Citrus Aurantium (Laranja Amarga): O Que é, Para Que Serve e Efeitos Colaterais

Especialista:
atualizado em 24/07/2020

Presente em muitos suplementos, especialmente os relacionados a emagrecimento, o citrus aurantium tem ficado mais conhecido. Mas o que é exatamente isso? Para que serve? Tem efeitos colaterais? E como tomar para obter os benefícios?

Citrus aurantium (laranja amarga ou bitter orange). O que é?

O Citrus aurantium, também conhecido como laranja amarga (bitter orange) ou de Sevilha é uma fruta cítrica importante em dietas para perda de peso por sua capacidade de favorecer o aumento do metabolismo e supressão o apetite, e seus benefícios vêm conquistando cada dia mais a indústria da nutrição.

Da laranja amarga aproveita-se tudo: Casca, flor, folha, frutas e suco. Os extratos da fruta também são comercializados sob o nome comercial Advantra Z, um suplemento voltado para o emagrecimento. 

A laranja amarga é uma fonte rica em vitaminas e minerais, e contém substâncias que servem como coadjuvante para perda de peso além de trazer muitos outros benefícios adicionais à saúde​​.

Uma fruta oferece cerca de 72 miligramas de vitamina C, 8 gramas de carboidratos e 40 miligramas de cálcio. Essa quantidade de vitamina C é mais do que a ingestão diária recomendada.

Em lojas de produtos naturais, é muito comum encontrar suplementos de Bitter Orange disponíveis na forma de comprimidos, extratos, óleos e cápsulas de uso oral.

Uma fruta cujos benefícios são conhecidos e usados em todo o mundo

Na medicina popular chinesa, laranja amarga era usada na antiguidade na forma de tônico para tratar dispepsia e flatulência. E o fruto seco era usado para tratar doenças que causavam flacidez do útero e do ânus e para aliviar distensão abdominal e diarreia.

O óleo e as flores da laranja amarga têm sido usados na Europa ​​como um sedativo e como preventivo para males do estômago, problemas nervosos, gota, dor de garganta, e insônia. A planta também é usada para o tratamento do choque tóxico e anafilático e doenças cardíacas.

Espanhóis e Portugueses trouxeram as laranjas amargas para as Américas durante a colonização do continente e na medicina popular brasileira ela foi adotada no combate a convulsões e para tratar ansiedade e insônia.

Óleo de laranja amarga é amplamente usado para dar sabor a produtos alimentícios, bebidas alcoólicas e não alcoólicas, sobremesas lácteas congeladas, doces, assados, gelatinas, carnes e condimentos.

No Haiti a planta tem sido utilizada como antisséptico e purgante e, na Turquia, como narcótico, sedativo, e no tratamento do escorbuto. Em outros países a planta também é usada como um remédio para o tratamento de doenças de pele causadas por fungos, e a tintura ou extrato, no tratamento da azia.

Como o citrus aurantium (laranja amarga) age na perda de peso?

O citrus aurantium, cujo composto ativo é a sinefrina, tem a capacidade de aumentar a termogênese, ou seja, a capacidade do corpo para utilizar as calorias armazenadas para a geração de energia.

As substâncias ativas da laranja amarga, especialmente a sinefrina, agem como um estimulante leve que parecem aumentar a taxa metabólica, favorecendo o gasto calórico e a perda de peso.

Substituto da Efedrina?

O extrato feito a partir da casca do fruto é utilizado como uma alternativa a substância efedra (Ephedra sinica), conhecida como efedrina, usado em muitos suplementos alimentares e produtos para perda de peso à base de plantas.

Em 2004, o departamento americano de controle de medicamentos proibiu a venda de suplementos que contivessem efedrina (princípio ativo da efedra), por causa dos efeitos colaterais letais que este pode causar.

Muitos fabricantes de suplementos para a perda de peso passaram então a usar extrato de laranja amarga para substituir a efedrina nas suas fórmulas.

Estudos sobre o Citrus aurantium (laranja amarga ou bitter orange) como aliado na perda de peso

O uso do Citrus aurantium como erva medicinal é milenar na China. Foi devido ao uso popular da fruta que nutricionistas se interessaram em estudar e experimentar os seus benefícios para a saúde e, entre outros, descobriram a sua capacidade de ajudar a controlar o ganho de peso.

Foi em 1999 que se descobriu o efeito do citrus aurantium para perda de peso. Neste ano foi feito o primeiro registro de uma pesquisa onde um grupo que recebeu os suplementos de laranja amarga mostrou uma sensível diminuição da massa de gordura no organismo.

