O Que São Alimentos Energéticos e Quais os Melhores

O que são alimentos energéticos? São aqueles que, obviamente, proporcionam energia ao organismo, dando mais vitalidade ao corpo para desempenhar as funções diárias.

Os alimentos que quando ingeridos desempenham essas funções são especialmente gordura, cereais e carne. Sabe-se que as gorduras são as que fornecem mais energia, sendo que possuem 9 calorias por grama, já carboidratos e proteína fornecem 4 calorias por grama. O álcool também dá energia, cerca de 7 calorias por grama, mas seu consumo excessivo não é indicado.

Esses alimentos têm o papel de fornecer carboidratos, gorduras e proteínas necessários ao bom funcionamento do organismo. Os carboidratos são chamados de combustíveis do corpo, os lipídios dão energia e protegem os órgãos e transportam vitaminas e a proteína, além de ajudar no fornecimento de energia, ainda auxilia na construção muscular. Quer saber melhor o que são alimentos energéticos? Confira a lista dos melhores abaixo!

1. Ovos

A gema do ovo é naturalmente rica em vitaminas do complexo B, que são responsáveis por converter os alimentos em energia e também tem vitamina D para manter os ossos fortes. Além disso, é uma das melhores fontes de proteína, o que é essencial particularmente depois de uma sessão de treino intenso, quando a degradação muscular acontece com mais frequência. Para evitar consumir calorias em excesso você pode fazer uma omelete com uma única gema e inserir mais claras ao prato para uma refeição completa.

2. Café

Quando você precisar dar uma despertada ou energizada no seu dia, um pouco de cafeína pode ser uma boa opção. O café pode melhorar o desempenho do exercício. Uma xícara de café pode servir como uma ótima bebida para o pré-treino, se não quiser se suplementar, por exemplo. Adicionar leite desnatado não só oferece uma abundância de cálcio e vitamina D para os ossos mais fortes, mas também oferece carboidratos essenciais para fornecer energia. Uma pequena quantidade de cafeína é tudo que é necessário para obter os benefícios. Pode ser consumido quente ou gelado.

3. Edamame

A soja é rica em nutrientes, especialmente vitaminas do complexo B, cobre e fósforo. Vitaminas do complexo B trabalham para quebrar os carboidratos consumidos em glicose (que dão energia). Ao mesmo tempo, ajuda o transporte de oxigênio em todo o corpo. Tanto o cobre quanto o fósforo estão envolvidos na conversão dos alimentos ingeridos em energia e na liberação das células, de modo que estejam disponíveis para utilização pelo corpo.

Edamame também oferece carboidratos, fibras e proteínas essenciais para os músculos nos treinos. Em uma única xícara de edamame existe 8 g de de fibra e 17g de proteína. Para ajudar na recuperação pós-treino, basta consumir um punhado de edamame após uma sessão de treinamento de resistência pesada. Você também pode adicionar uma pitada de sal para repor eletrólitos perdidos.

4. Cereais de grão inteiro

Cereais integrais ricos em fibras retardam a liberação de glicose na corrente sanguínea que, em última instância, se traduz em níveis de energia mais consistentes ao longo do dia. O aumento repentino da glicose no sangue, o que ocorre após a ingestão de carboidratos refinados como doces, provoca picos de açúcar no sangue e excesso de produção de insulina pelo pâncreas.

A insulina é responsável por retirar a glicose para fora do sangue e das células. Alguns cereais fortificados são carregados com quase todas as vitaminas e minerais importantes para o corpo. Escolha um cereal que tenha, pelo menos, 5 g de fibras ou mais por porção. Despeje sobre um copo de leite desnatado ou iogurte grego para proteína extra.

5. Frutas secas e oleaginosas

As frutas secas e oleaginosas são as melhores gorduras saudáveis a serem ingeridas, além disso fornecem fibras e proteínas. Enquanto os carboidratos refinados, que não possuem fibra, costumam fornecer glicose rapidamente para curtas sensações de energia, a fibra ajuda a desacelerar a liberação de glicose para que haja sempre um fornecimento estável, constante.

Similar à fibra, a proteína também retarda o metabolismo e ajuda a reparar a musculatura fatigada no pós-treino. Gorduras como nozes, sementes e óleos são notórias para o fornecimento de energia de longa duração particularmente para séries mais longas ou de mais de uma hora. Os carboidratos são os primeiros macronutrientes utilizados durante a atividade, por isso podem se esgotar facilmente e então os depósitos de gordura serão utilizados para fornecer energia extra.

Para evitar excesso de açúcares e óleos que podem ser adicionados a muitos produtos populares, faça sua própria mistura. Misture as oleaginosas cruas favoritas, como pistache, amêndoas ou amendoins com frutas secas.

