10 Tipos de Acelerador de Metabolismo Natural

🕐 5/06/2019

Antes de passarmos a lista de tipos de alimentos e suplementos naturais que são aceleradores de metabolismo, é bom relembrar o que é exatamente o metabolismo. Entende-se por metabolismo, genericamente falando, o grupo de reações fisiológicas que são responsáveis por criar (anabolismo) e liberar (catabolismo) a energia que precisamos para viver. O metabolismo pode ser influenciado pela própria formação genética de cada um; há pessoas que possuem metabolismo mais rápido, outras não.

Para quem pratica atividades físicas e se mexe mais durante o dia, o corpo vai ter um gasto calórico maior, fazendo o processo de metabolismo ser muito mais rápido do que de pessoas sedentárias. Porém, existem certos alimentos que podem atuar como um acelerador de metabolismo natural, e assim auxiliar pessoas que desejam de perder peso somente através de mudanças na alimentação.

O que é um acelerador de metabolismo natural?

Um acelerador de metabolismo natural pode ajudar o nosso organismo a queimar mais gordura e aumentar o gasto de calorias. Aqui, dividimos em dez os tipos de acelerador de metabolismo natural:

1. Alimentos termogênicos

Os chamados alimentos termogênicos são largamente recomendados para os praticantes de exercícios físicos e são muito encontrados em suplementos para atletas, pois eles potencializam o gasto de calorias.

Eles são chamados de termogênicos pois auxiliam no aumento da temperatura corporal, auxiliando, assim, a queima de gordura. Entre eles estão o chá verde, o chá de hibisco, o limão e a cafeína (além de presente no café, pode ser encontrada no guaraná em pó, também). Como os três podem ser ingeridos na forma líquida, recomenda-se já começar o dia tomando uma xícara de chá verde ou café ou água com limão espremido.

Outros alimentos deste grupo são o gengibre, a canela e os ricos em ômega 3, como o salmão. A pimenta, além de muito benéfica para a saúde, talvez seja o alimento cujo efeito termogênico seja mais popular, pois ao ingerirmos uma quantidade relativa de pimenta, podemos rapidamente sentir o calor se espalhando pelo nosso corpo.

A água gelada também funciona como um acelerador de metabolismo natural, mas ao contrário dos termogênicos, ela deixa a temperatura corporal mais fria, fazendo o organismo gastar mais energia para manter a temperatura normal.

2. Alimentos de digestão lenta

Um outro grupo semelhante são o de alimentos que dão a sensação de estarmos satisfeitos e saciados por mais tempo; eles são os mais encontrados nos cardápios de dietas e reeducação alimentar, e são eles: frutas, grãos integrais (como aveia, linhaça dourada, chia), couve, espinafre, agrião, rúcula, acelga, brócolis, batata doce, repolho, cenoura, tomate, abóbora, pepino, feijão, laranja e abacaxi.

3. Alimentos que auxiliam na formação de massa muscular

Uma outra forma de aumentar o metabolismo é ingerir alimentos que não gerem gordura, e sim massa muscular, pois quanto mais músculos temos, mais rápido e em maior quantidade ocorre o gasto calórico. Um dos tipos de alimentos mais conhecidos são as proteínas magras, como o peixe, frango, ricota, queijo tipo cottage, ovo, soja e derivados do leite.

Um suplemento que está neste grupo e pode ser usado como acelerador de metabolismo natural é o óleo de cártamo, pois ele auxilia no aumento e crescimento dos músculos, e ainda estimula a queima de gordura ruim e reduz o nível de colesterol.

4. Alimentos que possuem gordura saudável

Quando falamos em gordura, às vezes, ligamos o nome à gordura saturada, como as usadas em frituras; porém, há gorduras boas e saudáveis, que são muito importantes para o nosso metabolismo, pois uma de suas funções é diminuir a velocidade da digestão do carboidrato.

Entre elas estão as contidas em alimentos como as chamadas oleaginosas (castanha-do-pará, castanha de caju, amêndoa, amendoim, nozes e o pistache), azeite de oliva extra-virgem, abacate, gergelim, semente de abóbora e de girassol.

5. Alimentos antioxidantes

A oxidação é um processo químico em que elétrons são retirados de alguma substância através de uma reação química. No nosso corpo, pode haver momentos em que há estresse provindo da oxidação, por exemplo quando ficamos doentes ou depois de algum tipo de exercício físico.

