Exame de urina – Para que serve e como é o preparo

Especialista da área:
atualizado em 21/05/2021

É sempre bom fazer um exame de urina. Confira para que serve e como é feito o preparo correto para este teste.

O exame de urina é um exame muito comum usado para detectar e monitorar algumas doenças, como por exemplo a infecção urinária recorrente.

  Continua Depois da Publicidade  

Chamado também de exame de urina tipo 1, urinálise ou EAS (elementos anormais no sedimento), esse exame consiste na avaliação de vários aspectos da urina, incluindo a cor, aparência, concentração e composição.

Dessa forma, é possível saber se há uma infecção, um problema renal e até diabetes. Aliás, veja também o que significa a cor das suas fezes.

Para que serve

médico segurando amostra de urina

Em suma, um exame de urina serve para avaliar o estado do sistema urinário e renal de uma pessoa. Ou seja, ele é um exame de rotina para saber se os seus rins estão funcionando bem.

Além disso, a urinálise pode dar indícios de condições como a diabetes e alguns problemas no fígado.

Por fim, um exame de urina também serve para detectar a gravidez e para monitorar o tratamento de doenças detectadas previamente – como por exemplo:

  Continua Depois da Publicidade  

Em alguns casos, o médico pode solicitar o exame de urina de 24 horas. Nesse teste, é preciso acumular a urina de um dia inteiro. Esse tipo de urinálise serve para avaliar:

  • Problemas na filtração dos rins;
  • Perda de proteínas pela urina;
  • Pré-eclâmpsia em grávidas.

Como é o preparo para a urinálise

Na maioria dos casos, você não precisa fazer jejum para fazer um exame de urina. Mas é importante evitar:

  • Urinar por pelo menos 2 horas antes da coleta;
  • Beber muita água para não diluir a urina;
  • Evitar tomar vitamina C, antibióticos ou laxantes antes do exame;
  • Fazer a coleta durante o período menstrual.

Para algumas análises, é preciso coletar a primeira urina da manhã. Pergunte ao seu médico se esse é o seu caso.

Além disso, é importante seguir as seguintes instruções no momento de realizar o exame:

  • Higienizar o local com um lenço umedecido fornecido pelo laboratório para evitar a contaminação;
  • Desprezar o primeiro jato de urina;
  • Coletar no mínimo 10 e no máximo 40 mL de urina no pote esterilizado;
  • Entregar o recipiente identificado no laboratório.

Se você for coletar a urina em casa, é importante buscar os materiais necessários no laboratório e retornar com a urina em até 2 horas depois da coleta.

No caso do exame de 24 horas, pode ser necessário guardar a urina na geladeira durante o dia. Para evitar problemas na hora de armazenar, tire suas dúvidas no laboratório ou com o seu médico.

  Continua Depois da Publicidade  

Como interpretar um exame de urina

O ideal é que um médico interprete seus resultados e te explique o que eles significam.

De fato, um exame de urina sozinho não fecha um diagnóstico. Mas ele é importante para dar uma ideia geral da sua saúde e para complementar outros exames.

Muitos parâmetros são avaliados em uma urinálise, como por exemplo:

  • Cor;
  • pH ou acidez;
  • Densidade;
  • Proteínas;
  • Presença de sangue
  • Glicose;
  • Presença de bactérias e outros microrganismos.

Para saber se está tudo de acordo com o esperado, basta olhar os níveis de referência do seu laboratório. Por exemplo:

  • Acidez anormal pode indicar pedra nos rins ou infecção;
  • Glicose alta indica diabetes;
  • Muita proteína na urina sugere problemas de filtração nos rins;
  • Excesso de bilirrubina pode indicar problemas hepáticos.

Assim, se os valores estiverem dentro das faixas ideais ou muito próximos dele, é provável que esteja tudo certo com a sua saúde.

Aliás, as fezes também podem dar muitas informações sobre a sua saúde. Não deixe de conferir.

  Continua Depois da Publicidade  

Por ser um exame cheio de informação, é fundamental que você leve o resultado do exame de urina para o seu médico.

Dependendo do que o médico observar, ele pode pedir exames complementares ou sugerir o tratamento que você deve seguir.

Vídeo

Não deixe de conferir o vídeo a seguir em que a nossa nutricionista mostra como saber mais sobre a sua saúde apenas observando a cor e outros detalhes da sua urina:

Fontes e referências adicionais

Você costuma fazer exame de urina como um teste de rotina? Quando foi seu último exame? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco é Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral - CRM 597798 RJ/ CBCD. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr. Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico-cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. Além disso é diretor médico do Instituto de Transplantes. Suas áreas de atuação principais são: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia, e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

Deixe um comentário