Óleo de borragem

Óleo de Borragem – Para Que Serve, Benefícios, Efeitos Colaterais e Como Tomar

O óleo de borragem comercializado na forma de suplemento é o óleo extraído das sementes da planta Borago officinalis, um arbusto cultivado em jardins cujas folhas podem ser usadas como tempero e também medicinalmente. As flores da borragem são comumente azuis e suas pétalas simétricas formam uma estrela perfeita. As flores e as folhas são usadas em infusões contra febre, tosse, e depressão.

O ácido graxo presente no óleo de borragem é o GLA (ácido gama-linoleico), também conhecido como ômega 6. O corpo pode converter o ômega 6 em um composto anti-inflamatório chamado prostaglandina, que pode agir para aliviar sintomas de doenças autoimunes, doenças de pele, tensão pré-menstrual, cólicas e outras condições inflamatórias.

O óleo de borragem é geralmente ingerido em cápsulas, mas também pode ser aplicado topicamente.

Para que serve o óleo de borragem

Tanto as flores quanto folhas e o óleo das sementes de borragem são utilizados como medicamento por diversos povos.

O óleo de borragem é utilizado principalmente para desordens da pele, incluindo eczema, dermatite seborreica e acne. Ele também serve como hidratante para amaciar a pele e como tratamento natural antienvelhecimento da pele.

Por ter propriedades anti-inflamatórias, também é utilizado contra artrite reumatoide, síndrome pré-menstrual, diabetes, síndrome de angústia respiratória aguda (SARA), bronquite, resfriado e como sedativo.

O óleo também é usado para tratar insuficiência adrenal, um problema hormonal que requer uma purificação do sangue para aumentar o fluxo de urina.

Composição de óleo de borragem

O óleo de borragem contém macronutrientes (proteínas, carboidratos, fibras e gorduras), vitaminas (A, C, niacina, colina, tiamina e riboflavina) e minerais. Ele também é carregado com ácidos graxos saudáveis, o que o diferencia de outros óleos à base de plantas.

Este óleo é a fonte natural mais rica do ácido gama-linoleico ou GLA (Entre 17 e 25% da sua composição).

Por ser um importante poli-insaturado, ele ajuda a manter a pele e as articulações saudáveis. Ele é convertido pelo corpo em prostaglandinas e serve para ajudar a regular o sistema imunológico e a combater a inflamações.

Principais benefícios do óleo de borragem para a saúde 

Veja a seguir como as propriedades do óleo de borragem proporcionam benefícios para saúde e boa forma. Então, para que serve o óleo de borragem?

1. Pode tratar artrite reumatoide

De todas as doenças autoimunes para as quais o óleo de borragem serve, a artrite reumatoide é a condição mais estudada até agora e também para a qual mais benefícios são apontados.

Trata-se de uma doença crônica, uma inflamação dolorosa das articulações que geralmente requer a utilização de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides, também conhecidos como AINEs, que geralmente apresentam efeitos colaterais indesejados.

Os autores de um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition analisaram os dados de vários testes feitos inclusive pessoalmente e concluíram que o ácido graxo presente no óleo de borragem pode proporcionar alívio dos sintomas e, possivelmente, reduzir a necessidade de analgésicos em pacientes com inflamações nas articulações.

2. Promove a saúde da pele

Dermatites como eczema e psoríase são distúrbios que muitas vezes não respondem a medicamentos de prescrição comuns e para as quais remédios naturais acabam sendo a melhor indicação.

O óleo de borragem pode ser ingerido ou usado topicamente para aliviar estas e outras condições inflamatórias da pele.

Há diversas pesquisas clínicas encorajadoras quanto ao uso deste óleo para tratar dermatites. O estudo mais conclusivo neste momento é o que foi publicado no British Journal of Nutrition, que relatou bons resultados no uso do óleo de borragem para tratar irritações e secura da pele.

3. É um grande aliado da saúde da mulher

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, o óleo de borragem pode ser útil para o tratamento de uma grande variedade de condições de curto e longo prazo na mulher. Muitas mulheres relatam que tomar óleo de borragem alivia os sintomas da tensão pré-menstrual como a sensibilidade mamária, ansiedade, erupções cutâneas, estresse e as dores das cólicas. Ele também já foi citado como aliado pra o tratamento da endometriose, dos sintomas da menopausa, incluindo os suores noturnos e até para a promoção da produção do leite materno.

4. Auxilia no controle de distúrbios respiratórios

O óleo de borragem é muito utilizado na medicina popular para tratar tosse e dores de garganta. Ele contém uma substância gelatinosa chamada mucilagem que acalma as membranas mucosas.

Este óleo também é indicado para ajudar a melhorar a função dos pulmões, especialmente em pessoas com infecções respiratórias e com síndrome da angústia respiratória aguda (SARA). Pesquisas mostram que as pessoas podem tomar suplementos de óleo de semente de borragem em cápsula para acelerar o tempo de cicatrização associado à tosse, ao resfriado e à gripe, e a controlar inflamações que podem comprometer as funções respiratórias.

5. Pode ajudar a reduzir a gordura acumulada e o ganho de peso

Aqui está uma boa notícia para quem luta contra o ganho de peso. Estudos encontraram evidências de que o GLA encontrado no óleo de borragem diminui o acúmulo de gordura corporal em comparação com óleos vegetais mais refinados.

Na prática, o consumo de GLA ou ômega 6 resultaria em maior acúmulo de tecido adiposo marrom e menor de tecido adiposo branco.

Cientistas explicam que isto é benéfico porque eles acreditam que as pessoas magras tendem a ter mais gordura marrom do que as pessoas com sobrepeso ou obesos, e que a gordura marrom pode agir mais como músculo do que a gordura branca.

Um estudo de laboratório feito no Japão sugere que dietético o GLA reduz o acúmulo de gordura corporal através de um aumento de atividade dos genes que controlam o crescimento do tecido adiposo marrom em comparação ao crescimento do tecido adiposo branco.

6. Benefícios do óleo de borragem na aromaterapia

Na aromaterapia, o óleo de borragem pode ser usado inalado ou vaporizado, ou como óleo veicular para os óleos essenciais mais concentrados. Ele também combina bem com óleos finos facilmente absorvíveis como o de jojoba, rosa mosqueta, e de amêndoas doces. Ele é conhecido por ter um efeito revigorante e agir sobre o ânimo e pode ajudar a melhorar o humor e aliviar os sintomas de depressão.

Como tomar o óleo de borragem

O óleo de borragem pode ser ingerido ou aplicado topicamente. Normalmente ele é tomado por via oral para ajudar nas atividades de reparação celular e manutenção da saúde dos órgãos internos.

Externamente, seus efeitos de cura são sentidos mais especificamente sobre a área onde é aplicado, mas ainda pode ser absorvido profundamente pela pele e chegar à corrente sanguínea.

O ideal é evitar o aquecimento do óleo de borragem, uma vez que o calor pode quebrar os ácidos graxos e diminuir os efeitos dos seus compostos benéficos. Armazene o óleo em lugar fresco ou na geladeira depois de aberto para manter sua potencialidade.

É importante tomar o óleo de borragem com comida para aumentar a absorção do ômega 6 e minimizar eventuais efeitos colaterais. E lembre-se de procurar um produto de boa qualidade que garanta um processo de fabricação seguro.

Dosagem

O óleo de borragem é seguro desde que seja ingerido na dose correta. O ideal é tomar de 1.000 a 1.300 mg de óleo de borragem por dia, o que garante de 240 a 300 mg de GLA.

Alguns exemplos de dosagens recomendadas por nutricionistas:

  1. Para a artrite reumatoide: Recomenda-se de 1 a 1,4 gramas diárias de óleo de semente de borragem por até 24 semanas;
  2. Para sintomas como cólicas, sensibilidade mamária, retenção de água e irritabilidade: Tomar de 2 a 4 g de óleo de borragem diariamente até melhorarem os sintomas;
  3. Para artrite, rigidez matinal, dores articulares e inflamação: Tomar entre 6 a 11 g de óleo de borragem.

Ann Louise Gittleman, uma das nutricionistas mais renomadas nos Estados Unidos, recomenda que em todos os casos a ingestão de GLA deve ocorrer em longo prazo para atingir o máximo de benefícios. Ela cita que muitos pacientes com artrite relatam que suas articulações melhoraram depois de seis semanas de suplementação, e continuaram a melhorar de acordo com que prolongaram a suplementação. 

Cuidados ao adquirir o óleo de borragem

Ao comprar o óleo de borragem é indicado que você conheça o fabricante e opte por produtos certificados para garantir que ele esteja livre de alcaloide pirrolizidínico, uma toxina cancerígena cuja exposição, mesmo que em pequena quantidade, pode causar doenças graves ao fígado.

As folhas e caules da planta de borragem produzem alcaloide pirrolizidínico naturalmente, e por isso, certifique-se da procedência do óleo que você irá adquirir. O tipo de extração mais segura é quando as sementes são prensadas a frio para extrair o óleo.

Possíveis efeitos colaterais

Embora seja considerado seguro, tanto para uso interno quanto tópico, há alguns efeitos colaterais já relatados associados com a ingestão do óleo de borragem. Os mais comuns foram náusea, dores de estômago, prisão de ventre ou diarreia. Mais raramente foram relatadas erupções cutâneas, arrotos e flatulência.

As mulheres grávidas não devem usar óleo de borragem devido ao seu potencial para induzir o parto. O óleo de borragem também tem a capacidade de agir como um afinador do sangue e por isso não é adequado para quem toma medicamentos como a aspirina ou varfarina. Além disso, se você já teve convulsões no passado, converse com o seu médico antes de iniciar o uso do óleo de borragem, uma vez que ele pode interagir com medicamentos anticonvulsivos.

Consuma somente o óleo fresco, dentro do prazo de validade e mantenha-o hermeticamente fechado e longe do calor. O GLA é um ácido graxo poli-insaturado e propenso a danos oxidativos.

Você tem curiosidade de experimentar a suplementação com óleo de borragem? Para qual finalidade seria? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (71 votos, média: 3,75 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

22 comentários

  1. estou na menopausa e tenho muito calor e vi a reportagem na rede vida e uma endocrinologista falou sobre este oleo, e sera que as capsulas fazem o mesmo efeito obrigada mara

    • Aldejane Pinheiro de Viveiros Fonseca

      estou na menopausa e tomo remédio químico receitado pelo meu ginecologista SUPRELY.mas eu ñ vi resultado excelente, preciso de ajuda soube desse óleo de Borragem no laboratório aqui em minha cidade onde manipulo medicamentos com receituário ai conheci o óleo.

  2. Ola gente! Estou tomando um suplemento, que contem, óleo de borragem, óleo de linhaça, e ômega 3. Eu tomo 1000 mg por dia, estou sentindo mudança no meu organismo, um desconforto estomacal, e diarreia, mas nada tão forte, e um poco de náuseas. Quero saber se eu devo continuar tomando?

  3. Quero tomar pr menopausa aqui na minha cidade achei em capusula e cm óleo de linhaça comprei na farmácia de manipulação

  4. quero usar pra menopausa mas tenho intolerancia a capsulas ate as gelatinosas o que devo fazer

  5. Comecei a tomar o olé de borragem 500mg dia 31/032017.Estou tomando para ajudar perda de peso e pele.Daqui um mês volto pra falar do resultado.

  6. Ouvi falar que o óleo de borragem controla um tipo de hormônio que é responsável pela queda excessivo de cabelo. Já tentei de tudo, queria experimentar o óleo de borragem pra saber se funciona

  7. Sandra Denice Campos

    Pretendo tomar o Óleo de Borragem para sintomas da menopausa. pq já experimentei muitas coisas q não funcionaram.

  8. Estou tomando um suplemento composto por ômega 3,6 e 9 linhaça e borragem. Os sintomas da menopausa, principalmente os calores estão desaparecendo.

  9. Eu tenho muitas sensibilidade nos seios doem muito e os sintomas da TPM Tam em sã o bem fortes eu retirei meu útero faz um ano mais tenho ainda os sintomas da TPM deve ser porque eles não retirará. Os ovários se puder me mandar resposta para ver se eu posso tomar agradeço dês de já. Um abraço

    • Bom dia, tbm sentia muita dor nos seios e todos outros sintomas antes da menstruação e toda esta dor foi embora depois que comecei tomar por algum tempo o magnésio quelado cm vitamina B6 ( peço p manipular). Fale cm sua ginecologista!
      Att

  10. Sou Propagandista do Laboratório Hebron e temos o Gamax que contém ácidos graxos essenciais dentre eles o GLA. Diante de tantas perguntas o ideal é serem consultadas por seus ginecologistas, mastologistas ou endocrinologistas, para fazerem um tratamento correto e eficaz.

  11. rosane do socorro rodrigues wanzeler

    estou tomando o óleo por prescrição medica foi diagnosticada com alguns nódulos nos seios porém lendo o artigo não encontrei nada que informasse sobre a ação dese oleo para tumores gostaria de saber se tem ou não alguma ação benfica

  12. Eu tomo ele cápsulas, e me foi prescrito pelo meu ginecologista, para eu tenho uma displasia mamária seríssima. Nada resolvia… Eu comecei tomar até desacreditada, para no primeiro mês Vc não vê resultado, mas depois com uso contínuo veio a paz. Super recomendo. Uso já a 1 ano.

  13. Gente, esse óleo funciona para menopausa ou não??

  14. O médico matologista prescreveu por causa de alguns cistos das mamas terem inflamados e ficarem mt doloridos e muito inchados. Agora inflamou novamente na espessura de uma laranja. Muito grande. Queima e esta bem dolorido. Vou comprar novamente.

  15. para os desconfortos da menopausa e cisto no joelho

  16. Tenho melasma minha dermatologia receitou será que ajuda não encontrei o olho para passar na pele

  17. ADRIANA FERREIRA DOS SANTOS MOSTARDA

    Eu estou tomando 1.000 mg por dia mas estou tendo diarreia e normal? devo parar?

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*