Salsaparrilha: O Que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais

Especialista:
atualizado em 12/12/2019

As espécies de smilax, comumente chamadas de salsaparrilha, são videiras nativas da América Central. As raízes da videira salsaparrilha são usadas ​​como aromatizante natural para alimentos e bebidas, e também têm sido usadas ​​medicinalmente há centenas de anos. O sabor picante da raiz de salsaparrilha já foi usado para aromatizar refrigerantes famosos nos Estados Unidos.

O chá de salsaparrilha é usado herbalistas de todo o mundo por causa de suas propriedades anti-inflamatória, antioxidante, como purificador do sangue, para tratar impotência sexual, sífilis, gota, artrite, inflamações das articulações e doenças da pele como hanseníase e psoríase, especialmente quando acompanhada de irritação.

Estudos científicos já realizados mostraram que a salsaparrilha tem compostos isolados responsáveis ​​por suas propriedades medicinais. Acompanhe alguns detalhes dessa erva, quais os seus benefícios, para que serve o seu uso e possíveis efeitos colaterais.

O que é a Salsaparrilha

Há diversas espécies de smilax e elas são genericamente conhecidas como salsaparrilha. São plantas do tipo trepadeiras, que crescem até 50 metros de comprimento. Suas flores são pequenas e seus frutos podem ser pretos, azuis ou vermelhos e servem de comida para aves.

As diferentes espécies de smilax são naturais da América do Sul, Jamaica, Caribe, México, Honduras, e das Índias Ocidentais.

As ramas da salsaparrilha são cobertas com espinhos e cultivadas para formar cercas vivas. A raiz é a parte da planta usada para fins medicinais. Ela é longa e não tem cheiro e nem gosto.

A composição da salsaparrilha

A salsaparrilha contém nutriente como vitaminas A, C e D. Ferro, vitaminas do complexo B e minerais como manganês, sódio, silício, enxofre, cobre, zinco e iodo.

A raiz das espécies de smilax contém saponinas. Substâncias que trabalham desativando componentes tóxicos bacterianos chamados endotoxinas. As endotoxinas estão presentes na corrente sanguínea de pessoas com doenças imunológicas como a psoríase e artrite reumatoide.

Por muitos anos pensou-se que a salsaparrilha contivesse testosterona, mas ainda não foi encontrada qualquer planta estudada até agora que a contenha.

A salsaparrilha é anabólica?

Uma pesquisa recente revisou compostos presentes na salsaparrilha, assim como os presentes em outros mais de 600 suplementos de musculação que se propõem a “melhorar o desempenho”, sugerindo efeito anabolizante. O resultado do estudo, no entanto, determinou que não havia nenhuma pesquisa para validar esta característica nos suplementos estudados.

A Salsaparrilha contém esteroides vegetais, porém os esteroides vegetais encontrados em muitas espécies de plantas podem ser sintetizados em esteroides humanos, como o estrogênio e a testosterona apenas em laboratório, mas nunca foi documentado que esta síntese ocorra no corpo humano.

A Salsaparrilha já foi comercializada por empresas que sugeriam que ela contivesse testosterona e/ou outros esteroides anabolizantes, porém, embora seja uma fonte rica de esteroides vegetais naturais e saponinas, nunca foi provado que a planta possa ter efeitos anabolizantes e nem que ela contenha testosterona.

Para que serve a salsaparrilha?

O chá da raiz de salsaparrilha é utilizado há séculos pelos povos indígenas da América do Sul para a impotência sexual, reumatismo, doenças de pele, e como um tônico para a fraqueza física.

Tribos do Peru e Honduras o usam para dores de cabeça e nas articulações e contra o resfriado comum. Muitos xamãs e curandeiros na Amazônia usam o chá e também uma pasta feita com a raiz macerada para tratar a lepra e outros problemas de pele como psoríase e dermatites.

Ela também é usada como um auxiliar em processos de desintoxicação graças à sua capacidade para se ligar às toxinas no corpo e eliminá-las. E também pela sua capacidade em purificar o sangue.

Além disso, a salsaparrilha é um agente diurético e anti-inflamatório natural. Ela ajuda a baixar os níveis de açúcar no sangue e melhora as atividades do sistema nervoso, do fígado e dos rins.

No livro de medicina natural Nursing Herbal Remedies, os suplementos de salsaparrilha são apresentados como tônico para estimular o apetite, melhorar a digestão e aumentar a energia e a vitalidade. O livro ainda ressalta que graças às suas propriedades antimicrobianas a salsaparrilha também ajuda a prevenir e tratar as infecções causadas por microrganismos prejudiciais, tais como vírus e bactérias.

A espécie de smilax cultivada no México foi introduzida na medicina europeia nos anos 50, onde se desenvolveu como uma forte candidata para a cura da sífilis e do reumatismo. Desde então, raízes smilax têm tido uma longa história de uso para sífilis e outras doenças sexualmente transmissíveis em todo o mundo.

Benefícios diuréticos da salsaparrilha

A salsaparrilha tem qualidades diuréticas e pode ajudar a aliviar problemas médicos complicados por acúmulo de líquidos no organismo. De acordo com Michael Castleman, autor do livro The New Healing Herbs, a salsaparrilha contém compostos chamados saponinas que têm efeito diurético quando ingeridos. Segundo ele, tomar salsaparrilha pode efetivamente tratar a hipertensão arterial e a insuficiência cardíaca congestiva.

Devido á sua ação diurética, ela também pode fornecer alívio para as mulheres que retém líquidos no período pré-menstrual. Castleman salienta, porém, que tanto a salsaparrilha quanto outros diuréticos, só devem ser utilizados sob a supervisão de um profissional de saúde.

Benefícios para a saúde da pele

A salsaparrilha pode contribuir para a saúde geral da pele porque ajuda a protegê-la de danos causados por toxinas e também pode trata-la de condições características.

Jeanette Jacknin, em seu livro, Smart Medicine for Your Skin: A Comprehensive Guide to Understanding Conventional and Alternative Therapies to Heal Common Skin Problems, escreve que a salsaparrilha pode ser uma terapia botânica eficaz para a psoríase, assim como outras doenças da pele como acne, verrugas e até mesmo a hanseníase. Ela explica que os nutrientes da salsaparrilha ajudam a normalizar o metabolismo da gordura no organismo e diminuir a ligação de toxinas em células da pele. Ela alerta que é indispensável consultar um médico antes de usar ervas e remédios para tratar qualquer condição de pele.

Benefícios para a saúde sexual

A salsaparrilha tem sido utilizada para o tratamento de sífilis e outras doenças sexualmente transmissíveis em todo o mundo.

Além dos benefícios relacionados às doenças sexuais, a salsaparrilha também pode servir como um tratamento eficaz para questões da saúde sexual. No livro Homoeopathic Materia Medica of Graphical Drug Pictures, o autor Alfred Pulford explica que salsaparrilha pode ser usada para tratar a impotência em homens e a falta de disposição sexual nas mulheres. Pulford acrescenta que as substâncias esteroides da salsaparrilha podem ajudar a aumentar o desejo sexual em homens e mulheres.

A eficácia da salsaparrilha para tratamento de condições relacionadas à saúde sexual ainda não foi cientificamente comprovada, embora a medicina tradicional a use para esta finalidade desde a antiguidade.

Veja também: Tribulus Terrestris: Como Funciona, Efeitos colaterais e Como Tomar

Algumas condições para as quais a salsaparrilha é usada em diferentes partes do mundo:

– Argentina: Afrodisíaco, no combate ao reumatismo e para evitar odores e suor excessivo;

– Brasil: Para tratar anorexia, diminuição ou ausência de urina, artrite, cálculos renais, problemas digestivos, eczema, febre, gota, hipotonia, impotência, músculo, espinhas, psoríase, reumatismo, sífilis, úlcera, urticária e doenças venéreas. Ela ainda é usada como depurativo do sangue, afrodisíaco, diurético, purgativo e anti-sudorífico.

– China: Como, afrodisíaco, digestivo, diurético, intoxicação por mercúrio, reumatismo, artrite reumatoide, feridas na pele e estimulante. Os chineses também a usam para tratar sífilis, abscesso, artrite, cistite, diarreia, disenteria, enterite, febre, malária.

– Inglaterra: No tratamento da anorexia, câncer, disenteria, eczema, gota, impotência, infecções, inflamação, lepra, intoxicação por mercúrio, psoríase, reumatismo, artrite, sífilis e como antisséptico.

– México: Para tratar artrite, queimadura, câncer, diurético, eczema, febre, gonorreia, inflamação, lepra, nefrite, erupção cutânea, reumatismo e estimulante.

– Turquia: Usado como afrodisíaco, depurativo do sangue e diurético.

– Estados Unidos: Como anabolizante, depurativo, diurético e laxante. E também para tratar queimaduras, câncer, tosse, diabetes, febre, gonorreia, gota, urticária, hipertensão, impotência, infertilidade, inflamação renal, verrugas, feridas, entre outros.

