Café e chocolate

Lista de 20 Alimentos Que Contêm Cafeína

A cafeína (1,3,7-trimetilxantina) é um composto químico que pertence ao grupo das xantinas, e pode ser encontrada em mais de 60 tipos de plantas. O composto é constituído na forma de um pó branco, solúvel em água quente, não tem cheiro e o seu sabor é muito amargo. Dentro do grupo das xantinas, a cafeína é a que mais atua sobre o sistema nervoso central ativando e aumentando assim a energia e o metabolismo do organismo. Veremos aqui os efeitos da cafeína no organismo e quais são os principais alimentos que contêm cafeína para você ajustar sua dieta.

Quais os efeitos da cafeína?

Muito se fala sobre o efeito da cafeína no organismo, mas quais serão os reais efeitos? Não há nada inerentemente insalubre sobre o consumo de cafeína natural e culturas ao redor do mundo têm apreciado há séculos. Quando ingerimos alimentos que contêm cafeína eles são absorvidos pelo intestino delgado e em poucos minutos já está distribuído a todos os órgãos do corpo através da corrente sanguínea.

Os efeitos que podemos sentir em curto prazo são a aceleração dos batimentos cardíacos, o estímulo ao cérebro, aumento do fluxo urinário e a produção de ácidos digestivos. A cafeína relaxa os músculos que controlam os vasos sanguíneos e as vias respiratórias e causa a sensação de revigoramento, diminuindo, temporariamente, a fadiga e a sensação de torpor e sono.

Quando a cafeína é consumida regularmente, o organismo passa a desenvolver certa tolerância aos seus efeitos. Caso o consumo seja diário pelo indivíduo, seus efeitos serão menos perceptíveis ao compararmos a uma pessoa que não consome regulamente; este segundo indivíduo notará os efeitos claramente.

Pessoas acostumadas ao consumo de cafeína, quando ficam em abstinência do produto por um período razoável, podem ter como efeito dores de cabeça, irritação e outros sintomas cuja gravidade varia bastante. Pessoas com problemas cardíacos são aconselhadas a se absterem da cafeína, pois ela pode provocar palpitações e outras arritmias cardíacas.

O consumo excessivo de alimentos que contêm cafeína pode trazer alguns perigos à nossa saúde. Recomenda-se que o consumo de café seja moderado e isso pode ser feito reduzindo o consumo de outros alimentos que contêm cafeína como, por exemplo, imitar o consumo de chocolate e eliminar da dieta os refrigerantes do tipo cola. Possíveis benefícios da cafeína sobre a nossa saúde são o aumento temporário da capacidade mental e a concentração, além da melhora do desempenho atlético, temporariamente aumentando a força e a resistência muscular.

Muito se fala sobre o efeito da cafeína sobre o sono. A cafeína inibe a ação da adenosina, hormônio associado ao sono profundo. Em média, o tempo que a cafeína se mantem no organismo é de 4 a 6 horas. Se bebermos cerca de 100 mg de cafeína, que equivale a uma xicara de café, no final da tarde, provavelmente teremos ainda vestígios de cafeína no sangue e isso pode influenciar o sono pela noite.

Alimentos que contêm cafeína

Inúmeros fabricantes de alimentos e bebidas extraem a cafeína natural para uso em seus produtos, ou mesmo adicionam a cafeína de forma sintética, bebidas energéticas e suplementos esportivos são os campeões de adição de cafeína.

Erva-mate e guaraná são algumas das plantas mais utilizadas para estes efeitos, em parte, porque eles são alimentos que têm cafeína, mas são fáceis de isolar o sabor e alterá-lo para a fabricação de um produto industrializado mais específico. Eles também são menos caros do que os grãos de café ou folhas de chá.

Café

A primeira coisa que pode vir à sua mente quando se pensa em cafeína é o café.

  • Um copo de Café coado em geral tem entre 95 a 200 miligramas de cafeína.
  • O café instantâneo tem 60 a 120 miligramas.
  • Um copo de expresso tem de 40 a 75 miligramas.
  • Se você optar pelo café descafeinado, mesmo assim você não estará completamente livre de cafeína. Um copo de café descafeinado tem 2 a 4 miligramas de cafeína.