Impulsionado pelo sucesso deste primeiro estudo, o Departamento de Fisiologia, Patologia e Medicina da Georgetown University, em Washington, EUA desenvolveu um novo estudo mais detalhado em 2002, entitulado “Uma visão global sobre o citrus aurantium como termogênico, redutor de peso e substituto para a efedrina”.

De acordo com o este estudo, o citrus aurantium pode realmente ser um substituto viável para a efedrina sem muitos dos efeitos colaterais que a maioria dos medicamentos oferecidos pela indústria farmacêutica já havia produzido até então.

Uma revisão de estudos científicos publicada em 2012 no International Journal of Medical Sciences mostrou que o uso de Bitter Orange isolado ou em conjunto com outros compostos aumentaram a taxa metabólica de repouso – que representa a energia gasta pelo corpo em repouso apenas para manter suas funções fisiológicas – de forma significativa.

No entanto, nenhum estudo analisando apenas o papel da laranja amarga de forma isolada foi encontrado e os resultados que indicam uma perda de peso considerável usaram uma mistura de sinefrina (substância ativa da laranja amarga) com outras substâncias ou ervas medicinais, o que dificulta descobrir qual deles é o responsável pelos efeitos observados.

Mas lembre-se, só porque um suplemento de ervas pode ser natural, não significa que é 100% seguro, por isso é recomendado que você busque uma avaliação médica antes de iniciar o consumo.

A laranja amarga pode preservar a massa muscular

Uma pesquisa recente sugere que a ingestão de extrato de citrus aurantium ajuda a mobilizar as gorduras armazenadas usando-as como combustível durante os exercícios físicos.

O extrato age aumentando a reserva de energia necessária para tonificar os tecidos musculares que estão sendo trabalhados.

Além disso, os pesquisadores acreditam que ao estimular a termogênese, ele ajuda a aumentar a queima de ácidos graxos reservados na forma de gordura corporal, poupando, assim, tecidos musculares que são geralmente perdidos junto com a perda de peso.

Como utilizar a laranja amarga (bitter orange)

Suco

O suco da fruta é benéfico e seguro para a saúde como qualquer outro tipo de suco cítrico, desde que não seja ingerido em excesso.

Um estudo publicado em 2006 no Journal of Guilan University of Medical Sciences mostrou que tomar um copo de suco de laranja amarga por dia durante 4 semanas foi capaz de reduzir a glicemia em jejum em 9% dos participantes do estudo que eram diabéticos do tipo 2.

Suplemento de uso oral

A laranja amarga para fins medicinais e para o emagrecimento é encontrada na forma de comprimido, extrato, pó ou cápsula de gel.

Não existe padronização de dosagem porque não há estudos suficientes sobre o suplemento, mas é importante nunca exceder a dose recomendada no rótulo do produto ou indicada por um médico e sempre procurar suplementos que sejam aprovados por órgãos competentes como a Farmacopeia Americana (USP) ou pela Anvisa, por exemplo.

Uso em aromaterapia

O óleo essencial de laranja amarga pode ser usado em aromaterapia por meio de um difusor ou de um inalador.

Uso tópico

Para uso tópico, é indicado misturar 1 ou 2 gotas de um óleo transportador – como o óleo de coco ou o óleo de amêndoas, por exemplo – antes da aplicação na pele.

É considerado seguro aplicar o óleo de laranja amarga na pele na concentração máxima de 5%, que é equivalente a misturar 30 gotas de óleo de laranja amarga em 30 mL de um óleo transportador de sua preferência.

Para que serve cada parte da laranja amarga (citrus aurantium)

A Casca

A casca de laranja amarga pode ser aplicada para casos de inchaço e sangramento provenientes de processos inflamatórios da pálpebra e da retina no olho.

Ela também é usada em casos de indisposição causada por resfriados; dores de cabeça; dores de estômago, congestão nasal, dores musculares, dos nervos e articulações, fadiga crônica, inchaço das veias (flebite), e escaras.

A casca seca da laranja amarga também é usada como tempero em alguns países.

O Óleo

O óleo essencial de citrus aurantium é feito a partir das folhas da planta. Ele é conhecido por sua atividade antioxidante e antibacteriana.

Na aromaterapia o óleo essencial de laranja amarga é aplicado à pele e também inalado como um analgésico.

Algumas pessoas usam o óleo para tratar anemia, para limpar as impurezas da pele, sobre queimaduras.

Na indústria de alimentos o óleo de laranja amarga é usado como aromatizante e na indústria química é empregado em produtos farmacêuticos, cosméticos e sabonetes.

O Fruto

Devido ao seu sabor azedo e amargo, raramente come-se o fruto propriamente dito, embora ele seja apreciado em países como Irã e México.

Geralmente a polpa e o suco são usados para fazer geleias e licores como Triple Sec, Grand Marnier, Cointreau, e Curaçao. Na medicina asiática, o fruto verde é seco e ingerido principalmente para tratar distúrbios digestivos.

As Flores

No oriente médio as flores de citrus aurantium são usadas há milênios para se fazer um extrato chamado Orange-flower water (água de flores de laranja, na tradução livre). O extrato é usado para aromatizar doces e pratos da culinária tradicional.

Riscos

Apesar de o suco ser seguro, pouco se sabe sobre a eficácia e a segurança dos suplementos de Bitter Orange.

Segundo um estudo publicado em 2017 no periódico científico Phytotherapy Research, foi observado que o risco é ainda maior quando a Bitter Orange é tomada em conjunto com a cafeína. Isso porque tanto a sinefrina quanto a cafeína são substâncias estimulantes e combiná-las pode ser muito perigoso para a saúde.

Efeitos colaterais do Citrus aurantium – Por que a suplementação com laranja amarga pode ser perigosa?

A laranja amarga (synephrine) foi considerada uma substância proibida pela National Collegiate Athletic Association (Sociedade Atlética Nacional Americana), por ser considerada um agente de aumento da frequência cardíaca e da pressão sanguínea nas pessoas.

As associações desportivas alertam para o fato que apenas uma única dose do produto pode acusar positivo em um teste de anfetamina.

De fato, é possível encontrar na literatura médica documentos que apontam para uma eventual toxicidade cardiovascular atribuída ao citrus aurantium que poderia causar vasoconstrição, bem como aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial. 

Por causa destes possíveis efeitos aconselha-se que o uso de suplementos contendo citrus aurantium seja evitado em pacientes com hipertensão, arritmia ou glaucoma.

Devido à falta de comprovações sobre a segurança no consumo de Citrus aurantium, é recomendado que gestantes e mulheres em fase de amamentação evitem o consumo de produtos que possuam laranja amarga em sua composição.

Ainda são necessárias pesquisas adicionais para que se chegue a conclusões mais profundas a respeito dos benefícios e efeitos colaterais do citrus aurantium.

Interações com medicamentos

A eficácia dos seguintes medicamentos pode ser prejudicada pelo uso da laranja amarga:

  • Antidepressivos da classe dos inibidores da monoamina oxidase como a selegilina, a isocarboxazida, a fenelzina e a tranilcipromina;
  • Benzodiazepínicos como o midazolam e o triazolam.

Além de prejudicar a eficácia, a laranja amarga pode interagir com tais medicamentos aumentando o risco de efeitos colaterais.

Avaliação médica

Se você deseja consumir laranja amarga, ou se você já consumiu, busque o acompanhamento de um profissional da saúde, pois ele poderá esclarecer dúvidas e fazer recomendações cabíveis à sua condição de saúde, assim evitando possíveis consequências negativas.

Fontes e Referências Adicionais:
  1. Fugh-Berman, Adriane, and Adam Myers. “Citrus aurantium, an ingredient of dietary supplements marketed for weight loss: current status of clinical and basic research.” Experimental biology and medicine 229.8 (2004): 698-704.
  2. Calapai, Gioacchino, et al. “Antiobesity and cardiovascular toxic effects of< i> Citrus aurantium</i> extracts in the rat: a preliminary report.” Fitoterapia 70.6 (1999): 586-592.
  3. Bent, Stephen, Amy Padula, and John Neuhaus. “Safety and efficacy of citrus aurantium for weight loss.” The American journal of cardiology 94.10 (2004): 1359-1361.
  4. Haaz, S., et al. “Citrus aurantium and synephrine alkaloids in the treatment of overweight and obesity: an update.” Obesity reviews 7.1 (2006): 79-88.
  5. Stohs, Sidney J. “Problems with Citrus aurantium Information in “A Review on Botanical Species and Chemical Compounds with Appetite Suppressing Properties for Body Weight Control”.” Plant foods for human nutrition 68.3 (2013): 329-331.
  6. https://nccih.nih.gov/health/bitterorange
  7. https://nutritionreview.org/2013/04/beyond-ephedra-bitter-orange-citrus-aurantium/
  8. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16317106
  9. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3444973/
  10. https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/ptr.5879
  11. https://ntp.niehs.nih.gov/ntp/htdocs/chem_background/exsumpdf/bitterorange_508.pdf
  12. https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-976/bitter-orange
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (141 votos, média: 3,82 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Citrus Aurantium (Laranja Amarga): O Que é, Para Que Serve e Efeitos Colaterais”

  1. Boa tarde, uso fluoxetina 20 mg 2× ao dia posso usar o citro aurantyum como pre treino?
    Obrigada fico no aguardo.