Vitamina P

Rutina – O Que é, Para Que Serve, Efeitos Colaterais, Fontes e Dicas

Nas últimas décadas, diversas pesquisas foram realizadas para identificar substâncias naturais que estivessem presentes nas plantas e que pudessem ser utilizadas na indústria farmacêutica em função das inúmeras propriedades presentes. Muitas civilizações já utilizavam os produtos naturais com o objetivo de curar e também tratar doenças.

Atualmente, aproximadamente 60% dos agentes antibióticos e antitumorais disponíveis no mercado são feitos com substâncias de origem vegetal, mostrando, assim, o potencial que estes produtos possuem e suas inúmeras aplicações. A rutina, por exemplo, é considerada uma destas substâncias bioativas, apresentando inúmeras aplicações.

Vamos conhecer o que é a rutina, saber para que serve esta substância e aprender mais sobre seus benefícios e possíveis efeitos colaterais.

O que são as substâncias bioativas? 

Os compostos bioativos são substâncias presentes em verduras, legumes e frutas que podem contribuir para o bom funcionamento do organismo e para aumentar o bem-estar físico e mental. Estas substâncias também auxiliam no combate e no tratamento de diversas doenças.

Os polifenóis estão entre as substâncias bioativas mais estudadas e conhecidas. Elas estão presentes em frutas como a maçã, a cereja, a amora, a uva, em verduras e legumes como os brócolis, a couve-flor, a cebola, a beterraba, e também em oleaginosas como as amêndoas e as nozes.

Os alimentos contendo substâncias bioativas são chamados de alimentos funcionais. Estes alimentos contêm propriedades nutricionais básicas e, além disso, eles trazem benefícios específicos para a saúde. Muitos deles são capazes de regular a pressão arterial, evitar o envelhecimento precoce e ajudar na prevenção de doenças como a diabetes, o câncer, a osteoporose, entre outras. 

O que é a rutina?

Diversos estudos sobre as substâncias presentes nas plantas vêm sendo realizados ao longo das últimas décadas. Em 1930, após uma pesquisa realizada com as laranjas, uma nova substância foi identificada e isolada desta fruta, sendo, posteriormente, classificada como um flavonoide e chamada, inicialmente, de vitamina P, e posteriormente, de rutina.

Os chamados flavonoides são compostos bioativos que fazem parte do grupo dos polifenóis. Estas substâncias são amplamente encontradas em frutas, hortaliças, legumes, no café, nos chás, no vinho, no cacau, nas nozes, entre muitos outros alimentos. Os flavonoides ajudam a proteger as plantas contra os danos oxidativos e também promovem a pigmentação de alguns alimentos das cores violeta, azul avermelhado e azul.

Os flavonoides estão entre os mais importantes grupos encontrados no reino vegetal e estes possuem alto poder antioxidante, ajudando no combate dos radicais livres e protegendo os tecidos contra a ação do oxigênio. Este grupo de substâncias é dividido em diversos outros grupos menores, entre eles as flavonas, as antocianinas, as catequinas, os flavonóis, as isoflavonas, as flavononas, as chalconas, entre outras.

A rutina é encontrada em diversas fontes de alimentos, como a cebola, a uva, as maçãs, as bebidas como o vinho tinto e o chá preto, nas cascas de frutas cítricas, nos brócolis, alface, alguns tipos de trigo, entre eles o trigo mourisco e o trigo sarraceno, alguns tipos de feijão, os tomates, entre outras fontes.

Atualmente, esta substância pode ser encontrada e vendida como suplemento alimentar em diversas lojas especializadas.

Para que serve a rutina?

Existem diversas aplicações na indústria para os flavonoides. Eles são bastante utilizados como corantes, aromatizantes e flavolizantes. Muitas pesquisas são realizadas sobre seus diversos benefícios e algumas delas demonstraram a possibilidade sobre as diversas aplicações farmacológicas para estas substâncias.

Os flavonoides podem atuar como antioxidantes, vasodilatadores, anti-inflamatórios, além de terem aplicações anticarcinogênicas e auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. Os estudos sobre a rutina mostraram que esta substância também tem aplicações terapêuticas, ajudando a melhorar os sintomas de insuficiência dos vasos linfáticos que estão associados às doenças hemorrágicas e à hipertensão.

