8 Benefícios do Camarão – Para Que Serve e Propriedades

Especialista:
atualizado em 21/08/2020

São muitos os benefícios do camarão, tanto à saúde quanto à boa forma. Você conhecerá a seguir quais são os principais benefícios do camarão, suas propriedades nutricionais, para que serve e que cuidados você deve ter ao consumi-lo.

O alimento pode ser incorporado em dietas oferecendo inúmeros nutrientes à saúde, muitos deles difíceis de encontrar em outros alimentos. Trata-se de um dos frutos do mar mais consumidos no país e em diversos lugares do mundo.

Confira abaixo os 8 principais benefícios do camarão e por que a adoção deste alimento pode ser uma boa opção às dietas de perda de peso e manutenção da saúde.

Propriedades nutricionais do Camarão

O fruto do mar oferece aos consumidores uma vasta gama de nutrientes e propriedades benéficas ao corpo humano.

Em uma porção de cerca de 100 gramas do camarão cozido há:

120 calorias;

24g de proteínas;

2g de gorduras

1g de carboidrato

E vale também ressaltar as vitaminas e minerais mais relevantes (em relação a quantidade diária recomendada:

Potássio – 7% da IDR

Magnésio – 9% da IDR

Vitamina B12 – 21% da IDR

Niacina – 11% da IDR

Iron – 15% da IDR

Fósforo – 12% da IDR

Selênio – 48% da IDR

Essas propriedades são fundamentais para a manutenção e bom funcionamento do organismo, bem como para o trabalho adequado do metabolismo. Quando não há a ingestão adequada de nutrientes como ferro, por exemplo, as pessoas podem apresentar quadro de anemia.

A ausência de outros nutrientes como vitamina B12, proteínas ou magnésio, por exemplo, podem levar uma pessoa a ter que aderir à suplementação.

No entanto, o camarão é um alimento por si só rico nessas substâncias e capaz de oferecer uma imensa variedade nutritiva às dietas.

1. Baixas Calorias

Os camarões são alimentos com baixo teor calórico. Dessa forma, pode integrar dietas de pessoas que buscam perder ou manter peso.

Um camarão de tamanho médio possui apenas 7 calorias. Ao consumir uma porção de 10 camarões, você não estará ingerindo mais do que 70 calorias. Trata-se de um alimento menos calórico do que um peito de frango grelhado.

Já os camarões grandes, conhecidos popularmente como camarão pistola, possuem, em média, 15 calorias cada um. Ainda assim é um alimento com baixo teor calórico e que pode ser incorporado nas dietas de emagrecimento. 3 unidades desta variedade de fruto do mar oferecem menos que 50 calorias. São alimentos com menos calorias que um bife de coxão mole, por exemplo.

2. Ricos em Proteínas – Saciedade e Construção Muscular

Nem todos sabem, mas os camarões são alimentos compostos basicamente por água e proteínas. Dessa maneira, são ótimos para o organismo, auxiliam na produção de anticorpos, enzimas, hormônios, neurotransmissores, reposição de gasto energético das células e no transporte de substâncias para o corpo e para a corrente sanguínea.

Além disso, as proteínas possuem papel de destaque na alimentação de quem faz musculação, pois ajuda no processo de reposição da glicose nos músculos após o treino, estimulando a síntese muscular.

3. Auxilia na Saúde Mental

O camarão contém triptofano, uma substância que desencadeia o hormônio conhecido como serotonina. Este hormônio, por sua vez, é responsável por regular o humor, o sono, ritmo cardíaco, funções cognitivas e bem-estar. Trata-se de um hormônio importante para a saúde mental. Dessa maneira, é um tipo de alimento com nutrientes recomendados a pessoas com tendências a quadros depressivos, nostalgia e tristeza.

Além disso, a combinação de outros nutrientes presentes no camarão, tais como ômega-3 e vitamina B12 fortalecem as funções cerebrais, mantendo as pessoas alertas e evitando doenças como Alzheimer.

4. Proteção Contra Doenças Cardíacas

Devido à incidência de ômega-3, um ácidos graxo, o fruto do mar é considerado um bom alimento para a manutenção da saúde cardíaca. Essas propriedades também são importantes anti-inflamatórios naturais.

O consumo regular do alimento, conforme apontam estudos, é capaz de diminuir a incidência do LDL – o mau colesterol, e aumentar os níveis de HDL – o bom colesterol.

5. Propriedades Anticancerígenas

O ômega-3 é uma propriedade antioxidante que atua no organismo combatendo a ação dos radicais-livres. Por se tratar de um alimento antioxidante, um dos benefícios do camarão ao ser consumido frequentemente é o fator inibitório de câncer que ele possui.

6. Combate à Degeneração Ocular Ocasionada Pela Idade

A visão é um sentido que, com o passar do tempo, vai sendo degradado. Estudos recentes apontam o camarão como um alimento que contém heparina, subtsância que pode ajudar no tratamento da degeneração macular – DMRI.

