Dipirona aumenta a pressão arterial? Cuidados e dicas

Especialista da área:
atualizado em 14/12/2021

A dipirona pode causar alguns efeitos colaterais, mas será que o aumento da pressão arterial é um deles?

  Continua Depois da Publicidade  

Antes de mais nada, é importante saber que a dipirona é indicada em quadros de gripe, resfriado, dor de cabeça, recuperação pós-operatória e outras condições que causam dor e/ou febre.

Isso porque esse remédio é um anti-inflamatório, analgésico e antitérmico, que atua reduzindo a produção de substâncias que geram sintomas como a dor e a febre.

Embora pareça inofensiva, a dipirona é um medicamento como qualquer outro e pode causar efeitos colaterais. Apesar de a pressão alta não ser um efeito comum, há alguns casos isolados em que isso pode acontecer. Entenda o motivo.

Dipirona aumenta a pressão arterial?

Pressão arterial

Em geral, a dipirona não eleva a pressão. Aliás, algumas pessoas podem ter uma reação hipotensão, ou seja, uma queda de pressão logo depois de tomar a dipirona.

O que acontece é que o remédio pode causar reações anafiláticas leves, com sintomas como prurido, ardor, urticária, edema, dispneia e desconfortos gastrointestinais. Quando observadas, essas reações ocorrem na primeira hora após o uso da dipirona ou algumas horas mais tarde.

E em alguns casos, tais reações evoluem para problemas mais graves, como por exemplo a queda de pressão, que curiosamente pode ser precedida por um aumento da pressão arterial sanguínea. 

  Continua Depois da Publicidade  

De acordo com a bula do remédio, o exemplo acima é o único caso em que a dipirona pode aumentar a pressão. 

Cuidados e dicas

Dipirona

Apesar de não causar pressão alta, a dipirona pode gerar efeitos colaterais desagradáveis e, em alguns casos, até mesmo perigosos para a saúde.

Alguns deles são dor no estômago, má digestão, diarreia, urina com sangue, pressão baixa, ardência, irritação na pele e arritmia cardíaca.

Também é importante observar sintomas de reação alérgica à dipirona, que podem incluir tosse, inchaço na boca ou no rosto, vermelhidão, bolhas na pele e dificuldade para respirar.

O remédio pode levar de 30 a 60 minutos para começar a agir no organismo e seu efeito antipirético e analgésico dura cerca de 4 horas. Assim, tenha paciência e só tome a dose seguinte no horário indicado na bula ou recomendado pelo seu médico. 

Além disso, evite usar a dipirona se não houver necessidade. E se você tem algum problema de saúde crônico que necessita de tratamento, é bom conversar com seu médico antes de tomar qualquer remédio.

  Continua Depois da Publicidade  

Por último, vale destacar que outros medicamentos que você toma podem interagir de forma negativa com a dipirona. Por isso, não deixe de consultar um profissional da saúde para te orientar sobre o que fazer ao sentir dor e febre.

Fontes e referências adicionais

Você já sentiu algum efeito colateral depois de tomar dipirona? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto ainda)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco é Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral - CRM 597798 RJ/ CBCD. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr. Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico-cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. Além disso é diretor médico do Instituto de Transplantes. Suas áreas de atuação principais são: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia, e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

Deixe um comentário