6. Água

Ela pode não vir à sua cabeça quando se pergunta o que são alimentos energéticos, mas todos sabemos a bebida mais importante para repor energias é a água, pois a desidratação é responsável pelo transporte de todos os nutrientes no sangue que usamos como energia e pela eliminação do acúmulo de resíduos, que leva à fadiga. Sem água suficiente no organismo, o organismo não consegue metabolizar os alimentos que são convertidos em energia e, por isso, deixam de funcionar corretamente. Sempre deve-se beber muita água durante todo o dia para se sentir revigorado. Beba de 8 a 10 copos por dia para dar um reforço nas funções do seu corpo.

7. Guaraná

Guaraná é uma pequena fruta vermelha comumente usada em suplementos e bebidas para aumentar a energia, além de aumentar o vigor e a resistência física. O guaraná vem de suas sementes, que são as mais ricas fontes naturais de cafeína, contendo cerca de 2,5 vezes a quantidade de cafeína encontrada no café. Eles também contêm teofilina e teobromina, compostos ideais para quem quer dispor de energia a longo prazo e não apenas momentaneamente. Você pode obter cápsulas e suplementos que misturam substâncias potenciais e energéticas ou tomar um copo de pó de guaraná com açaí para começar bem o dia.

8. Quinoa

Quinoa é um grão livre de glúten que contém mais proteína do que qualquer outro grão ou arroz. O grão é tão rico em aminoácidos, e é considerado uma fonte completa de proteínas, rica em lisina, metionina e cisteína, ideal para construir músculos. É também rica em ácido fólico, magnésio, fósforo e manganês, tornando-se uma fonte cheia de nutrientes advindas dos hidratos de carbono que fornecem energia de longa duração.

Quinoa é um ótimo substituto para o trigo ou carboidratos refinados, pois ele pode ajudar a melhorar o sistema cardiovascular, manter os níveis de pressão arterial estáveis e otimizar a saúde do intestino. Substituir um grão, como o pão, arroz ou massa por quinoa é viver de forma mais saudável e com energia.

9. Sementes de Abóbora

Um punhado de sementes de abóbora cruas ou secas podem fornecer mais energia ao corpo. As sementes de abóbora são uma boas fontes de proteínas, gorduras saudáveis e fibras. Também contêm manganês, magnésio, fósforo e zinco, que fornecem apoio adicional de energia para maximizar as funções do corpo e a disposição diária.

10. Goji berry

As bagas de goji berry vêm sendo usadas ​​por milhares de anos na medicina chinesa para ajudar a aumentar a energia e melhorar a liberação de hormônios. Goji aumenta a capacidade do organismo para lidar com o estresse e melhorar o humor, mente e memória, tudo ao mesmo tempo fornecendo a energia necessária para melhorar os treinos ou atividades diárias. Goji também é benéfica por aumentar o fluxo sanguíneo, o que ajuda a oxigenar todas as células e tecidos do corpo, incluindo os órgãos sexuais, o que aumenta a libido, por este motivo, ela é conhecida como o “viagra da China”.

11. Melões e melancias

Essas duas frutas ricas em água fornecem energia, vitaminas e minerais ao organismo. Sabe-se que são constituídas por 90% de água, por este motivo, combatem a fadiga por manter o copo hidratado. De acordo com um estudo divulgado no Journal of Nutrition em 2012, a desidratação leve pode diminuir a energia disponível no corpo e alterar o humor, por isso se manter hidratado é fundamental. Você pode fazer suco das frutas, consumir como lanches da tarde ou até mesmo misturar a saladas para uma refeição completa.

12. Polenta

Feita a partir de farinha de milho, a polenta é carregada de carboidratos complexos. Ao contrário de carboidratos simples de grãos altamente processados, os carboidratos complexos são quebrados lentamente para que eles mantenham o açúcar no sangue em equilíbrio, proporcionando uma liberação de energia que dura horas. Além disso, a polenta é um prato extremamente fácil de fazer que fica pronto em menos de 10 minutos e que integra uma variedade de receitas desde a tradicional polenta com molho e carne até o bolo de fubá.

13. Coalhada

Um estudo de 2011 da Universidade de Cambridge concluiu que alimentos ricos em proteínas podem ajudar você a ficar desperto e alerta, sendo assim, a melhor maneira de começar o dia. A coalhada, advinda do soro de leite, tem uma textura seca semelhante a da ricota. Pode ser feita a partir do leite de cabra, ovelha ou vacas. Duas colheres de sopa de coalhada fornece 4 g de proteína de alta qualidade com apenas 40 calorias. É uma opção mais saudável do que margarina, manteiga e cream cheese para seu café da manhã.