A astaxantina é outra importante propriedade encontrada no camarão responsável por auxiliar no processo de alívio da fadiga ocular, sobretudo nas pessoas que passam longos períodos em frente às telas de computadores e celulares.

7. Saúde da Mulher

A astaxantina, substância encontrada no camarão, auxilia a reduzir as ondas de calor do corpo humano, dores nas articulações e mau humor que frequentemente surgem durante a menopausa.

Esta substância, conjugada ao ômega-3, é capaz de aliviar sintomas da TPM, tais como alteração de humor, ansiedade, fadiga, irritabilidade e sensibilidade nos seios.

O fruto do mar também ajuda no alívio das cólicas menstruais além de promover um fluxo sanguíneo mais saudável para os órgãos reprodutivos.

8. Proteção da Pele

Como você pode perceber, a astaxantina é uma substância com muitos benefícios. A pele também é um órgão beneficiado por ela.

O consumo da substância, alinhado a bons hábitos como ingestão frequente de água e uso regular de protetor solar é capaz de promover bons resultados na pele, como retardamento de rugas e suavização de linhas de expressão.

Esta substância também é capaz de reduzir os danos causados pelo raio ultravioleta – UV, diminuindo, dessa maneira, as chances de câncer de pele.

Alimento Aliado à Perda de Peso

Não é apenas devido às baixas calorias e à falta de carboidratos que o camarão é considerado um alimento aliado das dietas para perda ou manutenção de peso.

Suas propriedades são importantes para alcançar este objetivo. O zinco, por exemplo, presente no alimento, é uma substância responsável pela circulação de leptina – um hormônio responsável pela energia corporal, armazenamento de gordura e até mesmo pelo apetite. Isso quer dizer que a presença da leptina representa menos vontade de comer, auxiliando, portanto, na redução de peso.

A presença de proteína no crustáceo também é responsável por promover a sensação de saciedade mais rapidamente, integrando mais um benefício na perda de peso.

Precauções no Consumo de Camarão

Como visto, o consumo de camarão é algo que pode promover excelentes melhorias no organismo, no bem-estar, na saúde e na perda de peso das pessoas. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados para que o alimento não represente riscos à saúde.

Alergia a Frutos do Mar

Este é um quadro muito comum entre as pessoas. Quem possui alergias a frutos do mar não pode ingerir camarão. Os efeitos podem ser diversos: desde urticárias até inchaços das vias respiratórias. Se este for o caso, o consumo do alimento deve ser vetado totalmente, pois um quadro grave pode ser desencadeado.

Os crustáceos são um dos principais alimentos alérgenos. No entanto, quem tem hipersensibilidade aos mariscos, não necessariamente a tem aos crustáceos e vice-versa. Em todo caso, é importante fazer exames que indiquem a presença de quadros alérgicos para que a alimentação possa ser adequada.

Contaminação

Outro cuidado que se deve ter ao consumir camarão é quanto à contaminação. O alimento pode estar contaminado por substâncias naturais ou químicas, tais como hormônios, dioxina – uma substância altamente tóxica – e até mesmo antibióticos.

Dessa maneira, é imprescindível comprar o alimento de fontes confiáveis e, se possível, ainda fresco, diminuindo os riscos de contaminação e o que isso pode causar no organismo humano.

Em um estudo recente feito na Universidade Estadual do Arizona, 27 amostras de frutos do mar – incluindo camarão – coletados em 11 países diferentes foram analisadas. Percebeu-se a presença de 5 tipos de antibióticos nos camarões selvagens. Este é um sério dano que pode ser causado durante a ingestão do alimento contaminado, pois contribui ao aumento de bactérias resistentes aos tais antibióticos.

Camarão Fraudado

O crustáceo não é um alimento barato e, dessa forma, vem se tornando alvo de fraudes. Não é raro nos depararmos com casos de camarões fraudados, onde o consumidor acreditar estar comprando o crustáceo, mas na verdade não se passa de um alimento adulterado com substâncias proibidas como tripolifosfato de sódio, responsável por dar mais peso ao camarão e agregar mais valor durante a comercialização.

Como Consumir Camarão?

O alimento pode ser incorporado em diversas receitas: risotos, estrogonofes, além de ser preparado empanado ou no vapor.

O fato é que se o alimento está sendo consumidor para fins de perda de peso, os alimentos mais calóricos devem ser evitados, tais como creme de leite ou o próprio arroz arbóreo, utilizado no preparo de risotos.

Uma dica para quem quer os benefícios do camarão mas não deseja acentuar o gosto do camarão, é recorrer às versões de cativeiro, pois tem menos sabor que as variedades que vivem no mar.

Já as espécies consideradas típicas do Paraná, tal como o Pitu e o 7 barbas são os com sabores mais acentuados e levemente adocicados. Estas são as melhores opções àqueles que preferem o sabor mais marcante que o camarão oferece.

Salada, yakisoba e moqueca também são pratos que podem ter como ingrediente este crustáceo.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia os 8 benefícios do camarão? Pretende incluir na sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário