15 Benefícios do Abacate – Para que Serve e Propriedades

Especialista:
atualizado em 11/07/2020

O abacate é rico em vitaminas A, C, E e K, além de muitos outros minerais. É um alimento super versátil que pode ser ingrediente principal em vitaminas e shakes, além de poder ser feito salgado como em receitas de guacamole ou saladas, por exemplo. Abaixo, você descobrirá incríveis benefícios do abacate, suas propriedades nutricionais, valores calóricos, os principais antioxidantes contidos no abacate e para que ele serve.

As frutas podem auxiliar no processo de emagrecimento e proporcionar saciedade em momentos inoportunos. Enquanto a maioria delas é rica em carboidratos, o abacate é composto, em sua maior parte, por gorduras.

Dos benefícios do abacate nós já discorremos um pouco, mas há uma série de informações que são ventiladas na sabedoria popular que podem contribuir ou destruir a fama do abacate. Um exemplo é sobre o abacate imaturo. Enquanto a fruta não estiver madura, não pode ser consumida por uma série de animais como pássaros, cavalos e outros animais domésticos por ser composto por um ácido graxo chamado “persins”. Essa substância é extremamente prejudicial para uma série de animais e, em certas quantidades, podem causar doenças e até a morte. Não deixe de conferir se o abacate verde pode fazer mal ao ser humano.

Identificar um abacate maduro pode não ser a tarefa mais fácil do mundo e, como acabamos de apresentar, pode ser que ele não seja tão saudável assim para a sua saúde. Além do mais, este fruto, enquanto estiver verde, não apresenta seu sabor característico. Caso compre sem querer o abacate ainda verde, não se preocupe. Existem ótimas dicas para amadurecer o abacate mais rápido.

A princípio, essa característica pode parecer ruim, e por isso diversas pessoas evitam o seu consumo e excluem o abacate da lista de frutas permitidas em uma dieta, apenas pela fama criada sobre seu alto valor calórico, abrindo mão dos diversos benefícios do abacate para a saúde e boa forma.

Entretanto, os lipídeos presentes no abacate são muito saudáveis e a fruta pode ser uma ótima opção na estruturação de uma dieta balanceada.

Agora nós iremos esclarecer os benefícios do abacate para a nossa saúde, para que serve, quais as suas principais propriedades e você poderá compreender que de vilão ele não tem nada, muito pelo contrário, ele poderá melhorar sua qualidade de vida e ainda ajudar a manter a boa forma.

O que é o abacate?

O abacate é uma fruta originária do México e América Central, pertencente à espécie Persea americana. Hoje, graças às hibridizações, e milhares de anos de cultivo, existem inúmeras variedades da fruta, cujos principais produtores na atualidade são México, Chile, Estados Unidos, Indonésia, República Dominicana, Colômbia, Peru, Brasil, China e Guatemala.

Externamente, o abacate é verde vivo e conforme amadurece se torna mais escuro, quase preto. A polpa é verde-clara ou amarelada e tem textura cremosa. No interior encontramos um grande caroço, que é a semente do abacate.

Propriedades do Abacate

Um abacate pequeno, com 150g de polpa (1 xícara aproximadamente), fornece 240 calorias, 22g de gorduras, 13g de carboidratos, 3g de proteinas e 10g de fibras. Conseguimos perceber, portanto, que o abacate não é uma fruta de baixa carga calórica, mas o seu diferencial está na composição de suas gorduras. Quase 70% das gorduras encontradas no abacate são monoinsaturadas, a maioria de ácido oleico, e o restante é composto por gorduras poli-insaturadas (ômega-6 e ômega-3) e saturadas (ácido palmítico).

A sua proporção entre ômega-6 e ômega-6 é de mais de 10:1. Acredita-se que um desbalanceamento nessas proporções seja responsável por causar inflamação e algumas doenças. Autoridades em saúde de diversos países recomendam uma razão de 5:1, até 2:1 pode ser encontrado. Assim, apesar dos benefícios do abacate e das gorduras monoinsaturadas, para compensar a ingestão de ômega-6 presentes no abacate é importante buscar fontes ricas em ômega-3.

A quantidade de fibras presente no abacate também impressiona. 10g correspondem a 40% de toda a quantidade de fibra recomendada diariamente.

Além dos macronutrientes, o abacate contém uma variedade muito grande de vitaminas e minerais. Destacam-se as vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina A, vitamina E, vitamina A, cobre, manganês, magnésio, fósforo, potássio e zinco.

Valores calóricos

O valor calórico do abacate é alto? Sim, mas é importante refletir sobre as escolhas feitas para suas refeições; analise os alimentos selecionados para sua alimentação e busque substituições funcionais a seu organismo.

O abacate contém em média 180 calorias em 100 gramas. Ele possui gorduras? Sim, mas são gorduras boas. São as gorduras monoinsaturadas, fundamentais para controlar o colesterol e reduzir as triglicérides. Ele ainda é indicado para o tratamento de doenças cardiovasculares e prevenção das mesmas.

Antioxidantes carotenoides

A fruta auxilia na absorção de licopeno e betacaroteno, pois os carotenoides são solúveis na gordura que o abacate pode oferecer. Eles poderão auxiliar e preservar as células de seu corpo. Esse benefício pode ser obtido a partir da inserção de pelo menos 150 gramas de abacate em tradicionais saladas. Esse resultado também pode ser conquistado com a adesão do óleo de abacate, que você pode adquirir em lojas de produtos naturais.

Abaixo você poderá conhecer os principais antioxidantes carotenoides contidos no abacate:

Fonte rica de nutrientes e vitaminas 

O abacate é um tesouro de vitaminas e nutrientes importantes para o equilíbrio de um organismo. Ele é rico em sais minerais como Potássio, Ferro, Cálcio e Magnésio. Você poderá usufruir de diversos benefícios do abacate, que veremos mais abaixo, através das vitaminas A, C, E, K e vitaminas de complexo B.

Segundo dados do USDA (United States Department of Agriculture), uma porção de 100 gramas de abacate apresenta:

  • 26% da quantidade diária recomendada de vitamina K;
  • 20% da quantidade diária recomendada de folato;
  • 17% da quantidade diária recomendada de vitamina C;
  • 14% da quantidade diária recomendada de potássio;
  • 14% da quantidade diária recomendada de vitamina B5;
  • 13% da quantidade diária recomendada de vitamina B6;
  • 10% da quantidade diária recomendada de vitamina E.

Também são encontradas quantidades menores, mas significativas, de nutrientes como magnésio, ferro, cobre, zinco, manganês, fósforo, vitamina A, vitamina B1, vitamina B2 e vitamina B3.

Tudo isso é livre de sódio e de colesterol, além disso, os abacates contêm mais potássio do que as bananas que sempre são exaltadas pelo seu alto teor de potássio.

Para que serve o abacate?

No Brasil, o abacate é muito consumido na forma fresca, batido com leite ou amassado, muitas pessoas acrescentam açúcar ou limão. Já no exterior, a forma mais popular de uso do abacate é em receitas salgadas – a mais comum é na preparação da guacamole, um molho de origem mexicana que além de abacate leva também cebolas, tomates, coentro, suco de limão e outros temperos.

Pode ainda ser utilizado como substituo de óleos e gorduras em algumas receitas, passado em pães e torradas, na preparação de sanduíches e para dar um toque especial em saladas.

Incluir o abacate na alimentação pode trazer inúmeros benefícios devido à sua composição nutricional, rica em gorduras “amigas” e fitonutrientes saudáveis.

Existem muitos benefícios do abacate, veja a seguir quais são eles.

Benefícios do abacate para a saúde e boa forma

1. Aumenta a absorção de Carotenoides

Muitos alimentos possuem pigmentos de coloração vermelha ou alaranjada em sua composição, que são os chamados carotenoides. Exemplos são batata-doce, mamão, cenoura, manga, espinafre, beterraba e brócolis.

No organismo humano, os carotenoides atuam como antioxidantes e precursores da vitamina A, que é essencial para a saúde ocular. Por ser lipossolúvel, a absorção dessas substâncias é potencializada pela presença de gorduras na refeição, porém, os alimentos que as contêm são muito pobres em lipídios. Assim, pesquisadores estudaram a associação entre a absorção de carotenoides presentes naturalmente nos alimentos à ingestão conjunta de abacate.

O abacate é rico em gorduras saudáveis e potencializou a absorção dos carotenoides em 2 a 6 vezes em comparação à refeição sem abacate. Além da absorção, o abacate indicou melhorar também a conversão dos carotenoides em vitamina A.

Além disso, o próprio abacate contém carotenoides. O mais abundante é a crisantemaxantina, mas também são encontrados neoxantina, transneoxantina e luteína, como foi visto mais acima.

Podemos concluir, portanto, que além das suas propriedades intrínsecas, o abacate pode nos ajudar a extrair o melhor de outros alimentos também, melhorando a absorção desses compostos vegetais.

2. Poder anti-inflamatório

Você que convive com inchaços, desconfortos e vermelhidões devido a artroses, reumatismos e gotas, frequentemente é aconselhado por médicos a adotar uma dieta regular para auxiliar no tratamento, não é verdade? Então tente adicionar o abacate a suas refeições. Ele será muito eficiente nos resultados e reduzirá os impactos em sua saúde e no corpo.

O benefício pode ser reconhecido pelo efeito positivo do abacate sobre o colesterol HDL, considerado colesterol bom, responsável pela proteção das artérias, e não pela destruição dessas. Ele pode auxiliar na dilatação das artérias e em diversas mudanças corporais benéficas para o funcionamento equilibrado e regular de seu organismo. Esse benefício do abacate é proporcionado pela vitamina E, que induz as gorduras a assumirem poder anti-inflamatório.

A artrite é uma doença inflamatória que afeta muitas pessoas e leva à dor intensa nas articulações e outros problemas. Os componentes do abacate, como as gorduras monoinsaturadas, fitoesteróis, vitaminas E e C, além dos carotenoides, ajudam a combater a inflamação causada pela artrite melhorando a qualidade desses pacientes.

3. Reduz estresse

O abacate contém uma substância chamada glutationa, a qual reduz os efeitos do cortisol, hormônio característico do estresse. O excesso desse hormônio também dificulta o processo de redução de peso. A glutationa também beneficia a desintoxicação de seu organismo e melhora o funcionamento de seu fígado, fazendo assim da melhor eliminação de toxinas mais um dos benefícios do abacate.

Além da glutationa, os ácidos graxos do tipo ômega 3 presentes no abacate são ácidos graxos essenciais que ajudam a diminuir o estresse e a ansiedade. A concentração e o humor também são beneficiados pelo ômega 3, de acordo com o National Center for Complementary and Integrative Health.

Isso pode ser explicado pelo fato de o ômega 3 ser um tipo de gordura saudável muito requisitado pelas estruturas do nosso cérebro. Ao ser nutrido com boas fontes de gordura, as conexões neurais passam a funcionar com potencial máximo, ajudando a regular o humor, a aumentar o foco e a concentração e a equilibrar os níveis de neurotransmissores relacionados com o controle da ansiedade e o estresse.

4. Melhora a saúde cardiovascular

Incluir o abacate a uma dieta balanceada tem mostrado ser eficaz na prevenção e combate a diversas doenças cardiovasculares, melhorando os níveis de colesterol ruim (LDL) e diminuindo o nível de estresse oxidativo na corrente sanguínea.

Um dos fatores que contribuem para esses benefícios do abacate é a sua composição lipídica, como as gorduras monoinsaturadas, especialmente o ácido oleico, que representa 68% da gordura presente na fruta e em muitas pesquisas foi associado a efeitos benéficos sobre a saúde cardiovascular, além de melhorar a função cerebral e proporcionar um melhor crescimento e renovação das células. Essa concentração aproxima a composição do abacate a óleos muito saudáveis como o azeite de oliva.

Outros componentes muito importantes são os fitoesteróis, que incluem o beta-sitosterol, campesterol e estigmasterol. Eles têm um papel anti-inflamatório importante, o que também beneficia a prevenção de complicações vasculares.

Outras substâncias importantes são os antioxidantes que incluem os carotenoides, vitamina E e vitamina C e outros componentes com efeito anti-inflamatório, as catequinas e procianidinas, que são flavonoides.

Acredita-se que esses benefícios possam ser obtidos através do consumo regular de aproximadamente uma xícara ou uma unidade pequena de abacate e sempre associado a uma dieta adequada, equilibrando a quantidade e qualidade das gorduras ingeridas.

5. Pode ajudar na prevenção do câncer

A substância responsável por esse poder é a glutationa, já descrita anteriormente. Ela é capaz de agir como bloqueadora de pelo menos 30 agentes cancerígenos distintos.

Além disso, uma pesquisa publicada em 2011 no Journal of Experimental Therapeutics & Oncology mostrou que o abacate pode diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia em linfócitos. Outro estudo de 2005 publicado no Journal of Nutritional Biochemistry também sugeriu que o extrato de abacate tem potencial para inibir o crescimento de células de câncer de próstata.

Embora os resultados sejam animadores, tais estudos foram feitos com células isoladas em laboratório e é preciso que mais pesquisas sejam desenvolvidas para comprovar que esses mesmos benefícios podem ser observados em humanos com câncer.

6. Controle do colesterol

O abacate proporciona o aumento do colesterol HDL, considerado o colesterol bom, e a redução do colesterol LDL, o colesterol ruim. Ele reduz a quantidade do hormônio beta-sitosterol e é capaz de inibir a absorção do colesterol dietético.

Diversos estudos mostram que o abacate pode ser bom para regular os níveis de colesterol. Segundo uma pesquisa publicada em 2005 no periódico científico Nutrition, por exemplo, foi observado que o abacate não atrapalha uma dieta de emagrecimento bem planejada e ainda contribui para regular o colesterol. Os dados indicam que o abacate:

  • Reduz os níveis de colesterol total;
  • Diminui os triglicerídeos no sangue em até 20%;
  • Aumenta o colesterol HDL em até 11%;
  • Reduz o colesterol LDL em até 22%.

7. Fluxo intestinal regular

Sabemos que um intestino com fluxo regular é mantido com o consumo de muitos alimentos funcionais. O bom funcionamento do intestino é mais um dos benefícios do abacate, vindo das fibras contidas no fruto.

Uma porção de 100 gramas de abacate apresenta aproximadamente 7 gramas de fibras, o equivalente a 27% da ingestão recomendada de fibras por dia. 

Além de contribuir para a perda de peso, para um menor risco de doenças e para controlar os níveis de glicose no sangue, as fibras ajudam a regular a atividade intestinal. 

8. Inibe o apetite e emagrece

Os benefícios do abacate se estendem à perda de peso. Ele é extremamente rico em fibras, uma porção de 150g contém 10g desse nutriente que é essencial em dietas para emagrecimento, pois ajuda no funcionamento intestinal, confere saciedade por um tempo prolongado e ainda ajuda a reduzir picos de glicose e os níveis de colesterol sanguíneo.

Uma pesquisa publicada no Nutrition Journal mostrou que pessoas que comeram metade de um abacate junto com a refeição do almoço tiveram 40% menos vontade de comer algumas horas depois. A inclusão de guacamole aos pratos das principais refeições também parece ter esse efeito.

As gorduras monoinsaturadas, que são abundantes no abacate, são associadas à redução da gordura abdominal, que é a mais perigosa em termos de fator de risco para o desenvolvimento de doenças relacionadas ao sobrepeso.

O abacate ainda contém baixa quantidade de carboidratos, além de ter um índice glicêmico bastante baixo. Isso evita picos de glicemia e insulina, cujo resultado rebote, após o armazenamento da glicose como glicogênio ou gordura, é o desencadeamento de mais fome.

Assim, apesar da alta concentração de gorduras e calorias, ao adicionar o abacate a uma dieta adequada, ele irá te ajudar na perda de peso. Mas exige-se prudência em sua ingestão. Indica-se o consumo máximo de meio abacate por dia.

9. Regula a menstruação

Você pode utilizar o abacate para regular seu ciclo menstrual. Indica-se a ingestão de chás feitos com as flores por exemplo; você pode consumir em torno de 2 a 4 vezes durante o dia. Um ciclo menstrual sob controle proporcionará também a redução dos efeitos da TPM (tensão pré-menstrual).

A presença de nutrientes como gordura, fibra, potássio e magnésio ajuda a equilibrar os hormônios no organismo, o que é especialmente importante para a saúde da mulher.

Além disso, incluir boas fontes de gordura na sua dieta durante o ciclo menstrual ajuda a estabilizar as mudanças de humor que ocorrem ao longo dos dias.

10. Melhora a visão

Existem benefícios do abacate para a saúde de sua visão proporcionados pela vitamina A contida no fruto.

Carotenoides como a luteína e a zeaxantina presentes no abacate também são muito importantes para a saúde dos olhos. Segundo um estudo publicado em 2006 no periódico científico Investigative Ophthalmology & Visual Science, esses carotenoides estão relacionados com um risco bem menor de desenvolver problemas de saúde ocular como a catarata e a degeneração macular da retina.

11. Proporciona melhor saúde a seus cabelos

Há benefícios do abacate também aos seus cabelos, você poderá livrar-se dos incômodos de caspas, proporcionar força a eles e ainda auxiliar na prevenção de calvície.

As vitaminas e outros nutrientes encontrados no abacate podem beneficiar muito a saúde dos cabelos. Vitaminas como a vitamina A, a vitamina D, a vitamina E e a vitamina B6 além de aminoácidos, ácido fólico, ferro, cobre e magnésio fornecem tudo o que os cabelos precisam para crescer fortes e saudáveis.

Dessa forma, o abacate é capaz de hidratar o cabelo, promover o crescimento dos fios e revitalizar os que estão danificados, proteger o cabelo contra danos e ressecamento além de melhorar o brilho.

Tudo isso pode ser obtido apenas incluindo o abacate em sua dieta. Mas se você preferir, também pode aplicar a polpa de um abacate bem maduro nos seus cabelos para hidrata-los profundamente.

12. Sono garantido

O abacate pode ser o aliado que você buscava para conquistar as noites perfeitas de sono que precisava. As vitaminas de complexo B como a B3 são capazes de equilibrar os hormônios responsáveis pelo equilíbrio de substâncias responsáveis pelas atividades cerebrais do sono. O ácido fólico também alimenta neurotransmissores responsáveis pela saúde do sono.

O magnésio também exerce um papel importante na qualidade, duração e tranquilidade do sono. O magnésio, a vitamina B3 e o triptofano são essenciais para que a serotonina – um neurotransmissor que atua regulando diversas funções relacionadas ao sono e ao humor – seja produzida. 

Vale lembrar que a serotonina também é um precursor da melatonina (o hormônio do sono) e o alto teor de gordura insaturada do abacate também ajuda a aumentar os níveis de serotonina e a melhorar a qualidade do sono.

13. Evita o envelhecimento precoce e trata a pele

O poder dos antioxidantes pode reduzir os efeitos maléficos causados pelos radicais livres à pele. A renovação constante das células oferece mais vitalidade e saúde aos seus tecidos. Sua pele poderá permanecer mais tempo hidratada e cheia de nutrientes. O óleo de abacate é muito procurado por esses benefícios do abacate.

Você com certeza já viu inclusive receitas de máscaras caseiras de abacate para uma pele mais bonita. Isso se deve ao fato de que os nutrientes presentes na fruta, como as gorduras boas e as vitaminas ajudam a manter a hidratação da pele, a vitalidade e elasticidade. O ácido oleico ajuda a reduzir a irritação e vermelhidão da pele e melhorar a sua capacidade de reparação. A ingestão adequada desse ácido graxo ajuda a regular a produção de sebo pela pele, melhorando quadros de acne e pele oleosa.

Vitamina E e carotenoides ajudam a evitar os danos oxidativos que levam à formação de rugas e linhas de expressão, e a vitamina C participa na produção de colágeno e elastina, os principais componentes estruturais da pele.

14. Ajuda na construção de massa muscular

Quando comparado às outras frutas, o abacate se destaca por oferecer 2 gramas de proteínas em 100 gramas da fruta. Como sabemos, as proteínas são fundamentais para o ganho de massa magra e hipertrofia.

Um estudo submeteu por 3 semanas dois grupos a dois tipos de dieta, uma rica em gorduras saturadas (ácido palmítico) e a outra rica em gorduras monoinsaturadas (ácido oleico) que continham as mesmas quantidades de calorias. O resultado demonstrou que a disposição para atividade física foi quase 14% maior no grupo que seguiu a dieta rica em ácido oleico. Eles mantiveram um metabolismo mais acelerado após as refeições. Assim, o abacate ainda pode fornecer uma energia extra, a partir de fontes lipídicas muito saudáveis, para os treinos intensos requeridos para a construção de músculos.

O consumo regular desse tipo de gordura também está associado a uma melhora na síntese de testosterona e hormônio do crescimento, dois fatores importantes para a síntese proteica na musculatura, inclusive para mulheres.

Se você buscar o ganho de massa magra, pode então adicionar o abacate ao seu plano alimentar, mas lembre-se de controlar o consumo.

15. O abacate ajuda a regular o metabolismo da glicose

Como já citamos, o abacate contém uma baixa carga de carboidratos e um baixo índice glicêmico, o que minimiza a geração de picos de glicemia e insulina e por si só já são fatores que fazem com que ele seja um ótimo alimento para portadores de diabetes ou mesmo para não diabéticos que querem se beneficiar da manutenção de baixos níveis de açúcar no sangue. A presença de altas quantidades de fibras também é um fator que ajuda nesse controle. De fato, uma pesquisa do Journal of the American Board of Family Medicine publicada em 2012 indica que a ingestão de fibras pode auxiliar no tratamento da diabetes do tipo 2.

Consumir boas fontes de gordura também é importante para melhorar os níveis de glicose. Segundo um estudo de 2007 publicado no Journal of American College of Nutrition, os ácidos graxos insaturados também presentes no abacate podem melhorar os níveis de insulina em jejum em pessoas que são resistentes à insulina. Isso pode ajudar a regular os níveis de glicose além de melhorar a sensibilidade à insulina.

Além disso, o abacate é rico em vitamina K, que tem papel fundamental na coagulação sanguínea. Estudos indicam que pessoas que ingerem mais dessa vitamina têm chances 19% menores de desenvolver diabetes. Os voluntários foram acompanhados por 10 anos.

Também está sob investigação a ação de um poliol presente no abacate chamado perseitol, que, ao contrário dos açúcares comuns, leva a uma supressão da liberação de insulina na corrente sanguínea.

Estudos mais profundos ainda são necessários, mas algumas pesquisas apontam uma redução nos níveis de insulina e melhor regulação da glicemia depois de uma refeição com o consumo de abacate.

Agora que já foram apresentados boa parte dos benefícios do abacate, é hora de incluí-lo de vez na sua dieta. Para isso, você vai gostar de conhecer pratos incríveis com baixíssimo teor de carboidratos e feitos com abacate. Elas incluem da clássica guacamole até mousses, shakes e muito mais. Aprenda as 10 melhores receitas low carb com abacate.

Algumas Dicas ao Consumir Abacate

  • Os fitonutrientes do abacate estão mais concentrados em partes que geralmente não comemos, que são a casca e a semente, ou caroço. Na parte da polpa mais próxima à casca podemos encontrar mais nutrientes do que nas partes centrais, por isso recomenda-se que ao descascar, seja aproveitada o máximo possível essa polpa próxima à casca. Uma forma de fazer isso é descascando com as mãos, como uma banana. Para isso, basta cortar o abacate longitudinalmente em quatro partes e depois puxar a casca com o indicador e o polegar. Isso irá preservar boa parte da polpa que tem uma coloração mais escura e é rica em fitonutrientes presentes também na casca.
  • Pessoas com alergia ao látex devem consultar um médico antes de consumir abacate, pois há o risco de hipersensibilidade também à fruta.
  • O abacate verde deve ser mantido à temperatura ambiente. Para acelerar o amadurecimento, pode ser colocado em um saco ou envoltório de papel.
  • Ao amadurecer, o abacate fica com a casca mais escura e macio ao ser levemente pressionado.
  • As frutas maduras devem ser mantidas na geladeira. Se já estiver cortada, é interessante manter em um recipiente fechado e pingar algumas gotas de vinagre ou limão na superfície para evitar a oxidação da polpa.
  • Ao adicionar o abacate a receitas quentes, recomenda-se que seja preparado com a menor temperatura e menor tempo possível, para evitar os danos da alta temperatura aos ácidos graxos saudáveis.
  • De forma geral, os abacates menores tendem a ser mais ricos em gordura do que os maiores.

Que tal incorporar o abacate na sua alimentação?

Vídeos:

Gostou das dicas?

Fontes e refererências adicionais:

https://nutritiondata.self.com/facts/spices-and-herbs/226/2

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/10997544/

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/1646142/

Você já conhecia esses importantes benefícios do abacate para a saúde? Tem o costume de consumir esta fruta? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (146 votos, média: 4,29 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

58 comentários em “15 Benefícios do Abacate – Para que Serve e Propriedades”

  1. Como todia de manha meia banda de abacate com acucar e gotas de limao fico super satisfeita durante o dia, me sinto muito bem.

  2. Maravilhoso fruto aprecio muito,só que há um grande problema,sofri por 2 vezes Tromboembolia,e meu sangue com todos os tratamentos e uma dieta rígida em alimentos sem vitamina k ainda meu sangue está grosso,tem alguma sugestão para eu comer e não tenha vitamina k???

  3. Tenho 62 anos de idade. Muito útil o abacate para saúde, troquei a janta à noite pelo abacate amassado com aveia em flocos 3 vezes na semana, muitas coisas mudaram para minha saúde , principalmente em ficar saciado de não precisar comer muito de noite. Agora dumo bem melhor , e tenho uma disposição fisica bem ativa.
    Recomendo também comer abacate e vai ver como muitas coisas da sua saúde vão melhorar.

  4. Excelente matéria. Estou mantendo contatos sucessivos sorte nutrientes de frutasem geral, incluindo amendoim e castanhas.