Especialista da Área:

Estudo com Ratos Mostra que Ibuprofeno Altera o Metabolismo do Fígado de Homens e Mulheres de Forma Diferente

O analgésico ibuprofeno pode ter efeitos mais significativos no fígado do que se pensava anteriormente. O ibuprofeno pertence a um grupo de medicamentos chamados anti-inflamatórios não esteróides, ou AINEs, amplamente utilizados sem prescrição médica no tratamento de dores e febre.

Confira outras opções de remédio para dor de cabeça mais usados.

  Continua Depois da Publicidade  

Especialistas já sabiam que o ibuprofeno pode causar problemas cardíacos e aumentar o risco de derrame, mas os efeitos sobre o fígado eram menos bem compreendidos, segundo Aldrin Gomes, professor do departamento de neurobiologia da Universidade da Califórnia e um dos autores do estudo.

Veja o que já se sabia antes sobre quão o ibuprofeno faz mal.

Os pesquisadores administraram ratos com uma quantidade moderada de ibuprofeno por uma semana – equivalente a um ser humano adulto que toma cerca de 400 mg da droga diariamente. Em seguida, eles capturaram informações sobre todas as vias metabólicas nas células hepáticas.

“Descobrimos que o ibuprofeno causou muito mais alterações na expressão de proteínas no fígado do que esperávamos”, diz Gomes.

Pelo menos 34 vias metabólicas diferentes foram alteradas em ratos machos tratados com ibuprofeno, como as envolvidas no metabolismo de aminoácidos, hormônios e vitaminas, bem como na produção de oxigênio reativo e peróxido de hidrogênio no interior das células. O peróxido de hidrogênio danifica as proteínas e estressa as células do fígado.

Os pesquisadores descobriram que o ibuprofeno teve efeitos diferentes, em alguns casos até opostos, no fígado de camundongos machos e fêmeas.

Por exemplo, sob efeito do ibuprofeno, a proteassoma – um sistema de eliminação de resíduos de proteínas indesejadas – respondeu de maneira diferente em homens e mulheres. O ibuprofeno elevou a atividade do citocromo P450, responsável por degradar os medicamentos, nas mulheres, mas diminuiu nos homens.

“A elevação do citocromo P450 pode significar que outros medicamentos tomados junto com ibuprofeno podem permanecer no corpo por mais tempo nos homens do que nas mulheres, e isso nunca foi demonstrado antes”, diz Gomes.

“Nenhum medicamento é perfeito, pois todos têm efeitos colaterais. No entanto, muitos medicamentos comumente usados, como o ibuprofeno, estão sendo usados ​​em excesso e não devem ser usados ​​em certas condições, como dores leves.”

A longo prazo, é importante que a comunidade científica comece a abordar as diferenças entre homens e mulheres no que diz respeito ao metabolismo e aos efeitos dos medicamentos, diz ele.

  Continua Depois da Publicidade  

Fontes e Referências Adicionais:

Você tem costume de tomar ibuprofeno para dores com frequência? Pretende diminuir agora que sabe as mudanças que ele promove no fígado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco se formou em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico - cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. É diretor médico do Instituto de Transplantes. Tem vasta experiência na área de Medicina, com ênfase em Transplante hepático, atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia,e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário