Alimentos Permitidos na Doença Celíaca e Dicas

Especialista:
atualizado em 06/04/2020

Conheça quais são os alimentos permitidos na doença celíaca, pois se você é celíaco, é muito importante saber fazer as escolhas certas para a sua alimentação.

A doença celíaca é uma condição de saúde autoimune que causa graves danos ao revestimento do intestino delgado, e o glúten (que é uma proteína encontrada no trigo, cevada e centeio) desencadeia os seus sintomas. Veja em maiores detalhes o que é glúten, afinal.

Como ainda não há cura para a doença celíaca, o indicado é seguir uma dieta sem glúten rigorosa, ou seja, uma dieta para doença celíaca, a fim de evitar todos os sintomas.

Se você está se perguntando como saber se você é celíaco, ou seja, tem alergia ao glúten, existem alguns sintomas da doença celíaca como desconforto abdominal, perda de peso, alterações intestinais, entre outros que o seu corpo irá usar para te avisar.

Porém, se você é celíaco e consome apenas pequenas quantidades de glúten, os danos ao intestino continuarão, mesmo que você não sinta os sintomas.

Evitar alimentos que contêm glúten é essencial para todas as pessoas com essa condição de saúde, e por isso, aqui você verá quais são os alimentos permitidos na doença celíaca que você pode consumir sem maiores preocupações.

Antes: o que é glúten

Muito se fala sobre evitar o consumo de glúten, porém poucos sabem o que de fato ele é.

O glúten é uma proteína presente na maioria dos grãos, como por exemplo, no trigo, centeio, cevada e triticale (um cruzamento entre o trigo e o centeio) que pode desencadear alguns problemas de saúde em determinadas pessoas.

Embora outros grãos, como milho, arroz e quinoa, também contenham glúten, eles não parecem causar os mesmos problemas que o trigo, centeio, cevada e triticale.

Como o trigo, centeio, cevada e alimentos feitos a partir desses grãos são muito comuns, tirá-los de sua dieta provavelmente irá alterar a sua ingestão total de fibras, vitaminas e outros nutrientes.

É por isso que é muito importante saber como escolher seus alimentos para atender às suas necessidades nutricionais.

Veja agora quais são os alimentos permitidos na dieta celíaca.

Alimentos que não contêm glúten

A maneira mais econômica e saudável de seguir uma dieta sem glúten é procurar consumir esses grupos de alimentos que naturalmente não contêm glúten. São eles:

  • Legumes;
  • Frutas;
  • Carnes e aves;
  • Laticínios;
  • Peixe e frutos do mar;
  • Feijões e leguminosas;
  • Castanhas.

O grão de trigo puro e cevada não contêm glúten, mas há glúten nas sementes. Se eles não forem colhidos ou processados corretamente, há risco de contaminação por glúten.

Alimentos naturalmente sem glúten

Os grãos e outros alimentos que contêm amido e são naturalmente sem glúten, são:

  • Mandioca
  • Arroz
  • Tapioca
  • Soja
  • Milho
  • Ovos
  • Batata
  • Feijões e leguminosas
  • Sorgo
  • Amaranto
  • Chia
  • Painço
  • Carnes magras e não processadas, peixes e aves
  • Trigo sarraceno (também conhecido como kasha)
  • Araruta
  • Teff
  • Linhaça
  • Aveia sem glúten
  • Farinhas de castanhas

De acordo com algumas pesquisas, alguns grãos naturalmente sem glúten podem conter glúten devido ao contato cruzado que ocorre durante a colheita e/ou processamento com grãos que contém glúten.

Se você estiver preocupado com a segurança de um grão, compre apenas versões testadas quanto à presença de glúten.

Alimentos substitutos sem glúten

Entre os alimentos permitidos na doença celíaca também estão aqueles que são alternativas sem glúten aos que tradicionalmente o contêm.

Eles estão amplamente disponíveis na maioria dos supermercados e facilitam muito a vida de um celíaco, porém, lembre-se de que alimentos frescos minimamente processados ​​são parte crucial de uma dieta saudável e sem glúten.

Muitos produtos disponíveis comercialmente são rotulados como “sem glúten”, mas existem alguns que não são, e por isso é muito importante fazer a leitura adequada dos rótulos.

Também é importante lembrar que “sem trigo” não significa necessariamente “sem glúten”. Seja cauteloso, pois muitos produtos podem parecer sem glúten, mas não são.

Como regra, produtos tradicionais de trigo, como massas, pães, biscoitos e outros produtos de panificação, não são alimentos sem glúten, no entanto, existem muitas opções sem glúten disponíveis que usam farinhas e grãos alternativos.

Muitas vezes, o pão sem glúten pode ser encontrado na seção do freezer e existem farinhas que também não contêm glúten e são ótimas opções para você fazer esses alimentos em sua casa com toda segurança.

Alimentos para ajudar a evitar deficiências nutricionais comuns em celíacos

Além de saber quais são os alimentos permitidos na doença celíaca, para ajudar a restaurar os níveis de vitaminas e minerais os médicos geralmente recomendam alimentos ricos em nutrientes.

Aqui estão algumas ótimas fontes sem glúten desses nutrientes cujo déficit é bastante comum em pessoas celíacas:

  • Ferro: Carne vermelha (escolha sempre fontes não processadas), tofu, espinafre, lentilhas, feijão branco, chocolate amargo, grão de bico e castanha de caju.
  • Vitaminas B: Sementes de girassol, espinafre, feijão, frango, cogumelos, lentilha, brócolis e aspargo.
  • Vitamina D: Produtos lácteos fortificados com vitamina D (iogurte, leite), sardinha, leite vegetal (soja, amêndoa), ovos, suco de laranja fortificado e salmão.
  • Zinco: Carne vermelha, lagosta, caranguejo, frango, carne de porco e castanha de caju.
  • Cálcio: Laticínios, leite vegetal, couve, sardinha, salmão, couve chinesa, figos secos, laranja, tofu (preparado com cálcio) e suco de laranja fortificado.

Melhores suplementos para celíacos

Se você tiver sido diagnosticado com deficiências nutricionais, seu médico poderá aconselhá-lo a tomar um ou mais suplementos.

Lembre-se de que depois de restaurar seus níveis de nutrientes e seu intestino se recuperar, provavelmente não precisará mais tomar o suplemento de uma vitamina ou mineral específico.

O seu médico também deve monitorá-lo periodicamente para garantir que o seu corpo esteja adequadamente nutrido.

Não tome suplementos a menos que seja recomendado pelo seu médico ou nutricionista.

O seu médico pode lhe recomendar os seguintes suplementos:

  • Vitamina D;
  • Ferro;
  • Zinco;
  • Cálcio;
  • Multivitamínico.

Rótulo dos alimentos

Com a finalidade de proteger os consumidores celíacos, a Lei Federal 10.674 de 16 de maio de 2003 obriga que todos os produtos alimentícios comercializados informem em suas embalagens sobre a presença de glúten.

A finalidade desta lei é que todos os consumidores sejam informados de forma objetiva, padronizada e sem a necessidade de analisar os rótulos detalhadamente para saber se os alimentos contêm ou não essa proteína.

Como você pode notar, é muito importante para uma pessoa celíaca saber quais são os alimentos permitidos na dieta celíaca e para não sofrer com os sintomas.

Siga o guia completo da dieta sem glúten e todas essas dicas e verá como o seu corpo irá reagir positivamente.

Referências Adicionais:

Você já conhecia os alimentos permitidos na doença celíaca? Já foi diagnosticado com essa condição? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário