Intolerância à lactose – Sintomas, causas, tratamento e dieta

Especialista da área:
atualizado em 17/11/2020

A lactose é o principal carboidrato ou açúcar encontrado no leite e seus derivados, incluindo iogurte, sorvete queijos e manteiga. E, quando há algum grau de dificuldade de digerir este açúcar, temos então a intolerância à lactose.

  Continua Depois da Publicidade  

Vamos então entender um pouco mais sobre o problema, seus sintomas, tratamentos e formas de substituir o leite.

O que causa a intolerância à lactose?

A intolerância à lactose é causada pela falta da lactase, que é a enzima que digere a lactose, e o nível da enzima pode variar entre indivíduos, assim como a severidade dos sintomas causados pela intolerância.

Algumas podem sofrer sintomas severos após consumirem pequenas quantidades de lactose. Enquanto outros podem ser capazes de tolerar pequenas quantidades.

Quando o corpo não consegue digerir a lactose, ela se acumula no intestino, e causa os sintomas tão característicos desse tipo de problema.

Quais são os sintomas da intolerância à lactose?

Os sintomas da intolerância à lactose tendem a se desenvolver de 30 minutos a duas horas após beber leite ou comer laticínios, e incluem:

  • Náusea;
  • Cólica;
  • Gases;
  • Inchaço;
  • Diarreia.

A severidade dos sintomas varia, de acordo com a quantidade de lactose que uma pessoa pode tolerar, pois algumas pessoas são mais sensíveis que outras, a depender da quantidade de enzimas que o corpo consiga produzir.

Como a intolerância a lactose é diagnosticada?

O primeiro passo para chegar a um diagnóstico de intolerância à lactose é observar o aparecimento dos sintomas, além do alívio deles quando se evita laticínios.

Dessa forma, muitos médicos pedem que pacientes que suspeitam ter intolerância à lactose evitem leite e laticínios por uma a duas semanas para ver se os sintomas diminuem.

E existem ainda alguns testes podem ser usados para ajudar a confirmar o diagnóstico:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Desafio do leite: É uma forma simples de diagnosticar intolerância à lactose. A pessoa faz jejum durante a noite e então bebe um copo de leite de manhã. Nada mais é ingerido por três a cinco horas. Se a pessoa é intolerante à lactose, o leite deve produzir sintomas algumas horas após a ingestão;
  • Teste Respiratório de Hidrogênio: Mede-se a quantidade de hidrogênio na respiração após consumir uma bebida rica em lactose. Então níveis elevados de hidrogênio na respiração, de três a cinco horas após a ingestão, indicam que a digestão não ocorreu da forma correta;
  • Teste de acidez nas fezes: O teste de acidez nas fezes serve para testar a intolerância à lactose em bebês e crianças. A criança toma uma pequena quantidade de lactose, e, se for intolerante, produzirá ácido láctico, que vai acidificar as fezes;
  • Biópsia Intestinal: O teste mais direto para intolerância à lactose é a biópsia intestinal, que mede os níveis de lactase no revestimento do intestino. Entretanto, essas biópsias são invasivas e requerem análises especializadas que não estão disponíveis em alguns laboratórios.

Veja a seguir alguns tratamentos para a intolerância à lactose:

Mudanças alimentares

As mudanças alimentares para intolerância à lactose devem incluir inicialmente a exclusão de todos os alimentos ricos em lactose. Entretanto, se os sintomas passarem, pequenas quantidades de alimentos que contêm lactose podem ser reintroduzidas, e os sintomas, monitorados.

A maioria das pessoas pode determinar seu nível de tolerância a lactose. É muito raro que uma pessoa seja tão sensível a ponto de precisar excluir totalmente esses alimentos. Mas é importante encontrar um substituto desses alimentos, para evitar a falta de alguns nutrientes.

Uso de probióticos

Alguns estudos sugerem que o uso de probióticos pode ajudar a amenizar os sintomas da intolerância à lactose. Entretanto, mais estudos ainda precisam ser realizados para garantir a segurança e a eficácia deste tratamento.