A rutina é utilizada também para o tratamento de diferentes estados de hemorragia, além da excessiva fragilidade capilar como acontece nos casos de olheiras e varizes. Esta substância atua através da inibição da COMT (Catecol-Oxi-Metil-Transferase), permitindo, assim, um aumento da resistência vascular e efeito inibitório da elastase e da hialuronidase.

Estas substâncias, por sua vez, são componentes naturais presentes no tecido conjuntivo e quando estas enzimas são bloqueadas, há um aumento na resistência vascular. Outra propriedade da rutina e também de muitos outros flavonoides é que esta aumenta a absorção da vitamina C, ajudando a proteger os capilares, podendo-se utilizar esta vitamina em conjunto com a rutina.

Assim como os diversos tipos de flavonoides, a rutina apresenta propriedades antioxidantes, ajudando a bloquear a ação dos radicais livres, antibacterianas e antitrombóticas (que previnem a trombose). Ela ainda ajuda na prevenção dos diversos tipos de câncer, possui ação anti-inflamatória, e também apresenta propriedades vasoprotetoras.

Veja, a seguir, alguns dos benefícios da rutina:

1. Ajuda a emagrecer

Diversas pesquisas também mostraram que a rutina emagrece e que isto acontece em função das suas propriedades anti-inflamatórias. Os flavonoides ajudam a reduzir a inflamação no organismo e, desta forma, estimulam a diminuição dos níveis do hormônio leptina, que é responsável por aumentar o apetite.

A alta produção de leptina pelo organismo está associada ao excesso de peso e à obesidade. Portanto, a rutina emagrece e estimula a redução dos níveis de leptina no corpo.

2. Melhora o sistema circulatório

Estudos mostraram que este flavonoide ajuda a fortalecer e também aumentar a flexibilidade dos vasos sanguíneos, entre eles as artérias e os capilares. Com a melhoria do sistema circulatório, o organismo passa a se beneficiar de inúmeras outras funções, ajudando também a prevenir muitos problemas de saúde, como as varizes, as hemorroidas, entre muitas outras.

3. Previne a formação de coágulos

Alguns estudos mostraram que este flavonoide ajuda a prevenir a formação dos coágulos sanguíneos e, desta forma, estimula a prevenção de diversos problemas de saúde, como as embolias pulmonares, os ataques cardíacos, o acidente vascular, os problemas de trombose, entre muitos outros.

4. Ajuda a reduzir o colesterol

Diversas pesquisas mostraram evidências de que esta substância tem a capacidade de reduzir as taxas do colesterol ruim (LDL) no sangue. Acredita-se que estes resultados estejam associados às propriedades antioxidantes da rutina.

5. Reduz as dores causadas pela artrite

Alguns estudos mostraram que esta substância auxilia na redução das dores causadas pela artrite, estimulando o bloqueio do estresse oxidativo que ocorre em pacientes com esta doença. Acredita-se que estes resultados estejam associados às propriedades anti-inflamatórias e também antioxidantes da rutina.

Cuidados com o uso e possíveis efeitos colaterais

Quando a rutina é utilizada nas quantidades encontradas nas frutas e legumes, ela é considerada de uso seguro por via oral. No entanto, caso esta seja utilizada em doses acima do que é encontrada naturalmente com o uso de suplementos alimentares, ela pode apresentar efeitos colaterais. Entre os possíveis sintomas estão as dores de cabeça, dores de estômago, rubor, erupções cutâneas, visão embaçada, nervosismo, alterações nos batimentos cardíacos, rigidez muscular, entre outros.

Caso você tenha algum destes sintomas, procure imediatamente o atendimento e a orientação de um médico. Vale lembrar que o uso de qualquer substância ou suplemento deve sempre ser realizado somente com o acompanhamento médico e que mulheres grávidas, em período de amamentação ou pessoas que tenham algum histórico de doenças não devem fazer uso desta substância.

Conclusão

A rutina é uma substância bioativa presente em frutas e legumes, contendo inúmeros benefícios para a saúde, ajudando a emagrecer, a reduzir o colesterol ruim, a melhorar o sistema circulatório, entre muitas outras funções. O uso de suplementos à base desta substância deve ser sempre acompanhado por um profissional, pois este pode gerar alguns efeitos colaterais.

Referencias adicionais:

Você já tinha ouvido falar da rutina e seus benefícios para a nossa saúde? Consome fontes alimentares dessa substância suficientes em sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*