Alho Baixa Pressão Alta? Chá, Suplemento e Mais

O alho é uma planta cultivada em todo o mundo. Está relacionada com a cebola, alho-poró e cebolinha e acredita-se que é nativo da Sibéria, mas se espalhou por outras partes do mundo há mais de 5.000 anos.

Além de ser um tempero muito presente nos pratos dos brasileiros, ele também pode ser um aliado na hora de cuidar da hipertensão. Muitas pesquisas foram feitas para provar que o alho baixa pressão alta. Descubra como ele ajuda a cuidar da saúde do coração e como integrá-lo em uma dieta para hipertensão.

Nutrientes do alho

É incrível como muitos nutrientes estão presentes em um único dente de alho: 33 compostos de enxofre, 17 aminoácidos, antioxidantes como germânio e selênio e múltiplas vitaminas e minerais. Esses compostos químicos benéficos, incluindo uma substância chamada alicina, dão ao alho o seu odor e sabor inconfundível, bem como a sua vantagem farmacológica na redução da pressão arterial e na prevenção de doenças cardiovasculares.

Pense nele como um multivitamínico – não só porque é cheio de nutrientes, mas porque é benéfico para uma grande variedade de doenças, incluindo o afinamento do sangue (para prevenir coágulos sanguíneos), redução dos níveis de pressão arterial e redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos.

Pesquisa mostra que alho baixa pressão alta e previne doenças

Pesquisas determinaram que o alho inibe a agregação plaquetária (aderência e aglutinação), que ajuda a diluir o sangue de maneira muito parecida com a aspirina ou os trombolíticos. Neste estudo, os pacientes que consumiram alho demonstraram ter o sangue mais fino quando comparados aos do grupo controle.

O alho baixa pressão alta e também reduz o fibrinogênio (um componente de coagulação do sangue), impedindo a formação de coágulos sanguíneos. Plaquetas aglomeradas podem tornar a pessoa vulnerável a ataques cardíacos e derrames cerebrais, e a capacidade do alho de reduzir a pressão arterial ajuda a diminuir o risco desses problemas cardíacos.

Karin Reid e colegas da Universidade de Adelaide, a terceira mais antiga universidade da Austrália, realizaram uma pesquisa que foi financiada pelo Royal Australian College of General Practitioners e pelo Programa de Desenvolvimento de Avaliação de Pesquisa de Cuidados Primários de Saúde da Austrália.

Os autores revisaram 25 estudos controlados relevantes e 11 deles (incluindo mais de 500 pessoas) forneceram informações suficientes para serem incluídos na meta-análise. Nove destes estudos compararam a preparação do alho contra um placebo, e dois compararam a preparação de alho mais outra substância contra o placebo mais a mesma substância (um remédio para pressão sanguínea ou redutor de colesterol).

Nove dos estudos usaram alho em pó, um extrato de alho e um usou um destilado de alho. O alho em pó foi utilizado em doses de 600mg a 900mg / dia e o tratamento durou de 12 a 13 semanas. A pressão arterial média nos participantes estava na faixa alta em sete desses estudos.

No geral, eles descobriram que as preparações de alho reduziram a pressão arterial sistólica (PAS) em 4,6 mmHg mais do que o placebo. Embora o alho tenha reduzido a pressão arterial diastólica (PAD) em comparação com o placebo, no geral, essa redução não foi grande o suficiente para ser estatisticamente significativa.

Quando os pesquisadores analisaram apenas os estudos que incluíram pessoas com pressão alta, eles descobriram que os preparados de alho reduziram a PAS em 8,4 mmHg e a PAD em 7,3 mmHg. Em pessoas com pressão arterial normal, não houve redução significativa.

Análises estatísticas posteriores confirmaram que quanto maior a pressão arterial de uma pessoa estava no início do estudo, maior a redução da pressão arterial com alho. A dosagem do tratamento, duração ou fonte de estudo não afetou os resultados.

Assim, os pesquisadores concluíram que as preparações de alho são melhores que o placebo na redução da pressão arterial em pessoas com pressão alta. Eles dizem que mais testes são necessários para avaliar se eles poderiam fornecer uma alternativa ou complementar os medicamentos existentes para a pressão arterial.

Alho em uma dieta de pressão alta

Sendo assim, é recomendado incluir alho em uma dieta de pressão alta. Seu efeito anti-hipertensivo pode estar relacionado ao seu conteúdo antioxidante de enxofre, mas alguns estudos sugerem que o alho baixa pressão alta ao aumentar a dilatação dos vasos sanguíneos e reduzir a resistência vascular periférica. Outros indicam que o efeito anti-hipertensivo do alho pode estar relacionado à sua capacidade de impedir que o sistema digestivo transforme gordura em colesterol.

De fato, comer metade ou um dente de alho diariamente ou tomar uma cápsula de alho pode reduzir seus níveis de colesterol em cerca de 9% a 12%. Numerosos estudos atestaram a capacidade do alho de reduzir o colesterol sérico e os triglicerídeos (em aproximadamente 15%), enquanto que ao mesmo tempo aumentam os níveis de HDL (colesterol “bom”).

Os melhores tipos de alho para reduzir a pressão arterial elevada

Embora a evidência até hoje indique que o alho cru oferece maior valor medicinal, os estudos mostraram que o alho cozido também é eficaz. A mais alta qualidade é a cultivada organicamente.

Comer alho oferece poucos efeitos colaterais: algumas pessoas são alérgicas a ele e outras podem sentir algum desconforto estomacal ou intestinal. Se o odor do alho é um problema para você, tente mastigar salsa fresca, alecrim ou erva-doce. Limão espremido na hora ou uma casca de laranja também podem aliviar o odor pungente do alho.

Há várias cápsulas de alho presentes no mercado, elas podem ser encontradas em farmácias, farmácias de manipulação, homeopáticas, hipermercados e na internet. Outra forma de consumi-lo é aprendendo a fazer um chá de alho, que também pode ser bastante eficaz.

Precauções

Como o alho é um anticoagulante natural do sangue, tomá-lo em combinação com medicamentos que afinam o sangue pode ser arriscado. Se estiver tomando algum medicamento para baixar a pressão sanguínea, não deixe de consultar um médico antes de iniciar o tratamento com suplemento de alho.

Como visto, o alho baixa pressão alta, e por isso, adicioná-lo em sua dieta e pratos pode ser uma maneira deliciosa de cuidar da sua saúde.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Referências adicionais:

Você já tinha ouvido falar que o alho baixa pressão alta? Costuma consumir alho de que formas? Pretende aumentar o uso agora e até tomar seu chá ou suplemento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...

Deixe um comentário