7 benefícios do broto de girassol – Receitas e dicas

Especialista da área:
atualizado em 23/07/2021

Toda semente é uma espécie de acumuladora biológica de energia nutricional. Ao cultivá-la, ela irá germinar se transformando em broto. Os brotos ou sementes germinadas são repletos de força “vital”, carregando uma enorme quantidade de nutrientes extremamente benéficos para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

No caso do broto de girassol, ele é rico em fitoquímicos, betacaroteno, vitamina E, e substâncias antioxidantes que contribuem para a saúde e o bem estar geral.

Benefícios do broto de girassol

brotos de girassol

Uma vez que o broto tenha uma carga maior dos benefícios encontrados na semente de girassol, eles acabam sendo os mesmos, mas potencializados:

1. É um aliado importante na perda de peso

Em uma xícara de brotos de girassol, encontram-se apenas 45 calorias. Além de saborosos, possuem 4 g de gorduras totais, 2 g de carboidratos, sendo 1 g de fibras e 2 g de proteínas. Sua riqueza em fibras contribui para um melhor quadro de saciedade e reduz as chances de compulsão alimentar e consequentemente, obesidade.

2. Ajuda a saúde gastrointestinal

De modo geral, as fibras dos brotos auxiliam na prevenção de doenças gastrointestinais, incluindo o câncer de cólon, ao estimular a aceleração do processo de eliminação das substâncias potencialmente tóxicas pelo trato digestivo.

3. Rico em antioxidantes

Sua riqueza em antioxidantes e vitaminas A, E, D, e complexo B, incluindo folato, auxiliam no combate aos radicais livres no organismo. O consumo regular de alimentos ricos em antioxidantes contribui para a prevenção e o tratamento de doenças inflamatórias e autoimunes, e até mesmo de alguns tipos de câncer.

Através desse mecanismo, eles combatem o envelhecimento precoce e auxiliam no fortalecimento do sistema imunológico e combate à artrite, arteriosclerose e catarata, por exemplo.

  Continua Depois da Publicidade  

O consumo das sementes e brotos de girassol têm, também, demonstrado uma importante redução dos níveis de colesterol e pressão arterial, favorecendo o bem estar e a prevenção dessas condições de saúde.

4. Bom para grávidas

O folato (ou ácido fólico), presente no broto de girassol, é uma vitamina B importante para mulheres grávidas, pois é necessária para garantir o desenvolvimento adequado do sistema nervoso do bebê.

5. Auxilia no funcionamento da tireoide

Para funcionar perfeitamente, a tireoide precisa de doses de selênio. A ausência dessa substância pode também desencadear o que se conhece por hipertireoidismo ou hipotireoidismo, a depender da situação.

É muito importante levar em conta as funções desempenhadas por essa glândula, uma vez que ela norteia atividades imprescindíveis para alcançar diferentes objetivos como a regulação da temperatura, o controle dos batimentos cardíacos e até mesmo a síntese de proteínas. Felizmente, o selênio está presente em abundância nos brotos de girassol.

6. Ajuda no combate a câimbras e osteoporose

Os brotos de girassol possuem altas doses de magnésio, um mineral que atua na regulação dos níveis de cálcio/potássio, essenciais para a saúde do coração e para a manutenção da saúde dos ossos, contribuindo para prevenir a osteoporose.

7. Ajuda a reduzir os índices glicêmicos

Felizmente, os benefícios do broto de girassol também estão relacionados com os níveis de glicemia no sangue, sendo uma ótima opção para a alimentação dos diabéticos.

  Continua Depois da Publicidade  

Uma vez que já está comprovada a redução dos níveis glicêmicos na presença de uma dieta rica em oleaginosas e sementes, com os brotos não poderia ser diferente.

Além disso, seus altos níveis de magnésio também contribuem para a prevenção da diabetes tipo 2.

Receitas com broto de girassol

receita com broto de girassol

1. Charutinho de germinados

Rendimento: 2 porções.

Validade: até 4 dias.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de azeite;
  • 1 colher de chá de gengibre picado;
  • 1 colher de sopa de cebola picada;
  • ½ colher de chá de pimenta-do-reino;
  • 2 colheres de chá de trigo germinado (opcional);
  • 2 colheres de sopa de centeio germinado (opcional);
  • 2 colheres de sopa de moyashi germinado (opcional);
  • 2 colheres de sopa de broto de girassol;
  • 1 colher de sopa de salsinha;
  • sal a gosto;
  • 2 litros de água;
  • 4 folhas grandes de repolho ou acelga branqueadas*;
  • 1 xícara de chá de molho sugo.

Considerações: para os brotos, você pode comprá-los prontos ou germiná-los de molho em água. Veja aqui como cultivar o broto de girassol. Para branquear as folhas de repolho, deixe 2 litros de água ferver, então deixe as folhas nessa fervura por 3 minutos e logo em seguida, coloque elas em uma vasilha com água muito gelada. A mistura de brotos é opcional. Pode-se usar apenas o broto de girassol.

