Comer Tapioca Antes do Treino é Bom?

Especialista da área:
atualizado em 24/12/2019

Quem deseja perder peso e/ou ganhar músculos provavelmente já sabe que uma das estratégias indicadas para alcançar o objetivo é a prática regular de treinamentos físicos.

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, não basta somente treinar, é necessário que a alimentação esteja de acordo com o propósito em questão para que o mesmo seja efetivamente atingido. Isso nos leva a uma série de detalhes como quais alimentos devem fazer parte da dieta, quais devem ser evitados, quais devem ser excluídos e quais são mais apropriados para cada período do dia.

Até porque diferentes momentos exigem diferentes tipos de refeições – as necessidades energéticas do nosso corpo mudam conforme a hora do dia.

Por exemplo, o que precisamos pela manhã, logo ao acordar depois de passar uma noite sem comer nada e tendo um dia cheio de atividades pela frente, é bem diferente do que o nosso organismo requer no período noturno, próximo ao descanso e depois de já termos fornecido uma série de alimentos ao nosso corpo.

Além das refeições básicas como café da manhã, almoço, jantar e lanchinhos ao longo do dia, quem pratica treinamentos físicos com regularidade também precisa se preocupar com o que comer antes e depois dos exercícios físicos.

Será que tapioca antes do treino faz bem? 

Sim, comer tapioca antes do treino é bom. Alimentos ricos em amido como a tapioca são recomendados para fazer parte da refeição antes do treino.

Outros alimentos ricos em amido que também podem ser utilizados no mesmo sentido são: batatas, arroz e banana.

Os carboidratos

A tapioca é um alimento rico em carboidratos – uma porção de 60 g ou três colheres de sopa pode apresentar 36 g de carboidratos.

O nutriente mais importante para a refeição antes do treino é justamente o carboidrato. Vale lembrar que os carboidratos funcionam como fonte de energia para o corpo humano.

Para antes da corrida, recomenda-se a ingestão de alimentos com carboidratos de absorção rápida como é o caso justamente da tapioca, além de alternativas como a batata doce e o pão branco.

  Continua Depois da Publicidade  

Eles devem ser acompanhados de uma fonte de proteínas, como o leite e seus derivados, atum, peito de peru, whey protein, por exemplo, e ser consumidos de 30 a 40 minutos antes da execução do treinamento de corrida.

O consumo da tapioca antes do treino mais intenso, como a prática de lutas, também é indicado, ressaltando que a refeição pré-treino para esse tipo de atividade deve ser ainda mais reforçada.

Nesse caso, os carboidratos devem ser ricos em fibras – por isso, uma de suas indicações para esse tipo de treinamento foi a tapioca com chia ou linhaça. Outros alimentos sugeridos para a refeição antes de um treinamento mais intenso são o pão integral e a aveia em flocos.

A refeição pré-treino para esses exercícios mais intensos deve acontecer entre uma hora e uma hora e meia antes da realização da atividade.

Sobre o teor de carboidratos a serem ingeridos, isso depende de acordo com o tipo, o horário, a duração e a intensidade do treinamento que será praticado.

Portanto, vale a pena contar com o auxílio de um nutricionista para ajudar a montar uma refeição pré-treino adequada às características da sua malhação.

Alimento de fácil digestão

A tapioca é conhecida por cair bem no estômago e muitas pessoas a consideram mais fácil de ser digerida do que as farinhas preparadas à base de grãos ou nozes.

O alimento pode ser recomendado como uma fonte de calorias e energia durante períodos de complicações digestivas que podem surgir em decorrência de condições como a síndrome do intestino irritável e a diverticulite.

  Continua Depois da Publicidade  

Obviamente, não estamos nos referindo aqui ao hábito de se empanturrar de tapioca pois provavelmente isso provocará problemas, tendo em vista que comer qualquer coisa em excesso não costuma fazer bem.

O que tudo isso tem a ver com o período anterior ao treino? Pense bem, você não vai querer fazer uma refeição que caia mal e seja complicada de ser digerida, fazendo com que você sinta dor de estômago ou de barriga bem antes ou na hora do treinamento, não é mesmo?

Até porque se isso acontecer, é provável que você fique bastante incomodado com as dores e não consiga executar os exercícios da maneira que deveria.

A importância de comer antes do treino

Alimentar-se antes de praticar exercícios físicos contribui com a queima de gorduras e com a preservação de massa magra.

Apesar disso, existem algumas pessoas que acreditam que praticar atividades aeróbicas em jejum pode fazer com que elas queimem uma quantidade maior de gorduras.

Entretanto, quando o praticante faz o exercício aeróbico alimentado e come ao longo do dia, o treinamento é mais eficiente, já que não acontece a perda de massa muscular.

Treinar sem se alimentar pode também provocar uma queda nos níveis de glicose e fazer com que a pessoa passe mal, provocando vômito e moleza ao longo do dia. Ao ficar sem comer, o praticante também não consegue manter um bom desempenho durante a prática de seu treinamento.

Considerações

Mais importante do que saber se é uma boa comer tapioca antes do treino ou não é compreender como toda a alimentação deve funcionar de modo que os objetivos sejam alcançados de maneira segura e saudável.

Para isso, vale a pena contar com o acompanhamento de um bom nutricionista que, depois de escutar quais são as suas metas, poderá indicar qual programa alimentar é o mais apropriado para o seu caso e como você pode utilizar a tapioca antes do seu treino.

Isso é importante para garantir que ao mesmo tempo que auxilie a atingir os seus objetivos, a alimentação sirva adequadamente a saúde do seu organismo, fornecendo os nutrientes e a energia que o seu corpo necessita para funcionar direitinho.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você tem o costume de comer tapioca antes do treino? Acredita ser uma boa opção para este momento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (15 votos, média 4,27)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

2 comentários em “Comer Tapioca Antes do Treino é Bom?”