Suplementação de lactase

Um estudo publicado em 2018 avaliou o uso de suplementos enzimáticos para tratar a intolerância à lactose. Isso porque esses suplementos contêm a enzima lactase, que, quando ingerido, ajuda a quebrar as moléculas de lactose no trato gastrintestinal.

Quantidade de cálcio diária recomendada

Outro ponto que você deve se atentar é a quantidade diária recomendada de cálcio, que varia conforme a idade:

IdadeNecessidade de cálcio
0-6 meses200 mg
7-12 meses260 mg
1-3 anos700 mg
4-8 anos1.000 mg
9-18 anos1.300 mg
19-50 anos1.000 mg
51-70 anos1.200 mg (mulheres)
1.000 mg (homens)
Necessidade de cálcio por idade e gênero

Como suplementar o cálcio na alimentação?

Pessoas intolerantes à lactose não precisam necessariamente consumir leite e laticínios para conseguir o cálcio necessário para uma nutrição adequada. Dessa maneira, os seguintes alimentos são boas fontes de cálcio e não contêm lactose:

Vegetais

  • Brócolis;
  • Feijão carioca;
  • Alface e verduras como espinafre e couve.

Frutos do mar

  • Atum enlatado;
  • Sardinha;
  • Salmão.

Outros alimentos

  • Suco de frutas enriquecido com cálcio;
  • Leite de soja;
  • Tofu (enriquecido com cálcio).

Comer de 2 a 4 porções desses alimentos por dia normalmente é o suficiente para suprir as necessidades diárias de cálcio.

  Continua Depois da Publicidade  

A Vitamina D ajudará seu corpo a absorver o cálcio. Você pode conseguir quantidades adequadas de vitamina D através da exposição ao sol ou da suplementação.

Dicas

  • A maioria das pessoas com intolerância à lactose ainda pode produzir uma pequena quantidade de lactase. É essa produção residual que faz com que a pessoa possa tolerar alguns alimentos que contenham lactose;
  • A lactose também está presente em alguns medicamentos, e por isso é importante ler a bula para descobrir exatamente qual a sua composição. Mas, como as quantidades são muito pequenas, isso só afeta quem tem graus mais severos de intolerância.

Você sofre de intolerância à lactose? Como e quando descobriu esta condição? Quais alimentos você utiliza para substituir os proibidos? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média 4,42)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

11 comentários em “Intolerância à lactose – Sintomas, causas, tratamento e dieta”

  1. Tenho intolerancia a lactose e a glutem, substituo o leite por leite de amendia com coco, e’ menos ruim….rs
    Tamb’em substitui’ o ‘oleo de soja por oleo de coco odorless.

    Cortei totalmente o acucar da alimentacao, me sinto bem melhor e com mais energia!

    Responder
  2. o meu filho tem intolerância e sofre com fortes dores abdominal, não sei mais oque fazer, já que esta fazendo dieta.

    Responder
  3. Eu só fui descobrir a poucos dias, vendo um comercial na TV que descrevia os sintomas, faz cerca de 2 anos que convivo com essa mal estar que me acostumei e achava que era normal se sentir assim, inchada diariamente com diarréia frequentes e flatulências, achava que era culpa da minha má alimentação e por estar acima do peso. Então fiz o teste e exclui o leite e qualquer derivado dele e em um único dia ja notei a grande diferença!

    Responder
    • É um dos sintomas que acontecem quando você ingere alimentos que contenham a lactose – que devem ser evitados.

      Responder
  4. Boa noite! Descobri que tenho intolerância à lactose, e esta muito difícil porquê tudo que gosto contém lactose, quando como qualquer coisa que contém lactose minhas mãos incham e dói muito ,minha barriga incha,e muito ruim,a maioria dos produtos sem lactose e ruim. Tá difícil!

    Responder
  5. Boa tarde!

    Decobri que tenho intolerancia a lactose faz poucas semanas, junto com ela descobri tambem que estou com gastrite leve, procuro uma dieta que de para conciliar os dois.

    Responder
  6. Boa tarde

    Descobri que tenho intolerância à lactose faz aproximadamente 1 ano.
    Está difícil de substituir os alimentos.
    Sofro muito.

    Responder