  Continua Depois da Publicidade  

Modo de preparo:

  1. Ponha azeite na frigideira e frite levemente o gengibre, para que perca um pouco do sabor picante;
  2. Quando um cheiro doce começar a surgir, adicione as cebolas e as refogue até que fiquem transparentes ou “murchem”
  3. Desligue o fogo e junte os germinados com salsinha, pimenta e sal. Ponha o recheio na folha e vá enrolando ao mesmo tempo em que dobra as laterais, para não vazar. Agora é só servir in natura.

2. Macarronada de girassol

Rendimento: 1 porção.

Validade: até 4 dias.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de trigo germinado (opcional);
  • 2 colheres de sopa de centeio germinado (opcional);
  • 2 colheres de sopa de broto de girassol;
  • 1 tomate;
  • ½ pimentão vermelho pequeno picado;
  • ¼ de cebola picada;
  • ½ limão;
  • sal a gosto;
  • manjericão fresco;
  • azeite extra virgem a gosto.

Modo de preparo:

  1. Lave, escorra os brotos e reserve (esse será seu “macarrão”);
  2. Em um processador, coloque os demais ingredientes e, à medida em que se transforma numa pasta, regule a quantidade de azeite para a textura de sua preferência;
  3. Ponha o molho em cima dos brotos e sirva.

Consideração: se preferir, refogue cebola e alho, desligue o fogo e acrescente os brotos, para esquentá-los e temperá-los levemente. Porém in natura são mais gostosos do que fritos. A mistura de brotos é opcional. Pode-se usar apenas o broto de girassol.

  Continua Depois da Publicidade  

Dicas para cultivar o broto de girassol

brotos comestíveis

1. Onde consigo o broto de girassol?

Você pode consegui-lo de duas maneiras: cultivando-o ou comprando na internet ou ainda em casas de produtos naturais, embalados à vácuo.

Caso opte pela primeira opção, as instruções seguem abaixo:

  1. Lave bem as sementes para eliminar qualquer impureza ou sujeira que possa estar junto delas, como pedrinhas, casquinhas, etc.;
  2. Coloquei em um frasco de vidro e acrescente água fresca no dobro da quantidade necessária para cobrir as sementes;
  3. Cubra a boca do frasco com um tule, voil, ou tecido similar, e prenda bem usando um elástico, para evitar o contato com insetos. Deixe em repouso por 6 a 8 horas em um lugar arejado, longe da luz direta do sol.
  4. Jogue fora a água mantendo o tecido apertado, coloque água fresca novamente, mexa bem para lavar as sementes, e descarte essa água. Em seguida coloque água novamente, na mesma medida de duas vezes a quantidade necessária para cobrir as sementes;
  5. Repita o processo de lavagem e troca de água pelo menos duas vezes por dia, por dois dias;
  6. No terceiro dia, descarte a água e mantenha o frasco virado para baixo para escorrer o resto da água pelo tecido. Mantenha em local preferencialmente mais escuro e arejado, para ajudar na germinação;
  7. Continuar lavando uma a duas vezes ao dia, lembrando de em seguida, manter o frasco virado para baixo para escorrer o resto da água pelo tecido;
  8. Espera-se que depois de 1-3 dias irão começar a brotar as sementes. Quando os brotos estiverem um pouco maiores, é conveniente colocá-los em um vaso com terra fofa para permitir que se desenvolvam bem;
  9. Depois de 3 dias de plantados na terra eles estarão prontos para o consumo. Basta cortá-los rente a terra e utilizá-los nas suas receitas. Se for guardá-los, coloque-os em um saco plástico na geladeira, e consuma em até 10 dias.

2. Todas as sementes germinam iguais?

Não, o processo de germinação varia do tipo do grão e do seu tamanho. Lentilhas, feijão e azuki germinam mais rápido do que as sementes maiores, como o grão de bico e as amêndoas, por exemplo.

3. Não jogue nada fora

Se germinar sementes demais por acidente, não se preocupe. Basta colocá-las num saco plástico, preferencialmente de polipropileno ou sacos específicos para este fim, e guardá-las na geladeira. A germinação desacelera na presença do frio. O ideal é consumi-los em até 10 dias.

É claro que brotos mais velhos não são tão nutritivos quanto os mais novos, mas ainda são melhores do que as sementes em si.

Fontes e referências adicionais

O que você achou dos benefícios do broto de girassol para a saúde? Pretende experimentar essas receitas para aproveitá-los? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média 4,43)
Loading...

 

Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário

2 comentários em “7 benefícios do broto de girassol – Receitas e dicas”

  1. Eu mesma produzi o meu broto de girassol. De forma aérea, sem ser na terra. Regando duas a três vezes por dia. Estou comendo agora como salada. Adorei,pois tem um leve sabor de agrião. O cultivo é bem simples. Deixei de molho na água, por dois dias, até três, para acordar bem. Nesse momento transferi para uma peneira, de furos pequenos, só para passar a raíz quando germinou. Reguei 2 vezes ao dia, e deixei, ao ar livre, em um lugar com claridade, mas não sol direto. Quando estava com uns 8 a 10 centímetros de altura e com as 2 folhas já grandinhas, colhi pra comer como salada, temperada com algumas gotas de vinagre, uma pitada de sal e azeite. Uma delícia!!!

    Responder
  2. Fiquei maravilhada com os benefícios…estou começando a cultivar em casa , não fiz ainda nenhuma receita comi na salada mesmo, uma delícia.

    Responder