Como a salsaparrilha é comercializada atualmente

A forma mais tradicional de apreciar a erva é tomando o chá da sua raiz seca, mas atualmente também já é vendido o extrato da raiz de salsaparrilha.

Esta planta está se tornando amplamente disponível em lojas de alimentos saudáveis a cada dia. Ela é vendida na forma de comprimidos, cápsulas, chás e tintura. Ela também é usada em combinação com outras ervas para ser usada como depurativo, tônico, desintoxicante e purificador do sangue, entre outros propósitos terapêuticos.

A salsaparrilha pode ser encontrada como ingrediente em vários remédios à base de plantas feitos para doenças de pele, aumento da libido, equilíbrio hormonal, e para desintoxicação. Também é usada comumente em preparações à base de plantas como um agente para aumentar a absorção de outros fitoquímicos no intestino. A maior parte das raízes de salsaparrilha comercializadas atualmente vem de projetos de cultivo no México, na América Latina e na China.

Dosagem indicada

A salsaparrilha é vendida na forma de raízes secas, extrato em pó, cápsulas e comprimidos.

Para fazer o chá, adicione uma ou duas colheres de chá de raízes secas picadas para cada xícara de água fervente. Deve-se tomar um copo de chá três vezes ao dia.

No caso das cápsulas e comprimidos, a dosagem típica é de 0,3 a dois gramas de raiz em pó por dia.

A salsaparrilha também está disponível na forma de extrato líquido, mas neste caso ele pode conter traços de álcool. A dosagem apropriada pode estar por volta de 2 a 3 colheres de chá de extrato líquido, a serem tomadas três vezes ao dia. É bastante relevante citar que em caso de dúvidas ou problemas crônicos, é recomendável procurar indicação médica.

Efeitos colaterais e precauções

Não há efeitos colaterais relacionados ao uso de salsaparrilha quando tomada em doses recomendadas, mas fisiologistas afirmam que a ingestão de doses elevadas pode causar irritação gastrointestinal.

Além disso, a salsaparrilha pode afetar a absorção de certas drogas e deve ser tomado separadamente de outros medicamentos e por orientação médica.

Não há pesquisas que atestem a segurança da ingestão ou mesmo do uso tópico de salsaparrilha na gravidez e durante a amamentação, portanto o melhor e não consumi-la nestas condições.

Para pessoas que têm asma, a exposição ao pó de raiz de salsaparrilha pode causar corrimento nasal e os sintomas da asma.

Por fim, para quem tem histórico de doenças renais, a salsaparrilha deve ser evitada, pois pode piorar os sintomas.

Você já tinha ouvido falar na salsaparrilha? Foi recomendado o seu uso para você? Para quais fins você tomaria? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (122 votos, média: 4,09 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

44 comentários em “Salsaparrilha: O Que é, Para Que Serve, Benefícios e Efeitos Colaterais”

  1. Cara eu amo salsaparilha! Como seus frutos, desde pequeno admiro essa planta e a utilizo a fruta e picante como a raiz e tem as mesmas propriedades alem de ser sedativa!

    • Salsaparrilha é vida. Moro numa cidade do interior de São Paulo e aqui a gente encontra facinho no meio das matas aki pertinho de casa. Tiramos do chão e já fazemos o chá. E realmente é mto boa msm. Tenho urticária, artrite e tem me ajudado de mais.

  2. Olá , a salsaparrilha vem sendo usada pela minha familha a gerações, para inúmeros fins , estou tomando em cápsulas manipuladadas para cálculo renal e por todos os benefícios que ela fornece .

  3. Boa noite
    Eu tomo salsaparrilha em gotas
    É essência de salsaparrilha com inhame
    Para artrite e artrose
    Tomava o chá mais acho mais difícil de eu me lembrar de fazer as gotas tomo 20 gotas em jejum
    Não fico inchada e com dor
    Graças a Deus descobri esse medicamento
    Mais creio que médico sem ser médico homeopata não vai receitar
    E uma consulta com especialistas sabe que está muito cara
    Tomo sem exagero
    E não me faz mal
    Da muita disposição
    Tomo por uns 30 dias
    Dou uma parada e volto a tomar

    • 9Boa tarde eu tenho liquen simples crônico serar que eu posso tomar salsaparrilha eu não vejo a hora de se livrar dessa maldita doença..

      • Meus filhos tinha muita espinha na adolescência tornou a raiz da salsaparrilha no vinho branco a pele ficou maravilhosa espinha nunca mais

  4. Sim foi recomendado para tomar como chá para cura de infecção urinária forte. Tomei e o resultado foi positivo acabou.