Cápsulas de hibisco: como tomar para emagrecer?

Especialista da área:
atualizado em 18/05/2022

As cápsulas de hibisco são um suplemento alimentar, composto de extrato seco de hibisco (Hibiscus sabdariffa), uma planta medicinal utilizada para o emagrecimento, controle de pressão alta, colesterol e diabetes, para a desintoxicação do fígado e para a prevenção do envelhecimento precoce, como um antioxidante natural.

Esses benefícios provêm de sua composição rica em substâncias antioxidantes, flavonoides e ácidos orgânicos. 

  Continua Depois da Publicidade  

As cápsulas de hibisco são uma ótima opção para quem não tem tempo de preparar o chá com a flor seca, ou não aprecia o sabor da bebida. Além disso, ao tomar o hibisco em cápsulas, você consegue atingir a dose ideal diária com mais facilidade, do que na forma de bebida. 

Apesar de ser um suplemento seguro, que oferece poucos riscos, ele é contraindicado para algumas pessoas, como gestantes e quem tem pressão baixa.

Elas normalmente devem ser ingeridas de 1 a 2 vezes ao dia, quando o objetivo é emagrecer, dependendo da sua concentração. 

Entretanto, como o emagrecimento não depende apenas de um fator, a cápsula de hibisco deve entrar em um plano de emagrecimento como um facilitador do processo, que deve incluir a reeducação alimentar e a prática regular de exercícios físicos. 

Veja como você deve tomar as cápsulas de hibisco para emagrecer, quais são os benefícios e as contraindicações. 

  Continua Depois da Publicidade  

Como tomar as cápsulas de hibisco

capsulas de hibisco
As cápsulas de hibisco podem ter diferentes concentrações, e por isso depende da dosagem

Para se obter os benefícios do hibisco em cápsulas para o emagrecimento, você precisa tomar as cápsulas todos os dias e de forma contínua. Você encontra as cápsulas de hibisco em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação.

A dose diária ideal de hibisco para emagrecer é de 500 a 1000 mg

Para saber a quantidade de cápsulas que você deverá tomar, é necessário conferir a dosagem descrita no rótulo da embalagem do produto que você comprou.

  • Se a dose for de 500 mg, você pode tomar 2 cápsulas, de 12 em 12 horas. 
  • Se a dose for de 1000 mg, apenas uma cápsula por dia.

Recomenda-se tomar as cápsulas 20 minutos antes das principais refeições, por exemplo, antes do almoço e do jantar. 

O consumo de hibisco não deve ultrapassar 2000 mg ou 2 g por dia. 

Outros benefícios das cápsulas de hibisco

Ao tomar o hibisco em cápsulas diariamente, você pode usufruir de outros benefícios além do emagrecimento: 

  Continua Depois da Publicidade  

  • Diminuição da pressão arterial: para quem tem pressão alta, tomar as cápsulas de hibisco pode ajudar a controlá-la. 
  • Redução do inchaço e retenção de líquidos: o hibisco é um diurético natural e, por isso, ajuda a eliminar o líquido retido, desinchando o corpo e melhorando o aspecto da pele. 
  • Redução dos sintomas de má digestão: diminui a sensação de barriga inchada, excesso de gases intestinais e intestino preso. 
  • Desintoxicação do fígado: para quem faz tratamento contínuo com muitos medicamentos ou quem exagerou nos alimentos gordurosos e nas bebidas alcoólicas, as cápsulas de hibisco podem ajudar na desintoxicação do fígado.
  • Melhora do metabolismo: como o hibisco ajuda no controle da glicemia e colesterol no sangue, ele melhora o metabolismo, otimizando a queima de gordura. Por isso, as cápsulas de hibisco são tão utilizadas no emagrecimento
  • Retarda o envelhecimento: como o hibisco em cápsulas tem alta concentração de antioxidantes, especialmente vitamina C, ele ajuda no combate aos radicais livres e, portanto, previne o envelhecimento precoce. 

Efeitos colaterais

Hibisco
O hibisco pode trazer alguns efeitos colaterais e possui contraindicações

Se você deseja começar a utilizar as cápsulas de hibisco, preste atenção nos possíveis efeitos colaterais desse suplemento alimentar: 

  • Tontura
  • Fraqueza
  • Sonolência 
  • Náuseas
  • Diarreia
  • Desconforto intestinal
  • Queda excessiva da pressão arterial

Contraindicações

Se você tem pressão baixa, converse com um fitoterapeuta ou nutricionista antes de utilizar o suplemento, pois ele pode reduzir ainda mais a sua pressão, prejudicando a sua saúde.

Mesmo que você tenha uma pressão normal, atente-se a esse possível efeito colateral, para que o uso das cápsulas de hibisco não traga prejuízos à sua saúde e bem-estar.

Pessoas que fazem tratamento com medicamentos anticoagulantes também não podem tomar as cápsulas de hibisco. 

Gestantes e mulheres que estão amamentando também não devem usar as cápsulas de hibisco.

Algumas mulheres podem sentir que os sintomas da TPM pioram, quando fazem uso das cápsulas de hibisco nesse período do ciclo menstrual. Isso porque o hibisco pode influenciar a ação hormonal e resultar na intensificação dos sintomas. Uma alternativa é suspender o uso das cápsulas de hibisco nesse período. 

  Continua Depois da Publicidade  

Por causa dessa influência nos hormônios, o uso diário e contínuo de hibisco deve ser evitado por mulheres que fazem uso de pílula anticoncepcional ou que estejam tentando engravidar. 

No passado, ele foi usado como um método contraceptivo natural por algumas tribos, então, mesmo que seu efeito seja inferior aos métodos usados hoje, não é indicado misturar as duas substâncias. 

Fontes e referências adicionais

Você usa ou já usou hibisco para emagrecer? Já teve algum efeito colateral? Prefere usá-lo na forma de chá ou em cápsulas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Alexandre Seraphim

Dr. Alexandre Seraphim é Nutrologista - CRM 52.978779. Formou-se médico pela Universidade do Grande Rio e é pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. Possui diversos cursos na área de emagrecimento, hipertrofia e medicina ortomolecular que o qualificam ainda mais como um grande especialista da área. Para mais informações, entre em contato com ele em sua conta oficial no Instagram (@dr.alexandre.seraphim).

Deixe um comentário