O produto gerado no processo de oxidação se chama radical livre, e, quando há o aumento de radicais livres no corpo, eles podem destruir células importantes e inibir o crescimento de músculos, levando até mesmo a casos de doenças graves.

Então, alimentos oxidantes como as frutas vermelhas e o brócolis são importantes para o nosso metabolismo e podem ajudar a manter todo o processo mais saudável. Frutas secas também são oxidantes e, além disso, possuem carboidratos bons e uma boa quantidade de vitaminas e sais minerais.

Suplementos

Caso o consumo de alguns dos alimentos citados acima não forem possíveis, existem no mercado suplementos que possuem a função de acelerador de metabolismo. Aqui separamos cinco deles:

6. Vitamina B

A família da vitamina B, como por exemplo B2, B6 e B12, são elementos muito importantes para o nosso metabolismo. Elas podem ser encontradas em alimentos como o ovo, espinafre e feijão. Caso haja uma deficiência destas vitaminas no organismo, o corpo pode metabolizar e produzir energia com menos eficiência.

7. L-carnitina

Este suplemento pode ser tomado antes da atividade física, e ele auxilia a usar a gordura presente no corpo como fonte de energia, e ainda promove o aumento do colesterol bom, o chamado HDL.

8. CLA

O ácido linoleico conjugado (CLA, sigla do nome da substância em inglês) é uma gordura saudável encontrada em carnes, ovos e derivados do leite. Ele é um acelerador de metabolismo natural porque ajuda a queimar mais gordura e a produzir mais músculos. Não necessariamente os suplementos de CLA são usados para perder peso, pois o peso da perda de gordura pode ser compensada pelo ganho da massa muscular.

9. Zinco

O zinco é um mineral encontrado em ostras e carne vermelha. Ele pode ser encontrado, também, em menores quantidades em alguns grãos e no gergelim.

A quantidade de ingestão de zinco diária recomendada não é muito grande, mas este mineral é muito necessário para o bom funcionamento do nosso organismo, pois a tireoide precisa de zinco para produzir o seu hormônio, cuja função é a de ajudar a controlar o metabolismo. Por isso, caso você tenha deficiência de zinco e queira aumentar o seu metabolismo, talvez seria necessário usar um suplemento dele.

10. Selênio

Este mineral pode ser encontrado, naturalmente, em peixes como o atum, no camarão, na carne de peru, em cogumelos, em sementes de girassol, na castanha do Pará e em grãos integrais. O selênio também está ligado à tireoide e ajuda a mantê-la saudável e produzir os hormônios que auxiliam no metabolismo.

Dicas finais

Aqui vai algumas dicas finais para ajudar ainda mais a acelerar o seu metabolismo, além da ingestão dos alimentos e suplementos citados anteriormente:

  1. Como sempre, beber muita água, pois ela auxilia no transporte de oxigênio para os músculos;
  2. Não pular o café da manhã e não ficar sem comer por mais de três horas;
  3. Iniciar as refeições por verduras e legumes, pois eles ajudam a criar a sensação de estarmos saciados mais rapidamente (como foi dito no item 02);
  4. Praticar atividades físicas com regularidade;
  5. Dormir em horários regulares e em quantidade adequada.

Sobre alimentos Inibidores de apetite

Embora não sejam exatamente um tipo de acelerador de metabolismo natural, porque não agem diretamente no metabolismo, eles podem influenciar na forma como seu corpo trabalha para lidar com as calorias ingeridas.

Os inibidores de apetite são alimentos que geram um sentimento de saciedade mais rápido, sem precisar ingerir muito mais alimento do que o nosso corpo pede, principalmente os alimentos que possuem propriedades que engordem mais. Sua função pode ser melhor aproveitada se esses alimentos forem ingeridos 5 minutos antes da refeição ou, pelo menos, serem os primeiros a serem ingeridos.

Alguns desses alimentos são: a maçã, a pera, whey protein, água em temperatura ambiente e saladas de folhas verdes. Outros alimentos como o abacate, nozes, amêndoas, castanhas de caju e do Pará, chocolate amargo e o tofu são também inibidores de apetite, porém recomenda-se comer em menores quantidades, pois eles também contêm óleo.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Você já conhecia a maioria desses tipos de acelerador de metabolismo natural? Qual deles você utiliza frequentemente em seu dia a dia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (15 votos, média: 4,73 de 5)
Loading...

Deixe um comentário