Gengibre Afina o Sangue Mesmo?

Confira se é verdade que consumir gengibre afina o sangue mesmo, quais são as utilidades dessa especiaria e cuidados a tomar.

O gengibre é uma especiaria originária da China que pode ser encontrada fresca, desidratada, na forma de pó, como um óleo ou suco e ser adicionada em alimentos processados e cosméticos.

  Continua Depois da Publicidade  

Também é possível encontrar o ingrediente em receitas de chás, temperos, molhos, patês, biscoitos, bolos, cupcakes e brigadeiros, por exemplo. Vale a pena conferir todas essas receitas com gengibre para emagrecer e incluir na sua dieta.

A especiaria é conhecida por poder auxiliar o tratamento da náusea e da indigestão e por possuir em sua composição o gingerol, uma substância apresentada como dotada de propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Veja em detalhes todos os benefícios do gengibre para a saúde e boa forma.

Você já ouviu falar que o gengibre afina o sangue?

De acordo com informações, quando alguém diz que algo “afina a sangue”, ela pode estar querendo se referir à diminuição da probabilidade da formação de coágulos sanguíneos que podem obstruir o fluxo de sangue.

Os anticoagulantes, que são os medicamentos utilizados para afinar o sangue e prevenir a trombose (formação de coágulo sanguíneo) de artérias e veias, são considerados importantes para os pacientes que sofrem com problemas como arritmias cardíacas, doenças cardiovasculares e problemas hereditários como a trombofilia, que é uma predisposição ao desenvolvimento da trombose.

Mas onde será que o gengibre entra nessa história? Bem, a especiaria pode ser apontada como um dos alimentos que atuam naturalmente como diluidores ou afinadores do sangue.

A explicação apresentada é que o ingrediente contém um ácido natural conhecido pelo nome de salicilato. A aspirina, que é classificada como um potente diluidor ou afinador do sangue (anticoagulante), é uma derivada sintética do salicilato.

Entretanto, é improvável que os salicilatos naturais sejam tão eficientes quanto os anticoagulantes ou diluidores/afinadores do sangue. Tanto que uma análise, que avaliou 10 estudos, indicou que os efeitos do gengibre em relação à coagulação sanguínea não estão claros.

Isso demonstra que são necessárias mais pesquisas para entender por completo se o gengibre afina o sangue e seu potencial das propriedades anticoagulantes ou diluidoras.

Ou seja, nada de trocar um medicamento anticoagulante já prescrito pelo médico para afinar o sangue pelo uso do gengibre porque isso pode ser perigoso para a saúde.

Os riscos de misturar gengibre e medicamentos anticoagulantes

Antes que alguém pense “se o gengibre afina o sangue ou tem potencial para produzir esse efeito, eu posso utilizá-lo em conjunto com o meu anticoagulante para melhorar os seus efeitos”, nós precisamos registrar que isso não é exatamente seguro para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Tanto que o site WebMD alertou que é necessário ter cautela ao consumir o gengibre ao mesmo tempo em que faz uso de medicamentos que desaceleram a coagulação sanguínea, o que inclui os anticoagulantes, já que pode haver uma interação moderada entre eles.

Isso porque como o gengibre pode desacelerar a coagulação sanguínea, combiná-lo com remédios que promovem esse mesmo efeito pode aumentar as chances de que apareçam hematomas e sangramento, acrescentou o pessoal do WebMD.

Não é à toa que a publicação advertiu que o uso da especiaria exige cuidados especialmente por parte das pessoas que sofrem com distúrbios hemorrágicos, justamente porque ela pode aumentar o risco de sangramento.

Portanto, se você faz uso de qualquer medicamento que desacelera a coagulação sanguínea, consulte o médico para saber se pode consumir o gengibre durante o tratamento e verificar qual a quantidade máxima da especiaria que pode utilizar.

O site WebMD relatou que a lista de remédios para afinar o sangue mais usados incluem: aspirina, clopidogrel, diclofenaco, ibuprofeno, naproxeno, dalteparina, enoxaparina, heparina, varfarina e femprocumona, entre outros.

Fique atento à bula dos seus medicamentos porque, em alguns casos, eles podem conter as substâncias descritas acima, mas possuir outro nome comercial.

Entretanto, mesmo que os seus remédios não façam parte desta lista, leia a bula por completo com atenção para ver se não existe o aviso de que se trata de um medicamento que desacelera a coagulação sanguínea e/ou que não pode ser utilizado ao mesmo tempo em que o gengibre. Em caso de dúvidas, não deixe de consultar o médico.

Outros cuidados com o gengibre

Além de sabermos se o gengibre afina o sangue, vale a pena conhecer outros efeitos que já foram associados à especiaria, não é mesmo?

Por exemplo, algumas pessoas podem apresentar reações adversas leves como azia, diarreia e desconforto estomacal ao usar a especiaria. Além disso, algumas mulheres já relataram terem experimentado um sangramento menstrual adicional enquanto utilizavam a especiaria.

Em frente a toda uma controvérsia, o ideal mesmo é que a mulher consulte o seu médico para saber se grávida pode comer gengibre.

É importante saber ainda que doses elevadas de gengibre podem agravar algumas condições cardíacas. Além disso, os pacientes diabéticos precisam ter cuidado com o ingrediente porque ele pode aumentar os níveis de insulina e/ou diminuir as taxas de açúcar no sangue.

Como quem tem a doença geralmente já segue um tratamento com foco nesses efeitos, os medicamentos para lidar com a condição podem precisar ser ajustados pelo médico quando o paciente estiver utilizando a especiaria. Caso você sofra com a diabetes, converse com o seu médico antes de começar a fazer uso do gengibre.

  Continua Depois da Publicidade  

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que gengibre afina o sangue? Toma medicamentos anticoagulantes que tenham esse efeito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário