É Seguro Ir Para a Academia Durante o Surto do Coronavírus? Riscos, Cuidados e Alternativas

Especialista:
atualizado em 16/03/2020

Depois de conhecer tudo o que o coronavírus provoca no organismo de uma pessoa infectada, você provavelmente vai seguir à risca as dicas de como se manter saudável e imune durante o surto do coronavírus.

Aliado a isso, você pode se perguntar acerca da segurança de diversos locais que costuma ir diariamente. Por exemplo, já passou pela sua cabeça quais são os riscos de transmissão durante um treino na academia?

Com contato próximo, espaços lotados, transpiração e equipamentos frequentemente tocados, ela pode parecer um campo minado para a infecção por coronavírus.

Acredita-se que o COVID-19 espalhe-se através da inalação de gotículas respiratórias que são liberadas quando uma pessoa infectada espirra ou tosse, ou ao tocar em uma superfície infectada e depois tocar em seus olhos, nariz ou boca.

Fora isso, sabe-se que o suor não é capaz transmitir o vírus, mas superfícies com alto contato, como principalmente os halteres e demais equipamentos da academia, podem representar um grande problema – assim como o seu celular, por exemplo. Falando nisso, sabia que limpar seu celular é mais eficaz que usar máscara contra o coronavírus?

Um estudo de outros coronavírus descobriu que eles permaneceram em metal, vidro e plástico por até nove dias.

Por enquanto, os riscos ainda não são enormes em nenhum canto do Brasil – nem mesmo em São Paulo, cidade com o maior número de casos no país. No entanto, se em algum momento for confirmado um surto de COVID-19 em sua região, certamente pode haver um risco de contraí-lo na academia – por isso, pode ser uma boa ideia não ir.

De qualquer forma, vale a pena seguir orientações e hábitos de higiene saudáveis que previnem doenças no geral, e principalmente essas diretrizes específicas para o COVID-19:

  • Lavar as mãos com frequência, usando água e sabonete ao longo de pelo menos 20 segundos;
  • Quando não tiver acesso à água e sabonete, higienizar as mãos com um desinfetante próprio para as mãos à base de álcool;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Não ter contato próximo com pessoas que estiverem doentes;
  • Manter pelo menos um metro de distância de alguém que esteja tossindo ou espirrando;
  • Cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com o cotovelo dobrado ou com um lenço de papel – no caso do lenço, ele deverá ser jogado fora depois da tosse ou espirro;
  • Limpar e desinfetar os objetos e superfícies tocados com frequência, como corrimões de escada, mesas, telefones e utensílios compartilhados de escritório, por exemplo. Sim, até o seu smartphone pode ser responsável pela infecção do vírus!
  • Ficar em casa se estiver sentindo-se mal e procurar o atendimento médico se apresentar febre, tosse e dificuldade para respirar;
  • Manter-se informado sobre os últimos desdobramentos acerca do coronavírus e seguir as instruções das autoridades locais de saúde.

No mais, o que fazer especificamente na academia?

Use luvas de musculação. Isso pode impedi-lo de tocar nos olhos, nariz e boca, como falamos acima. Mas você ainda precisa lavar as mãos quando tirar as luvas.

As superfícies mais germinativas das academias tendem a ser os próprios equipamentos, não necessariamente nos banheiros ou vestiários. Você sabia, inclusive, que um halter de academia tem 362 vezes mais germes que um assento sanitário?

Portanto, limpe os equipamentos que for usar e após o próprio uso. Mas você sabe o que há nos frascos de spray indescritíveis na sua academias que você geralmente usa para limpar sua máquina, tapete ou equipamento? Se não tiver certeza, pergunte aos funcionários ou leve seu próprio material de limpeza, como um lenço umedecido.

Soluções diluídas de alvejante doméstico, soluções alcoólicas com pelo menos 70% de álcool e vários desinfetantes próprios para as mãos devem ser eficazes contra o coronavírus, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Evite os horários de pico da academia, se for possível dentro da sua rotina. Tente planejar sua ida em um momento em que você saiba que não estará lotado, para que haja menos pessoas tocando e usando os equipamentos.

Evite apertos de mão ou cumprimentos com outras pessoas enquanto estiver lá, e lave bem as mãos quando chegar e antes de sair.

No entanto, vale ressaltar que você não deve parar de se exercitar. Há muitas opções de exercícios para fazer em casa, seja o seu objetivo emagrecer ou ganhar massa, ou apenas manter uma boa forma. Outra opção é fazer exercícios ao ar livre como dar uma corrida, caminhada ou um passeio de bicicleta.

Isso até porque a prática de atividades físicas é fator importantíssimo para impulsionar o sistema imunológico, mantendo-o forte e afastando as possibilidades de contrair doenças como o coronavírus.

Fontes e Referências Adicionais:

Você pretende continuar indo para a academia mesmo com o avanço do coronavírus no Brasil? Vai seguir as dicas e cuidados que listamos acima? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário