8 Sinais de Falta de Vitamina D Para Ficar Atento

Especialista:
atualizado em 10/06/2020

Você provavelmente deve conhecer a vitamina D como aquela vitamina que podemos obter por meio da exposição ao sol. Entretanto, essa vitamina solúvel em gorduras, que fica armazenada no tecido adiposo do organismo humano, também está presente em alimentos como gemas de ovos, peixes de água salgada, fígado e leites fortificados com o nutriente, ainda que geralmente seja em dosagens baixas – veja um resumo dos alimentos ricos em vitamina D.

Mas você já parou para pensar por que ela é importante? Bem, a vitamina D auxilia o organismo a absorver o mineral cálcio, que é um nutriente essencial para a formação dos ossos e a fixar esse cálcio nos ossos. Sem um consumo suficiente ou uma absorção suficiente de cálcio, a produção óssea e os tecidos ósseos são prejudicados.

A insuficiência de vitamina D pode resultar em ossos finos, frágeis ou deformados. Uma deficiência do nutriente está associada ao desenvolvimento de raquitismo nas crianças e osteoporose nos adultos. Ter níveis suficientes da vitamina também previne a osteomalacia (amolecimento dos ossos) em adultos.

Além disso, a vitamina D ainda exerce funções em relação ao sistema nervoso, ao sistema muscular e ao sistema imunológico. Ela atua na modulação do crescimento celular, neuromuscular e da função imunológica, além de trabalhar na diminuição da inflamação.

Muitos genes que codificam proteínas reguladoras da proliferação, diferenciação e apoptose (autodestruição) celular são parcialmente moduladas pelo nutriente. A vitamina D também está associada à produção de dopamina e serotonina, que são neurotransmissores relacionados ao bem-estar.

Especialmente para quem trabalha o dia todo fechado no escritório, passa horas na biblioteca estudando ou não sai muito ao ar livre por outros motivos e, consequentemente, não é exposto à luz solar pode ser difícil atingir os níveis adequados de vitamina D, pruncipalmente se não consumir muitos dos alimentos com vitamina D.

Mas como saber se tenho falta do nutriente ou não? Os sinais apresentados na lista a seguir podem ser um indicativo de que o fornecimento da vitamina ao organismo está falhando:

  1. Falta de energia e excesso de cansaço;
  2. Suor excessivo em pessoas que normalmente não transpiram muito, especialmente no caso de bebês;
  3. Imunidade baixa, que gera a recorrência de gripes e resfriados e o aparecimento de doenças como candidíase e herpes;
  4. Ossos doloridos;
  5. Dor de maneira geral: dor crônica, dor muscular, dor nos quadris, dor de cabeça e até fibromialgia – doença carcterizada por dor e fraqueza muscular generalizada;
  6. Cicatrização mais lenta;
  7. Queda dos cabelos – perda do fio inteiro em grande quantidade;
  8. Depressão, tristeza e apatia.

Acho que estou com falta de vitamina D! E agora?

Para confirmar se realmente está com pouca vitamina D, o ideal é marcar uma consulta médica, expor ao médico os sintomas que apresenta e fazer o exame de sangue que certamente será pedido por ele para checar como andam os níveis do nutriente.

Se for o caso de uma insuficiência ou deficiência de vitamina D, o médico poderá indicar o uso de um suplemento para regulizar os níveis da vitamina no organismo. Mas atenção: o suplemento de vitamina D deve ser usado sempre sob a indicação e conforme as instruções do profissional de saúde.

Já se não for um quadro de insuficiência ou deficiência de vitamina D, o médico poderá solicitar outros exames para identificar o que está por trás dos sintomas e, a partir disso, indicar o tratamento adequado.

Mesmo para quem não percebeu que tem sinais de falta de vitamina D é importante manter as consultas médicas e os exames de rotina regulares porque é por meio deles que é possível identificar as deficiências nutricionais, assim como outros problemas de saúde.

Com informações do MedlinePlus, portal dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, e do Office of Dietary Supplements (Gabinete de Suplementos Alimentares, tradução livre) dos Estados Unidos.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sentiu alguns dos sinais de falta de vitamina D? Costuma pegar pouco sol durante o seu dia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário