Chocolate Libera Endorfina Mesmo?

Especialista:
atualizado em 19/12/2019

Chocolate é um alimento corriqueiro em pessoas que estão ansiosas, estressadas, precisando aliviar a TPM, esquecer os problemas ou relaxar, sabe por quê? Porque o chocolate libera endorfina, que causa sensação de prazer, relaxamento e bem estar nas pessoas.

Endorfinas são neurotransmissores que, basicamente, fazem as pessoas felizes. As endorfinas são substâncias químicas utilizadas por neurônios para se comunicar uns com os outros. Os neurotransmissores podem interferir nas sensações e ações das pessoas. Certos alimentos ou condições podem fazer com que estas substâncias químicas sejam liberadas, como é o caso do chocolate.

Chocolate libera endorfina? Como isso se explica?

A ligação entre o chocolate e endorfinas é forte porque o consumo deste alimento pode causar a liberação da substância. Quanto maior for a liberação, mais as endorfinas atuam no sistema nervoso, aumentando a probabilidade de causar sensações de euforia. As endorfinas também estão ligadas a outros alimentos e experiências. Uma pequena lista de exemplos inclui alimentos apimentados, que podem causar prazer sexual. É fácil perceber que o chocolate e as endorfinas não são o único par associado entre as influências externas e liberação química interna.

Devido à complexidade do sistema nervoso, a relação exata entre o chocolate e as endorfinas não é completamente compreendida. Na verdade, o mecanismo através do qual neurotransmissores em geral afetam o comportamento humano é também uma compreensão evolutiva.

Há, no entanto, uma quantidade significativa de pesquisas que descrevem a relação positiva entre o consumo de chocolate e liberação de endorfina. Talvez isso possa explicar a obsessão e o vício das pessoas por determinados alimentos, incluindo chocolate. Existe, inclusive, uma designação para quem cria dependência de chocolate, sendo denominados chocólotras. Entende-se que as pessoas que adquirem dependência ficam viciadas pelas sensações de bem estar propiciadas, e não pelo alimento em si, o mesmo que acontece em dependência de drogas. Porém, drogas são prejudiciais à saúde, enquanto que o chocolate só faz mal se for consumido de forma exagerada.

Essa afirmação de que o chocolate libera endorfina permite a classificação de chocolate como um alimento psicoativo, significando que afeta a psique. É derivado de grãos de cacau e comumente alterados durante a produção para se tornar o que muitos consideram o verdadeiro chocolate. Este alimento está disponível em uma quantidade aparentemente infinita de variedades e é frequentemente combinado com outros alimentos doces para criar novas receitas culinárias ou até mesmo na forma de molhos acompanhando carnes nobres. O chocolate pode ser usado derretido em diferentes coberturas de bolo, na preparação de trufas, pão de mel, mousse, torta e outros quitutes.

Pesquisas revelam que chocolate libera endorfina mesmo

Pesquisadores confirmaram que comer chocolate faz com que o cérebro libere endorfina. As pessoas costumeiramente necessitam de chocolate para atenuar momentos de estresse, ansiedade e dor, pois sabe-se que o chocolate atua como uma espécie de analgésico natural.

Outros pesquisadores também disseram que o chocolate contém substâncias que podem mimetizar os efeitos da maconha, aumentando o prazer ao comer este alimento. Os ingredientes podem fazer a textura, cheiro e sabor do chocolate mais agradáveis e combinar com outros ingredientes como cafeína para fazer uma pessoa se sentir bem.

Porém, um pesquisador que estuda os efeitos químicos da maconha no cérebro afirma que o chocolate contém níveis tão baixos de ingredientes que ele duvida que tenham qualquer efeito. Descobriu-se que o chocolate contém anandamida, que também é produzida naturalmente no cérebro e que ativa as mesmas regiões no cérebro que a maconha. Nas pesquisas também foram encontrados dois ingredientes do chocolate que inibem a degradação natural da anandamida, que pode levar a altos níveis de anandamida no cérebro, fazendo com que seus efeitos sejam mais prolongados.

Outros pesquisadores acreditam que o desejo por comer chocolate tem a ver com a serotonina, uma substância química do cérebro que faz com que as pessoas se sintam bem e relaxadas. A serotonina é liberada quando se consome chocolate e é por isso que muitas pessoas viciam nessa guloseima.

O ideal é consumir porções pequenas de chocolate uma vez ao dia para se beneficiar das sensações causadas pelo alimento. O problema está no exagero do consumo. Prefira opções meio amargas, pois são mais saudáveis para o coração.

Você sente essa sensação de prazer e relaxamento quando come chocolate? Acha que pode ser considerado um chocólatra? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário