Grávida Pode Comer Miojo (Macarrão Instantâneo)?

Especialista:
atualizado em 17/03/2020

Confira se uma mulher grávida pode comer miojo ou se o macarrão instantâneo faz parte dos alimentos que devem ser evitados na dieta da gestante.

Seguir uma alimentação nutritiva e de qualidade é importante para a saúde de qualquer mulher. Entretanto, ao descobrir que está esperando um neném, isso se torna ainda mais necessário, já que além de nutrir e cuidar do próprio organismo, a futura mãe também precisa fazer isso pelo ser que está sendo formado em seu ventre.

Com isso, a gestante que já tinha uma dieta saudável antes de engravidar precisa reforçar e adaptar o seu regime alimentar às necessidades do bebê, enquanto a grávida que tinha uma alimentação mais relaxada e de baixa qualidade tem que mudar bastante as suas refeições e passar a comer pratos nutritivos, conforme as exigências do seu organismo e do neném.

Toda essa mudança na dieta certamente incluirá a exclusão ou diminuição no consumo de alimentos e bebidas pobres em nutrientes e ricas em calorias, açúcares, sódio e outros compostos que não são bons para a saúde.

Será que, entre os tais alimentos que precisam ser evitados na dieta da gestante, está o miojo, ou macarrão instantâneo?

Ou a grávida pode comer miojo?

Para alguns especialistas, não é apropriado afirmar que a grávida pode comer miojo porque, embora o produto seja prático, ele não é exatamente saudável e seguro para uma gestação.

Na verdade, miojo faz mal à saúde de qualquer pessoa, não apenas grávidas.

O macarrão instantâneo não apresenta qualquer valor nutricional e não é capaz de satisfazer a fome por muito tempo. Em outras palavras, ele pode muito bem ser considerado como um produto inútil em termos de saúde e nutrição, seja para a gestante, seja para qualquer outra pessoa.

A questão do sódio

Outro ponto que escancara o fato de que o miojo é um produto prejudicial não somente para as grávidas, mas para qualquer tipo de pessoa, é que o macarrão instantâneo está do grupo dos alimentos ricos em sódio, um nutriente que em excesso pode fazer bastante mal para o organismo humano.

Para você ter uma noção, uma unidade de 85 g do miojo de galinha caipira da marca Nissin apresenta 1607 mg de sódio enquanto o miojo cremoso sabor pizza da mesma marca é composto por 1373 mg do mineral em uma porção de 88 g.

De acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, os adultos saudáveis não devem consumir mais do que 2,3 mil mg de sódio diariamente, os indivíduos com pressão arterial alta não devem ingerir mais do que 1,5 mil mg do mineral a cada dia e quem tem insuficiência cardíaca congestiva, cirrose do fígado e insuficiência renal crônica podem precisa consumir quantias muito menores do que essas.

Já a Associação Americana do Coração recomenda que os adultos limitem a sua ingestão de sódio para 1,5 mil mg do nutriente por dia.

Segundo a mestra em cinesiologia (ciência do movimento), Michelle Fisk, a Academia Nacional de Medicina dos Estados Unidos determinou que o consumo adequado de sódio durante uma gestação também é de 1,5 mil mg por dia.

Quer saber o que a ingestão exagerada de sódio pode ter de tão perigosa assim? Bem, a Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos alertou que o excesso do mineral pode provocar problemas como retenção de líquidos, endurecimento dos vasos sanguíneos, pressão arterial alta, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca.

O sódio não é o único problema

Antes que alguém diga que a maior parte do sódio do miojo se encontra no tempero que vem no pacotinho do produto e que é só não consumi-lo junto, vale a pena registrar que o macarrão é composto por aditivos, corantes artificiais e toxinas como o glutamato monossódico, que prejudicam à saúde em longo prazo.

O glutamato monossódico é um intensificador de sabor que pode ser chamado de diversos nomes nos rótulos das embalagens: extrato de levedura, proteína vegetal hidrolisada ou E621.

O macarrão instantâneo já foi associado a problemas como aumento de peso, hipertensão, problemas cardíacos, comprometimento renal e síndrome metabólica.

A síndrome metabólica é apresentada como um conjunto de condições que inclui, pressão alta, taxas elevadas de açúcar no sangue e níveis anormais de colesterol e triglicerídeos que aumenta expressivamente os riscos de desenvolvimento de doença cardiovascular, esclareceu a Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos.

O glutamato monossódico também pode provocar desconforto no estômago e dores de cabeça.

Além de saber se a grávida pode comer miojo

É fundamental, assim que descobrir que está esperando um neném, que a mulher passe a contar com o acompanhamento individualizado do médico e do nutricionista para saber tudo o que pode e não pode comer e fazer ao longo da sua gestação, de modo que a sua saúde e a saúde do bebê em formação sejam preservadas.

Portanto, se você está grávida e sente aqueles desejos intensos de comer macarrão instantâneo, converse com o seu médico e nutricionista a respeito disso para saber se existe uma quantidade limite do produto que pode ser ingerida ou alguma forma mais saudável de consumi-lo, de modo que os seus potenciais prejuízos para a saúde sejam amenizados.

Tenha em mente que este artigo serve exclusivamente para informar e jamais pode substituir as recomendações profissionais e qualificadas do médico e do nutricionista.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você pensava que grávida pode comer miojo ou imaginava que não? Pretende largar o alimento se está esperando um filho? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Grávida Pode Comer Miojo (Macarrão Instantâneo)?”

  1. Estou esperando o bebê e pensei que podia comer miojo ai comprei mas ainda não comir não vou comer mas 🙁