HIIT na bicicleta

Uma Simples Sessão de HIIT Pode Frear o Crescimento de Células Cancerígenas

A prática regular de atividade física e a longo prazo tem sido associada à redução do risco de vários tipos de câncer. Isso porque o exercício reduz a inflamação, melhora a função do sistema imunológico e reduz os níveis de certos hormônios relacionados ao desenvolvimento do câncer.

Mas você não precisa de anos e anos de esforços físicos para obter benefícios no combate ao câncer: um novo estudo publicado no Journal of Physiology sugere que até mesmo uma única sessão de HIIT (o exercício intervalado de alta intensidade) pode retardar significativamente o crescimento das células cancerígenas do cólon.

Os pesquisadores recrutaram sobreviventes masculinos de câncer colorretal e fizeram com que eles completassem uma sessão de HIIT ou fizessem treinamento HIIT regularmente. O grupo de uma sessão única fez um aquecimento de 10 minutos antes de quatro rodadas de ciclismo, cada uma durando quatro minutos, com três minutos de recuperação entre elas. O grupo do treinamento regular fez este padrão três vezes por semana durante um mês.

Imediatamente antes e depois de cada sessão de exercícios, os pesquisadores coletaram amostras de sangue. Eles substituíram o soro – o que resta quando as células vermelhas do sangue são removidas – das células cancerosas cultivadas em laboratório com o soro dos participantes para ver como o exercício afetava o crescimento das células.

Este soro coletado antes do exercício não reduziu o crescimento de células do câncer de cólon, mas o soro que foi coletado após a única sessão de HIIT freou o crescimento das células cancerígenas imediatamente, sugerindo que o HIIT pode mudar o ambiente das células, então é menos provável que elas cresçam descontroladamente.

O soro coletado do grupo de treinamento regular não mostrou diferenças significativas, significando que eles não tinham mais poder de parar o câncer em comparação ao grupo da sessão única de HIIT.

Os pesquisadores descobriram que houve elevações em alguns marcadores inflamatórios, conhecidos como citocinas, imediatamente após o exercício, e levantaram a hipótese de que foi isso que desempenhou o maior papel na redução do crescimento celular, de acordo com o pesquisador James Devin, fisiologista do exercício da Universidade de Queensland.

“Durante o exercício, o músculo torna-se uma fonte primária de liberação de marcadores inflamatórios de citocinas, conhecidos como miocinas”, disse ele à Runner’s World. “Sabemos que o exercício de intensidade mais alta promove uma resposta muito maior de miocinas em comparação com exercícios de intensidade moderada”.

Embora o estudo recente tenha envolvido apenas sobreviventes de câncer de cólon, Devin disse que a redução no crescimento de células cancerosas provavelmente não é específica apenas para aqueles que já tiveram câncer antes. Ele observou que outras pesquisas utilizando técnicas semelhantes e soros de indivíduos saudáveis encontraram reduções no crescimento de células de câncer de próstata.

Você já praticou HIIT alguma vez? O que acha dessa prática de treino? Pretende fazer, mesmo que não tenha células cancerígenas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*