Fisiculturista Eugen Sandow – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

Sandow nasceu em Königsberg, Prússia (hoje Kaliningrado, Rússia) em 2 de abril de 1867, filho de pai alemão e mãe russa. Ele deixou a Prússia em 1885 para evitar o serviço militar e viajou por toda a Europa, tornando-se um atleta de circo e adotando Eugen Sandow como nome artístico.

Em Bruxelas, ele visitou a academia de um grande companheiro, Ludwig Durlacher, mais conhecido pelo seu nome artístico “Professor Attila”. Durlacher reconheceu o potencial da Sandow, sendo seu mentor e, em 1889, encorajou-o a viajar para Londres e participar de uma competição.

Eugen Sandow bateu com folga o então campeão da época e ganhou fama instantânea e reconhecimento por sua força. Este ímpeto lançou-o em sua carreira como uma estrela do atletismo. Logo, ele estava recebendo pedidos de toda a Grã-Bretanha para performances. Nos próximos quatro anos, Sandow refinou a sua técnica e trabalhou-a em entretenimento popular com levantamento e proezas incríveis de força.

Florenz Ziegfeld queria exibir Eugen Sandow em uma exposição em Chicago, em 1893. Mas Ziegfeld sabia que Maurice Grau havia firmado um contrato com Sandow. Grau queria US $ 1.000 por semana. Ziegfeld não poderia garantir aquele valor, mas concordou em pagar 10% das receitas brutas.

Em 1894, Ziegfeld descobriu que o público estava mais fascinado pelos músculos salientes do Sandow do que pela quantidade de peso que ele estava levantando. Assim, ele pediu que o atleta executasse poses que ele apelidou de “performances de exibição de músculos”. No mesmo ano, o atleta foi destaque em uma série de curtas dos Studios Edison. O filme era apenas parte do show e apresentava a flexibilidade de seus músculos ao invés de executar qualquer levantamento de peso. Ele ainda apareceu em um curta que fez parte da primeira exposição de imagens em movimento comercial da história.

Enquanto estava em turnê na América, Eugen Sandow fez um breve retorno à Inglaterra para se casar com Blanche Brooks, uma garota de Manchester. Em breve, devido ao estresse e problemas de saúde, ele retornou definitivamente para se recuperar.

Sandow então abriu o primeiro de seus Institutos de Cultura Física, onde ensinou métodos de exercício, hábitos alimentares e de formação de peso bem sucedida. Suas ideias sobre a aptidão física foram novidade na época e tiveram um impacto tremendo. Em 1898, ele também fundou um periódico mensal, originalmente chamado de Cultura Física e, posteriormente, nomeado Revista de Sandow de Cultura Física, que foi dedicada a todos os aspectos da cultura física. Isto foi acompanhado por uma série de livros publicados entre 1897 e 1904.

Ele trabalhou duro para melhorar os equipamentos para os exercícios e inventou vários dispositivos como os elásticos para alongamento e halteres. Em 1901, Sandow organizou a primeira grande competição de fisiculturismo do mundo no Royal Albert Hall de Londres. O local estava lotado. Os três juízes do concurso foram Sir Charles Lawes, Sir Arthur Conan Doyle e Eugen Sandow.

Sandow viajou por todo o mundo para países tão variados como a África do Sul, Índia, Japão, Austrália e Nova Zelândia. À sua própria custa, a partir de 1909, forneceu treinamento para os futuros recrutas para o Exército Territorial e para os voluntários para o serviço ativo na Primeira Guerra Mundial.

Ele até foi designado instrutor especial na cultura física ao rei George V, que tinha seguido os seus ensinamentos de treino e dieta, em 1911.

O ideal grego

A semelhança de Eugen Sandow com os tipos físicos das esculturas grega e romana clássica não foi um acidente. Ele mediu as estátuas em museus e ajudou a desenvolver “The Grecian Ideal” como uma fórmula para o “físico perfeito.”

Sandow construiu seu físico com as proporções exatas de seu modelo na época. E assim é considerado o pai do fisiculturismo moderno, como um dos primeiros atletas a desenvolver intencionalmente sua musculatura de dimensões pré-determinadas. Em seus livros, o ícone estabelece prescrições específicas de treino com pesos e repetições, a fim de alcançar suas proporções ideais.

Vida pessoal

Sandow teve duas filhas com Blanche Brooks, Helena e Lorena. Ele foi infiel à esposa mais tarde, e ela se recusou a marcar seu túmulo. Ele morreu em sua casa, em Londres, em 14 de outubro de 1925, aos 58 anos. Os jornais anunciaram como causa uma hemorragia cerebral. No entanto, sem autópsia, sua morte foi certificada devido ao aneurisma da aorta.

Ele foi enterrado em uma cova sem marcação em Putney Vale Cemetery, a pedido de sua esposa, Blanche. Em 2002, uma lápide de mármore preto foi adicionada pelo admirador e autor Thomas Manly. A inscrição (em letras de ouro) dizia “Eugen Sandow, 1867-1925, o Pai do Bodybuilding.”

Em 2008, o túmulo foi comprado por Chris Davies, tataraneto de Sandow. Os itens de Manly foram substituídos para o aniversário do nascimento de Eugen Sandow naquele ano e um novo monumento foi colocado em seu lugar.

Dieta e Treino

Eugen Sandow não acreditava em uma dieta especial rígida. Não ligava muito para bebidas alcoólicas, mas tomava de vez em quando uma cerveja ou uma taça de vinho. Nunca tomava café ou chá, e era adepto das comidas naturais, o que hoje conhecemos como raw food. Fazia suas refeições com intervalos regulares e sempre mastigava bem a comida, pois acreditava que era um ponto importante para a saúde.

Um dia típico de treino e dieta de Eugen Sandow, exemplificado pelo próprio, era basicamente assim: acordava cedo já tomando um banho gelado e praticava um treino com seus halteres. Posteriormente, tomava seu café da manhã e ia encontrar os amigos. Saía para uma longa caminhada ou para cavalgar com seus cavalos. Às 19h da noite, fazia sempre sua janta, que fornecia energia para seu treino noturno. Depois disso, tomava o seu banho gelado da noite, para um bom descanso pela noite.

O legado de Sadow

Eugen Sandow fez amizade com o Rei George V, Thomas Edison, Sir Arthur Conan Doyle e o pianista clássico Martinus Sieveking. Ele foi retratado pelo ator Nat Pendleton no filme vencedor do Oscar, O Grande Ziegfeld (1936). Em um terceiro episódio da temporada de The Venture Bros, intitulado “ORB”, Sandow foi retratado como um guarda-costas do avô dos personagens principais.

Como reconhecimento da sua contribuição para o fisiculturismo, uma estátua de bronze de Eugen Sandow, esculpida por Frederick Pomeroy, foi apresentada ao vencedor do concurso Mr. Olympia, uma grande competição de fisiculturismo profissional patrocinado pela Federação Internacional de Bodybuilders, desde 1977. Esta estátua é conhecida simplesmente como “The Sandow”.

Fotossandow2

Vídeos

Você conhecia a história do fisiculturista Eugen Sandow? Acredita que ele possa ser considerado o pai do esporte, com tamanha importância para seu surgimento? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

1 comentário em “Fisiculturista Eugen Sandow – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos”

  1. Eu li que ele estava em uma carruagem e esta caiu em um buraco, tendo ele levado forte pancada na cabeça.Sandow tentou levanta-la e sofreu hemorragia cerebral , vindo a falecer.