A Dieta Sem Glúten Pode Não Ser Tão Benéfica para Quem Não É Celíaco

Especialista:
atualizado em 02/07/2020

Dietas sem glúten tornaram-se a nova dieta da moda atualmente, com muitas celebridades atribuindo seus corpos em forma e a perca do inchaço à dieta recém-descoberta, que elimina os alimentos que contenham trigo, cevada e centeio do plano alimentar. No entanto, eliminar estes alimentos pode não ser tão benéfico assim para quem não sofre com a doença celíaca (que são as pessoas verdadeiramente alérgicas a glúten e realmente não podem consumi-lo).

O Dr. Norelle Reilly, da Columbia University Medical Center, em Nova York, diz que os produtos sem glúten vendidos no mercado (os chamados gluten free) contêm maiores quantidades de gordura e açúcar e não possuem uma grande quantidade de nutrientes como folato, ferro e vitaminas do complexo B. Logicamente, a questão trata de alimentos processados sem glúten, e não frutas, vegetais e etc.

“Não há nenhuma evidência de que alimentos processados sem glúten sejam mais saudáveis e nem há benefícios de uma dieta sem glúten comprovados para a saúde e nutrição”, disse Reilly. “Não há dados para apoiar a teoria de propriedades intrinsecamente tóxicas do glúten em adultos saudáveis e crianças.”

Parece que adotar uma dieta livre de glúten desnecessariamente pode, em contrapartida, aumentar o risco de obesidade, diabetes e a resistência contra a insulina.

Com a indústria de alimentos sem glúten crescendo, mais e mais pessoas estão assumindo o pensamento de que alimentos sem glúten são todos saudáveis, seja você celíaco ou não (se o seu organismo pode ou não pode lidar com glúten). É preciso ter calma e senso crítico para não cair nesta armadilha.

A mensagem geral? Tudo com moderação, a menos que você tenha sido recomendado por um médico para reduzir ou evitar o glúten, de acordo com o diagnóstico de suas necessidades. Apenas não seja uma vítima de uma dieta “na moda”.

Você já experimentou fazer uma dieta sem glúten, mesmo não sendo um portador da doença celíaca? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 3,50 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo muito solicitada para palestras, consultoria a empresas e atendimento personalizado para atletas, pessoas com condições especiais de saúde e pessoas que desejam melhorar a forma física de forma saudável. É a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España). É também membro da International Society of Sports Nutrition. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma. Dra. Patricia Leite é uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento.

Deixe um comentário

1 comentário em “A Dieta Sem Glúten Pode Não Ser Tão Benéfica para Quem Não É Celíaco”

  1. No começo desse ano devido a problemas de alergia ( dermatite atópica) eu procurei uma nutricionista que me disse que a alergia era causada pelo glúten e lactose apesar de eu nunca ter sofrido nenhuma reação alérgica motivada por glúten ou lactose.
    Bom, ela me receitou 3 meses de uma dieta completamente difícil de seguir é cara também. No final das contas eu só passei raiva e fome, não podia comer nada fora de casa. Emagreci bastante e as alergias persistiram, no final das contas com um teste de alergia descobri que na verdade sou alergia a ácaros, o alergista me recomendou alguns cremes hidratantes e pomadas e cá estou muito melhor dessas alergias e comendo bem.