Chá

Algumas pessoas podem pensar que um simples chá não contenha cafeína, mas há, em baixos teores. Uma xícara de chá pode conter de 20 a 90 miligramas de cafeína; se o chá for importado, a tendência é que contenha ainda mais cafeína.

  • Chá Mate: Uma xícara de Chá Mate contem em média 20 a 30 miligramas.
  • Chá verde: Uma xícara de Chá verde contém de 25 a 40 miligramas.
  • Chá preto: Uma xícara de Chá preto contém de 15 a 60 miligramas.

Todas essas medidas variam entre o fabricante e também a procedência do produto. As quantidades são variáveis e recomendamos sempre ficarem atentos às informações no próprio produto para um consumo saudável.

Refrigerantes

Os refrigerantes utilizam a cafeína para alterar o sabor, outras vezes como “efeito viciante”. As quantidades variam de zero até 40 miligramas.

  • Coca-Cola: Um copo de 350 mililitros contém cerca de 30 a 35 miligramas de cafeína.
  • Coca-Cola Zero: Um copo de 350 mililitros contém 35 miligramas de cafeína.
  • Guaraná Antártica: Um copo de 350 mililitros contém 2 miligramas de cafeína.
  • Guaraná Antártica Zero: Um copo de 350 mililitros contém 4 miligramas de cafeína.
  • Pepsi: Um copo de 350 mililitros contém cerca de 32 a 39 miligramas de cafeína.
  • Sprite: Não contém níveis válidos de cafeína em um copo de 350 mililitros.

Chocolate

Outros alimentos que contêm cafeína são os produtos de chocolate. Uma xícara de cacau pode ter 3-50 miligramas de cafeína. 100g de chocolate ao leite podem conter de 3 a 30 miligramas, e 100g de chocolate amargo pode ter 15-70 miligramas de cafeína.

Bebidas Energéticas

Bebidas de energéticas são extremamente populares hoje em dia, tanto como uma bebida em si, quanto como uma mistura de bebidas alcoólicas. Estas bebidas podem ter uma quantidade elevada de cafeína por porção.

  • Burn: A medida de 250 mililitros possui cerca de 36 miligramas de cafeína.
  • Monster: A medida de 250 mililitros possui cerca de 80 miligramas de cafeína.
  • Red Bull: A medida de 250 mililitros possui cerca de 75 a 80 miligramas de cafeína.

Achocolatados

Achocolatados contêm cafeína porque são utilizados grãos de cacau em sua fabricação. Barras de chocolate podem conter uma elevada quantidade de cafeína, dependendo muito da quantidade de cacau utilizada

  • Achocolatado em geral: A medida de 250 mililitros possui cerca de 4 a 5 miligramas de cafeína.
  • Achocolatado Meio Amargo: A medida de 240 mililitros possui cerca de 17 a 23 miligramas de cafeína.

Medicamentos

Existem muitos medicamentos que utilizam cafeína em seus componentes para aproveitar seus afeitos sobre o corpo.

  • Dorflex: 1 comprimido contém 50 miligramas de cafeína.
  • Neosaldina: 1 comprimido contém 30 miligramas de cafeína.

Por que você está à procura de alimentos que contêm cafeína? Algum item dessa lista te surpreendeu? Você pretende aumentar ou diminuir o consumo de cafeína? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (49 votos, média: 4,27 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

66 comentários

  1. Rebeca Mirante Leal

    Gostaria de saber se as bebidas que conhecemos como guaraná natural contem cafeína. Como guaravita, guaraviton e outros. Obrigada

  2. Shirley de C. S. Ferraz

    Tenho crises de labirintite e pessoas me disseram que a cafeina e prejudicial. E porque quero diminuir o consumo de cafeina. Me surpreendeu saber que o chá mate tem mais cafeina que o chá preto sempre soube que o vilão era o chá preto.Gostei muito das informações.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*