14. Chá Verde

O chá verde é uma das principais respostas quando se pergunta o que são alimentos energéticos. É rico em L-teanina, um aminoácido que faz você se sentir alerta e revigorado sem o nervosismo, muitas vezes causado pelo café. A L-teanina também pode proteger contra doenças como o resfriado comum ou a gripe, de acordo com um estudo publicado no Journal of American College of Nutrition em 2007. No estudo, os voluntários beberam chá verde duas vezes por dia durante três meses. O resultado foi que eles tiveram 23% menos probabilidade de adquirir doenças por baixa imunidade.

15. Caranguejo

Este crustáceo não é apenas uma saborosa fonte de proteína, mas também é rico em vitamina B12, que equilibra o humor e combate a fadiga. A vitamina B12 também mantém os glóbulos vermelhos saudáveis ​​para que eles possam transportar oxigênio para o cérebro, ajudando às pessoas a pensarem com clareza e ficarem energizados.

A vitamina B12 só é encontrada naturalmente em alimentos de origem animal como carne, frango e peixe, por isso pode ser fácil ultrapassar as necessidades diárias. Considere o caranguejo como uma fonte eficiente e saudável para consumo. Uma porção de 85 gramas de caranguejo fornece até quase um terço do B12 que você precisa todos os dias com apenas 71 calorias e menos de 1 g de gordura. Pode ser adicionado em saladas, risoto e massas, bem como tortas.

16. Arroz Integral

Arroz integral é repleto de carboidratos complexos. Além disso, é uma fonte de magnésio e isso está diretamente ligado com a energia do corpo, pois um estudo realizado pelo Serviço de Pesquisa Agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos identificou que baixos níveis de magnésio podem prejudicar o metabolismo de energia do organismo. Apenas a 1 xícara de arroz integral cozido fornece mais de 1/4 do magnésio que as mulheres precisam em um dia e 1/5 da quantidade que os homens precisam.

17. Lentilhas

Com a combinação perfeita de proteína de digestão lenta, carboidratos complexos e fibras, esses legumes são os mais completos quando o assunto é o que são alimentos energéticos. Em meia xícara de lentilhas cozidas, há mais proteína do que um ovo e mais de 1/4 da quantidade de fibras que você precisa em um dia, além de ter apenas 115 calorias e quase 0% de gordura. São muitos fáceis de serem preparadas, em menos de 20 minutos já estão prontos para consumo e podem ser adicionadas a saladas, sopas e hambúrgueres vegetarianos.

18. Pão de trigo integral

O trigo integral pode fornecer carboidratos essenciais ao organismo para melhorar a quantidade de energia do corpo. Assim, substitua a farinha branca pela integral, seja em pães como também em macarrão, biscoitos e outros produtos orgânicos.

19. Aveia

Comer um mingau no café da manhã pode ser tudo que você precisa para se sentir energizado. A aveia é rica em cálcio, potássio, magnésio, vitamina E, vitaminas B e proteína. Eles também ajudam a melhorar a pele, bem como reduzem o estresse e cansaço.

20. Brócolis

O brócolis é conhecido por suas qualidades de combate ao câncer, mas também é um excelente fornecedor de energia, além de ser repleto de fibras, ácido fólico, vitaminas A e C, potássio e vitamina B2. Pode ser salpicado em refeições como arroz, massa, saladas ou recheio de tortas.

21. Sementes de gergelim

As sementes de gergelim podem trazer mais energia e melhorar as funções do corpo e também melhorar o vigor sexual e a vitalidade.

22. Espinafre

Não é para menos que Popeye consumia latas e mais latas de espinafre nos desenhos animados. O alimento é repleto de ferro e traz muita energia e disposição. O ideal é consumir cru em saladas para não perder suas propriedades e benefícios principais.

Você já imaginava quais são e o que são alimentos energéticos? Consome estes na quantidade necessária para o seu organismo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (20 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

4 comentários em “O Que São Alimentos Energéticos e Quais os Melhores”

  1. Soube que o magnésio encontra se nos núcleos das células vegetais e em águas de terras vulcânicas,e que estão presentes em inúmeras reações orgânicas.Toda alimentação de fonte vegetal tem um ou vários benefícios e ajudam a evitar câncer do aparelho digestivo..Devemos aprender a nós alimentar mais naturalmente pois nossa memória biológica tem menos trabalho para distribuir os nutrientes sem os venenos dos processados,em consequência mais saúde.

  2. Em um momento dizem que o café consumido em (grande quantidade = MT cafeína) rouba energia,
    E agorá com alista citando guarana e café como bons energéticos.

    • Sim mas o café não pode ser consumido em grande excesso pois muita cafeína faz vc perder o sono e com isso, perder energia.

Deixe um comentário