Nutricosméticos – O Que São, Como Funcionam e os Mais Populares

Especialista:
atualizado em 06/10/2014

Muito tem se falado sobre os nutricosméticos nos últimos anos e seus benefícios. Mas o que eles podem fazer por você exatamente? Vamos explorar neste artigo o que são nutricosméticos, como funcionam e também analisar quais são os produtos mais populares do mercado.

O Que São Nutricosméticos?

Como o próprio nome sugere, nutricosméticos são uma fusão entre nutrição e cosmetologia. Também chamadas de “cápsulas da beleza”, preconizam, basicamente, que é preciso preparar o organismo internamente, para obter dele resultados externamente. Ou seja, nutrem de dentro para fora. Não sendo remédios, poderiam ser avaliados como suplementos nutricionais, promovendo o fortalecimento e agindo também de forma profilática.

Basicamente, podemos encontrar em sua composição as seguintes substâncias:

  • complexo vitamínico A, C e E;
  • aminoácidos;
  • minerais essenciais;
  • carotenóides;
  • bioflavonóides;
  • ácido fenólico, dos brócolis, das cenouras e dos grãos integrais;
  • catequinas, presentes em uvas e chá verde principalmente;
  • licopeno, que é encontrado no tomate;
  • quercetina, predominam nas cascas de uva e também nos vinhos;

Como Funcionam os Nutricosméticos?

Ao contrário dos cosméticos convencionais, os nutricosméticos agem de maneira diferenciada em nosso organismo.

Entram em ação quando o corpo apresenta alguma deficiência nutricional, e nesse caso, sua atuação seria repor essas substâncias internamente, permitindo assim que componentes de uso tópico como loções, cremes e máscaras tenham seus efeitos potencializados.

Alguns dermatologistas afirmam que as cápsulas da beleza, ao suprirem carências nutricionais, promoverão o rejuvenescimento da pele, postergando a oxidação dos tecidos e melhorando sua aparência e elasticidade como um todo. Esse conceito de beleza – de dentro para fora – associado aos nutricosméticos oferece, em tese, nesse mix de minerais e vitaminas, uma melhor absorção orgânica diante dos suplementos tradicionais.

Mitos e Balelas

Agora que sabemos o que são e como funcionam os nutricosméticos, vamos nos inteirar de outra questão.

Obviamente, não se pode atribuir poder “milagroso” somente às tais cápsulas. É necessária também uma alimentação saudável, dormir entre 7 a 8 horas, fazer exercícios.

O principal equívoco cometido quando se está mal orientado sobre nutricosméticos é ficar tomando coquetéis e complexos multivitamínicos aleatoriamente, focando somente os fins estéticos.

Essa área, embora esteja crescendo, ainda é uma novidade. Por conta disso, uma especulação desenfreada começa a surgir, com vários tipos de produtos; no entanto, a nutricosmetologia visa tão somente preencher uma lacuna, um déficit orgânico, momentâneo ou não, mas de toda forma deve-se filtrar a busca diante de tantas ofertas milagrosas.

Os coquetéis de vitaminas e minerais disponíveis atualmente estão condenados a desaparecer, simplesmente porque padronizam a questão. A ingestão de nutricosméticos deve ser personalizada, por se tratar de uma questão individualizada. Enquanto uma pessoa apresenta excelente absorção de vitamina A, outra simplesmente não consegue o mesmo resultado e, dessa forma, não adianta ficar tomando esses suplementos se eles não estão atingindo o alvo do problema.

A melhor coisa a se fazer antes de buscar essa alternativa é se orientar com um especialista.

Super Dosagem

Ainda sobre a vitamina A, sabemos que está diretamente associada ao antienvelhecimento, mas altas doses de betacaroteno podem ser perigosas. Um estudo publicado em setembro de 2008 mostrou que o consumo excessivo desse tipo de antioxidante aumentaria os riscos de melanoma e câncer de pele.

Outro caso, a vitamina D, por exemplo, é importantíssima na prevenção da osteoporose, como também câncer de próstata e mama. No entanto, de nada adianta ingeri-la se a pessoa não se expuser ao Sol, pelo menos entre 15 a 20 minutos, pois essa é a única forma de sintetizá-la.

O que conclui-se é que, tanto a ausência de alguns nutrientes em nosso organismo, quanto o excesso, podem ser perigosos.

Quando os Nutricosméticos Podem Não Funcionar?

Há muitas pesquisas e discussões em torno dos nutricosméticos. No Congresso da Associação Francesa de Medicina Morfoestética e Antienvelhecimento (AFME), o Dr. Gall Y, mostrou a deficiência da vitamina C dermatologicamente, mesmo em pessoas que comem muitas frutas, verduras e legumes diariamente (alimentos esses, conhecidos por seu alto teor de vitamina C). É como se esse antioxidante não conseguisse migrar para as células alvo. Existe algum fator orgânico, genético, enfim, algo que impede que a vitamina exerça sua função da forma desejada.

No mesmo congresso, foi exposto o problema da barreira intestinal, onde algumas pessoas apresentam má absorção de nutrientes e vitaminas. Diante desse tipo de problema, de nada adiantaria consumir suplementos alimentares, se eles simplesmente não serão absorvidos.

Nos dois exemplos citados acima, assim como outros tantos, o que se deseja transmitir é que uma investigação preliminar é fundamental antes de se optar pelos nutricosméticos. É preciso atacar as causas do problema primeiramente, e não seus efeitos.

Os Nutricosméticos Mais Populares

Via de regra, atualmente, já existe uma variedade desses produtos, mas vamos abordar três deles, produzidos em laboratórios idôneos, de renome. Obviamente, pode-se encontrar outros tantos, não somente cápsulas, há também alguns em forma de shakes e sucos. Qualquer um deles pode ser encontrado facilmente em farmácias e supermercados.

  • Imedeen® Time Perfection™

O fabricante diz que o produto reduz a aparência de linhas e rugas, auxilia na proteção das fibras de colágeno e elastina, atuando nas camadas dérmicas mais profundas, otimiza equilíbrio e hidratação, elimina olheiras e bolsas dos olhos.

  • Rennovee® Time Solution

Além da prevenção do envelhecimento, devido a uma maior produção de colágeno e elastina, o que mais se destaca no site em relação ao produto diz respeito à vitalidade, concentração e libido relacionadas aos níveis de testosterona. Nem sempre a alimentação por si só, consegue suprir os nutrientes necessários a essa estimulação natural. Alguns nutrientes do Rennovee poderiam estimular a produção equilibrada desse hormônio, priorizando maior bem estar feminino.

  • Inneov Fermeté®

Em 2003, a Nestlé® e a L’Óreal® lançaram, em conjunto, o primeiro nutricosmético – Inneov® – uma associação de licopeno, isoflavonas e vitaminas. Afirmam que, através de muitos testes, mediante melhor distribuição de produtos ativos por meio de fluxo sanguíneo, melhora a firmeza e densidade cutânea do rosto e do corpo.

Estão surgindo outros tipos com funções mais específicas. Há nutricosméticos que se propõe a redução de peso, outros somente para cabelos e unhas, e muito mais coisa vem por aí. Apesar de terem surgido há pouco tempo, são uma promessa, a médio prazo, de rejuvenescimento.

Você já tinha ouvido falar dos nutricosméticos? Você utilizaria um deles? Por qual propósito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,20 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário