Pepino Faz Mal? Com Ovo? Com Leite? Mito ou Verdade?

Especialista:
atualizado em 26/12/2019

Presente em receitas de máscara para a pele, o pepino é um alimento que pode aparecer ainda em receitas de saladas e possui nutrientes importantes para o nosso organismo funcionar corretamente como fibras, potássio, fósforo, magnésio, cálcio, vitamina A, vitamina B9 (folato), vitamina C e vitamina K.

O pepino já foi associado a benefícios para a saúde como o fornecimento de antioxidantes e o auxílio ao aumento da hidratação, à regularidade dos movimentos intestinais e à prevenção da prisão de ventre.

Mas será que o pepino faz mal?

Então será que mesmo com todos esses nutrientes e benefícios atribuídos ao alimento, existe algum caso em que o pepino faz mal? Ou isso não passa de mito?

Segundo a mestra em biologia molecular e celular Sylvie Tremblay, o consumo de pepino pode provocar a síndrome da alergia oral em algumas pessoas.

A condição é desenvolvida quando o organismo confunde um alimento com um alergênico (substância que provoca a alergia) e desencadeia uma resposta alérgica, o que pode trazer inchaço nos lábios e na língua e irritação nos olhos e do tecido gengival, explicou Tremblay.

De acordo com a mestra em biologia molecular e celular, o Children’s Hospital da Filadélfia, nos Estados Unidos, informou que o pepino pode provocar os sintomas da alergia em pessoas que têm alergias à tasneira.

“O hospital explica que cozinhar frequentemente diminui as chances dos efeitos colaterais porque o processo de cozimento altera as proteínas do pepino o suficiente para prevenir uma reação alérgica”, acrescentou Tremblay.

Indigestão

Conforme informações, o pepino é um alimento que pode ser indigesto para muitas pessoas.

Entretanto, encontramos uma sugestão de truque para evitar o problema: não descascar o alimento. Isso não apenas evita a má digestão como também neutraliza a acidez estomacal.

Pepino com ovo faz mal?

Não encontramos informações confiáveis de pesquisas, órgãos de saúde, instituições acadêmicas ou fala de especialistas que baseiem a afirmação de que pepino com ovo faz mal.

Logo, se o pepino ou o ovo não estiver estragado ou se a pessoa não tiver alergias, intolerâncias ou sensibilidades a um dos alimentos, não temos base para afirmar que a combinação faz mal.

De qualquer forma, caso você passe mal ao comer pepino com ovo, procure rapidamente a ajuda do médico para receber o tratamento necessário e pergunte a ele se foi realmente a combinação dos dois alimentos o que provocou o problema.

Pepino com leite faz mal?

Também não foram encontradas informações seguras de estudos, órgãos de saúde, instituições acadêmicas ou explicações de especialistas que possam apoiar essa ideia de que pepino com leite faz mal.

Entretanto, se a pessoa que sofre com alergia, intolerância ou sensibilidade a um dos alimentos consumir a combinação ou eles estiverem estragados, é possível que ela experimente efeitos indesejáveis.

Assim, se você passar mal ao ingerir pepino com leite, procure a ajuda do médico para saber o que pode ter originado o problema e receber o tratamento apropriado.

Pepino faz mal para o fígado?

Mais uma vez, também não foram encontradas informações confiáveis de pesquisas, órgãos de saúde, instituições acadêmicas ou especialistas que indicam que o pepino faz mal para o fígado.

No entanto, se você já foi diagnosticado com algum problema no fígado, deve conversar com o seu médico para saber como deve funcionar a sua alimentação de modo a não prejudicar o tratamento da condição e não ter dúvidas em relação a quais comidas (incluindo o pepino) e bebidas podem e quais não podem fazer parte das suas refeições.

Pepino faz mal para gastrite?

Não existem pesquisas avaliadas por pares a respeito dos efeitos que o pepino pode ter em relação à gastrite. Por isso, recomendamos conversar com o médico a respeito da inclusão do alimento na dieta para gastrite.

Ainda segundo o médico em doenças internas (internista) John McDougall, os pepinos irritam o estômago (órgão atingido pela gastrite), ainda que o alimento não inflame o estômago de todas as pessoas.

Para as pessoas que têm o seu estômago perturbado pelo consumo do pepino, o médico recomenda evitar comer o alimento. Ressaltamos que não existem evidências clínicas de que o pepino seja capaz de provocar a gastrite.

Por sua vez, o proponente da medicina natural e membro da Associação dos Médicos e Cirurgiões Americanos Jeff Warber acredita que o pepino pode fazer parte de uma dieta para a gastrite.

Entretanto, encontramos afirmações de que não existem estudos que comprovem que os pepinos podem ajudar a aliviar a gastrite.

Já de acordo com uma matéria de 2018, os pepinos podem ser indigestos para muitas pessoas, por isso eles apareceram em uma lista da publicação que mostrava os alimentos que pioram a gastrite.

Para evitar o problema de indigestão do pepino e neutralizar o problema da acidez estomacal, recomendamos não descascar o alimento.

A gastrite é uma inflamação da parede do estômago, que acontece quando a acidez aumenta ao ponto de começar a agredir o órgão. A condição pode estar relacionada ainda a uma bactéria chamada de Helicobacter pylorii, que estimula a produção de ácido.

O pepino entra na lista de alimentos muito ácidos, que apresentam um pH menor do que 4 (e podem contribuir com essa acidez). De acordo com o que encontramos, frutas e bebidas ácidas devem ser evitadas pelo paciente com gastrite, que também deve deixar de lado alimentos em conversa como o picles e o pepino.

Pepino à noite faz mal?

O pepino à noite – ou em qualquer hora do dia – pode ser prejudicial para as pessoas que sofrem com alguma condição que inviabiliza o consumo do alimento ou que é prejudicada pela sua ingestão.

Para quem não tem essa restrição, o pepino é um dos alimentos que podem ser consumidos depois das 20h.

Depois desse horário, recomenda-se consumir somente proteínas como carne magras e ovos, saladas e alimentos que relaxam o corpo como o pepino.

Se você comer pepino no período noturno e passar mal, procure o auxílio médico para saber o que pode ter originado o problema e se a reação não é fruto de uma doença que você tem, porém não sabe.

Atenção: este artigo tem apenas a função de informar, portanto, jamais pode substituir a orientação de um médico ou nutricionista. Se você tem dúvidas a respeito de quais alimentos podem fazer mal e se o próprio pepino faz mal para a sua saúde, deve consultar um médico e/ou nutricionista.

Você já tinha ouvido falar que o pepino faz mal em determinada circunstância? Costuma comer pepino de que formas e com que frequência na dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário