Anfetamina Emagrece Mesmo?

Especialista:
atualizado em 23/07/2018

As alternativas para emagrecer não são poucas, mas diversas pessoas se dispõem a utilizar métodos e substâncias que podem não ser tão benéficas como imaginam. A realidade de quem busca emagrecer não se limita apenas à redução de medidas, mas a diversos fatores que envolvem desde o condicionamento físico até oscilações psicológicas e mentais. Podemos dizer que a anfetamina emagrece, mas ela oferece diversas consequências que valem a pena serem avaliadas na hora da decisão pela adesão ou não.

O que é a anfetamina?

Tudo bem que anfetamina emagrece, mas ela nada mais é que uma droga sintética. Ela é capaz de proporcionar diversas reações irregulares do sistema nervoso, o que pode resultar em diversos desequilíbrios psicológicos.

A droga era muito utilizada por soldados durante as grandes batalhas da Segunda Guerra Mundial. O Brasil se destaca entre os países que possuem mais consumidores de anfetamina, independente das causas e justificativas para uso. Ela é muito utilizada para diversos fins. A anfetamina é utilizada como energético por estudantes, trabalhadores do período noturno, caminhoneiro e até pessoas que desejam curtir suas baladas sem piscar os olhos.

Efeitos

Ela é a famosa “balinha” consumida por estudantes que se dedicam ao estudo no período noturno ou possuem dificuldade de se manter acordado. A anfetamina tem o poder de estimular a concentração das pessoas, o que proporciona um melhor rendimento dos aprendizados. Os caminhoneiros que devem se manter ao volante durante as madrugadas necessitam se manter distantes do sono e a anfetamina é a aliada principal destes profissionais. A anfetamina emagrece, pode reduzir os efeitos de insônia e excesso de apetite. Seus efeitos podem durar de oito até doze horas.

Anfetamina emagrece, mas não garante perda de peso permanente

A anfetamina é muito utilizada por pessoas que desejam emagrecer, mas poucas pessoas refletem sobre os reais benefícios que o remédio pode oferecer. A anfetamina age a fim de inibir o apetite. O remédio pode inibir o apetite por um determinado período de tempo, é exatamente onde podemos identificar o primeiro ponto negativo do seuuso.

Ocorre um momento em que as dosagens não são suficientes para a redução do apetite, então os usuários intensificam as doses, o que proporciona uma certa dependência. É comum conhecermos casos de pessoas que interrompem o tratamento de forma inesperada. Deve-se objetivar uma desintoxicação, pois a probabilidade de readquirir todos os quilos perdidos é grandíssima.

Perda de peso inicial

O dado mais convincente para a escolha do uso da anfetamina para emagrecer é o inicio do processo de perda de peso. Sim, relatos de perda de 10 quilos em um mês são extremamente tentadores para quem está desejando remodelar o corpo. São exatamente esses relatos de perda de inúmeros quilos que induzem as pessoas a utilizarem esse remédio, mas o que elas não sabem, é que após um período, os efeitos não são os mesmos e as consequências podem ser diversas.

Por quanto tempo tomar

As recomendações de uso são variadas e o que se questiona é exatamente o tempo adequado para uso da anfetamina. Diversas pessoas fazem uso desse medicamento por diversos anos e podem ser considerados dependentes da substância, mesmo que a perda de peso não seja tão eficiente quanto a inicial.

Considerando a redução dos efeitos e a possibilidade de uma dependência, em caso de uso, é recomendável que a anfetamina seja consumida por no máximo três meses, contrariando pessoas que consomem por 2, 5 e até 10 anos continuamente.

Efeitos colaterais

Já vimos que a anfetamina emagrece realmente, mas pode oferecer diversos riscos. Ela pode consequentemente provocar aumento da pressão arterial e da frequência de batimentos cardíacos, assim resultando em arritmias. Poderá ocorrer tremores, irritabilidade, deixar sua boca seca, além de resultar em gastrites e diarreias ou reduzir o funcionamento da flora intestinal. A maioria das pessoas ainda pode adquirir depressão. A anfetamina ainda pode ocasionar casos de indução ao suicídio, momentos de tristeza, ansiedade e irritabilidade.

Contra indicações

Pessoas que possuem doenças cardíacas ou hipertensão devem evitar o consumo de anfetamina. O uso do medicamento não é recomendável para pessoas que já foram dependentes de drogas, que já tiveram glaucoma e anorexia. Gestantes e mulheres em fase de amamentação devem excluir a possibilidade de uso de anfetamina para emagrecer.

Efeitos comprovados

Os efeitos comprovados da anfetamina se limitam ao tempo em que está sob efeito do medicamento. O uso pode se tornar uma dependência para os consumidores, pois o corpo pode se adaptar às substâncias e não mais reagir a fim da forma esperada, o que resulta em diversos riscos para os consumidores.

O ideal é que você busque alternativas naturais como reeducação alimentar e as atividades físicas, para que assim sua perda de peso seja permanente e saudável. É importante ressaltar que, em caso de ingestão continua, deve haver um período de desintoxicação, a suspensão do consumo deve ser feita de forma gradativa, pois poderá haver ganho de peso.

Indicação médica

Ainda há o questionamento de esclarecimentos sobre as prescrições médicas. Se o uso oferece tantas consequências, por que ainda insistir? A anfetamina emagrece e ainda vem sido receitada por médicos para casos de obesidade de grau elevado e de déficit de atenção, mas o controle dos efeitos pós-uso ainda não foi adquirido. Não consuma a anfetamina sem a autorização ou indicação de um profissional da saúde, não ponha sua qualidade de vida em risco.

Exercícios físicos

Se você deseja emagrecer, a alternativa mais saudável ainda são os exercícios físicos. Antes de decidir pelo uso do remédio, busque as alternativas que mais favorecerão o seu bem estar no presente e no futuro. Lembre-se, modificar o seu corpo requer um compromisso de assumir novos hábitos e uma reeducação alimentar.

Onde comprar

A anfetamina pode ser adquirida em farmácias de remédios naturais e farmácias de manipulação. Sua compra só é autorizada mediante a apresentação do pedido médico, pois o mesmo descreverá as dosagens recomendadas e o nome do futuro consumidor da substância.

Você conhece alguém que já tomou anfetamina para emagrecer? O remédio funcionou mesmo, sem consequências? Você teria coragem de tomar? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (58 votos, média: 3,83 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário