Por Que Você Deve Adicionar Gengibre à sua Dieta o Mais Rápido Possível

Especialista:
atualizado em 29/01/2020

Você já deve saber que o gengibre é excelente para a sua saúde, mas, quais são os seus reais benefícios? Cynthia Sass, especialista em dietas e com mestrado em saúde pública, garante: “Sim, o gengibre realmente tem evidências científicas para sustentar os seus benefícios”.

Essa super raiz é repleta de propriedades poderosas, o que significa que é mais do que apenas um complemento ardido ao sushi quando você vai ao restaurante japonês. Veja abaixo as maneiras corretas e erradas de consumir gengibre e razões para começar a comê-lo hoje mesmo.

Benefícios comprovados de consumir gengibre

Além de ajudar a combater o enjôo e aliviar a náusea em mulheres grávidas quando consumido corretamente, o gengibre também é ótimo para consumir pós-treino.

“O gengibre tem um efeito anti-inflamatório, por isso pode ajudar a reduzir a dor muscular após intensa atividade física e melhorar a dor em pessoas com osteoartrite”, disse Cynthia. “Ele também possui propriedades de combate ao câncer, melhora a saúde do coração e ajuda a prevenir ou administrar a diabetes tipo 2”.

Melhores formas de consumir e adicionar gengibre à sua dieta

Cynthia sugere adicionar raiz de gengibre a sucos e smoothies, chá quente ou gelado, ou água quente ou gelada. Você também pode incorporá-lo no molho da sua salada, em marinadas, ou como tempero para frutos do mar cozidos ou sopas como a de lentilha. O gengibre combina bem com sobremesas, também.

“Também é fantástico quando misturado com chocolate amargo derretido com frutas frescas para uma sobremesa mais light”, disse ela.

O que evitar quando comer gengibre

De acordo com Cynthia, o gengibre não deve ser dado a crianças com menos de 2 anos de idade. Já para os adulto, quando se trata de produtos frescos de gengibre, como o chá de gengibre, ou o próprio alimento fresco, “se você usa gengibre em alimentos ou bebidas, use com moderação – especialmente mulheres grávidas e amamentando, e qualquer pessoa que tome medicamentos para diluir o sangue, ou pessoas com história de cálculos biliares, doenças cardíacas, diabetes ou outra condição médica crônica”, disse Cynthia.

Ela também aconselha não tomar o gengibre sob a forma de suplemento sem a supervisão do seu médico ou nutricionista, pois ele pode interagir com certos medicamentos ou outros suplementos. Você também deve notificar o seu médico de que está tomando gengibre se estiver prestes a ser submetido a uma cirurgia.

Você já tinha noção de tantos benefícios que o gengibre traz à saúde? Tem costume de consumi-lo em sua dieta? De que formas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 3,67 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

2 comentários em “Por Que Você Deve Adicionar Gengibre à sua Dieta o Mais Rápido Possível”

  1. Olá, este trecho despertou uma dúvida, pois, em outra publicação do site (https://www.mundoboaforma.com.br/gengibre-tira-o-sono/), foi dito que mulheres grávidas não podem consumir o gengibre. “Além de ajudar a combater o enjôo e aliviar a náusea em mulheres grávidas quando consumido corretamente, o gengibre também é ótimo para consumir pós-treino.”. Poderiam esclarecer esse ponto por favor?