A página ainda informou que o hábito de fazer a primeira refeição do dia com qualidade está associado à diminuição dos riscos de desenvolver condições como obesidade, síndrome metabólica e pressão arterial alta, além do controle dos níveis de glicose no sangue.

Cardápio da dieta 40 40 20

A lista abaixo apresenta alguns exemplos de alimentos indicados pela nutricionista Geraldine Georgeou para integrar o cardápio da dieta 40 40 20. Eles estão separados de acordo com os seus grupos alimentares.

  • Proteínas magras: frango, carne de cordeiro, bife magro, carne moída magra, ovos, quinoa, soja e peixes.
  • Carboidratos de baixo índice glicêmico: pães integrais, frutas, lentilhas, batata-doce, mingau de aveia e produtos laticínios como leite e iogurte com teor de gordura reduzido.
  • Gorduras saudáveis: abacate, nozes, salmão, sardinha e azeite de oliva.

Cuidados com a dieta 40 40 20 

Antes de seguir a dieta 40 40 20, assim como qualquer outro tipo de programa alimentar, não basta apenas conhecer bem o método. É fundamental consultar o médico e o nutricionista para garantir que o plano é realmente indicado para o seu caso, tendo em vista não somente os seus objetivos, como também a sua saúde.

É essencial certificar-se de que a dieta oferece os nutrientes e a energia que o organismo necessita para funcionar corretamente. E isso só pode ser garantido com o aval desses profissionais.

Tal cuidado é especialmente importante para mulheres que estejam grávidas ou em processo de amamentação de seus bebês ou indivíduos que tenham alguma doença ou condição de saúde ou façam uso de algum tipo de medicamento.

É importante saber ainda que pessoas diagnosticadas com câncer e que tenham menos de 16 anos de idade são desencorajadas a seguir a dieta 40 40 20.

O que você achou do cardápio e de como funciona a dieta 40 40 20? Acredita que seria interessante segui-la para tentar emagrecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo muito solicitada para palestras, consultoria a empresas e atendimento personalizado para atletas, pessoas com condições especiais de saúde e pessoas que desejam melhorar a forma física de forma saudável. É a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España). É também membro da International Society of Sports Nutrition. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma. Dra. Patricia Leite é uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “A Dieta 40 40 20 – Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. O texto apenas nos dá a proporção entre os macros, mas não uma base referente a quantidades e limite de calorias/dia.

    Ex.: pessoas com peso X : Consumir 40g /40g / 20g (Não excedendo 2000kcal) !!SOMENTE EXEMPLO!!