4 Alimentos que Envelhecem e o Que Consumir em Seu Lugar

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Embora nenhum de nós possa voltar o relógio e prevenir o envelhecimento, podemos ter uma experiência muito mais agradável se fizermos alterações logo no início para evitar doenças e a deterioração. Com isso em mente, a especialista em medicina interna Erika Schwartz – que tem se concentrado em medicina preventiva durante décadas com seus pacientes de todas as idades – falou sobre como a nossa dieta pode afetar o processo de envelhecimento.

“À medida que você envelhece, a inflamação torna-se o maior problema”, disse Schwartz. “A inflamação cria o envelhecimento e as doenças. Uma dieta anti-inflamatória é a melhor maneira de vencê-lo “.

Veja também: Os melhores alimentos anti-inflamatórios.

Pesquisas já ligaram muitas doenças crônicas como hipertensão arterial e diabetes à inflamação. Simplificando, a inflamação é a resposta do seu corpo quando seu sistema imunológico está lutando contra coisas prejudiciais como certas bactérias e doenças.

Leia abaixo as recomendações da Dra. Schwartz de quatro alimentos que envelhecem para evitar e quatro outros para incorporar em sua dieta no lugar destes.

1. Bebidas alcoólicas

Seu corpo pode ter sido capaz de lidar com algumas doses quando você era mais jovem, mas à medida que envelhecemos, nossos corpos não podem mais lidar com o álcool tão bem. De acordo com o National Institute On Aging, a sua sensibilidade ao álcool pode aumentar com a idade graças aos menores níveis de água no organismo.

Schwartz diz que para as pessoas mais velhas o álcool é semelhante a “veneno puro”. À medida que envelhecemos, ela explica, a capacidade do nosso fígado de desintoxicar diminui, e o álcool agrava isso. O álcool também é conhecido por desidratar a pele, e por isso você pode não acordar tão bem na manhã seguinte a uma bebedeira. Se cortá-lo por completo parece muito para você, é certamente benéfico começar cortando aos poucos.

Em vez disso, tente tomar água com limão. Começar o dia com um copo de água com limão pode trazer inúmeros benefícios. Ela pode ajudar a digestão, que muitas vezes piora à medida que envelhecemos, e ajuda a obter a primeira fonte de hidratação no período da manhã. Além disso, limões contêm vitamina C e antioxidantes que podem ajudar a proteger as células contra danos.

2. Comidas processadas

Alimentos integrais saudáveis como legumes, frutas e ovos, entre outros, são mais fáceis para o corpo a processar e extrair nutrientes, diz Schwartz. Com alimentos processados, seu corpo nem sempre sabe como processá-los, especialmente quando eles contêm ingredientes que são adicionados apenas para aumentar o período de validade, mas não têm qualquer valor nutricional.

Atente especialmente para os alimentos que são fritos e ricos em gorduras trans e saturadas, já que eles podem aumentar a inflamação – que é o que estamos tentando evitar. Muitos alimentos processados também são carregados de açúcar, o que significa calorias extras e mais inflamação. Comer carboidratos refinados cria um aumento de açúcar no sangue, criando mais inflamação por todo o corpo.

Em vez destes alimentos que envelhecem e fazem mal à saúde como um todo, opte por gorduras saudáveis como abacates. Eles podem melhorar o seu colesterol, mantê-lo satisfeito com o seu teor de fibras, e contêm antioxidantes. Eles também são ricos em carotenoides, que ajudam a combater a inflamação.

3. Adoçantes artificiais

Embora seja uma boa ideia limitar o açúcar em sua dieta, isso não significa que os seus substitutos sejam a melhor escolha. Os adoçantes artificiais são frequentemente encontrados em alimentos que se dizem “livre de açúcares”, ou “sugar-free”.

Schwartz afirma que nosso organismo não sabe como quebrar esses produtos químicos e muitas vezes eles podem causar efeitos colaterais desagradáveis quando tomados em grandes quantidades – que podem incluir inchaço, gases e efeito laxante. Outra desvantagem é que eles são frequentemente muito mais doces do que o açúcar em si, ou seja, se você se acostumar muito a utilizá-los, pode ser difícil se livrar açúcar. Schwartz chama adoçantes artificiais de “toxinas” que podem causar a inflamação em algumas pessoas.

Se você quiser satisfazer sua vontade por doce, você pode tentar iogurtes e frutas, já que o iogurte é rico em cálcio, que ajuda a prevenir a osteoporose, e as fruta, claro, são cheias de vitaminas e antioxidantes.

4. Laticínios

Os seus níveis de lactase podem decair com a idade, causando um grau de intolerância à lactose. A lactase é a enzima que ajuda o corpo a digerir produtos lácteos. A intolerância pode conduzir a inflamação.

Em vez disso, consuma mais vegetais de folhas verdes. Schwartz diz que essas folhas verdes escuras são o pacote perfeito de vitaminas, nutrientes e compostos anti-inflamatórios. Se você está evitando produtos lácteos, folhas verdes são uma boa fonte de cálcio. Estes também são ricos em antioxidantes, que lutam contra os danos celulares.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você tem dificuldades de excluir algum destes alimentos que envelhecem da sua dieta? Qual deles e por que motivo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 4,75 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário