Extensão de tríceps em pé usando elástico – Como fazer e erros comuns

Especialista da área:
atualizado em 07/06/2022

A extensão de tríceps em pé usando elástico é um exercício ótimo para fortalecer o tríceps. 

O exercício de extensão de tríceps em pé com elástico acima da cabeça é uma outra forma de trabalhar o tríceps, mas a principal diferença é a posição em que eles são feitos. 

  Continua Depois da Publicidade  

No caso da extensão de tríceps em pé usando elástico, o posicionamento é a chave para torná-lo mais desafiador, já que é preciso fazer força contra a ação da gravidade. Assim, ele é ótimo para ativar bem o músculo e ainda serve para variar os exercícios de tríceps no treino.

Vale lembrar que treinar o tríceps é importante para movimentos de puxar e empurrar que costumam ser bem comuns no dia a dia.

Além disso, ter tríceps fortes ajuda a ter um melhor desempenho em esportes que usam muito os braços, como os de arremesso, por exemplo. 

Outro benefício de estimular o tríceps é diminuir a flacidez debaixo do braço que costuma incomodar algumas pessoas com o passar do tempo.

Como fazer extensão de tríceps em pé usando elástico

Extensão de tríceps em pé com elástico

Para esse exercício, você vai precisar de uma faixa elástica de resistência. Por precisar de apenas um elástico, a extensão de tríceps pode ser feita em qualquer lugar.

  Continua Depois da Publicidade  

Antes de mais nada, fique em pé e coloque um pé mais à frente do outro. Deixe os joelhos flexionados. Prenda o meio do elástico com o pé da frente e segure uma ponta em cada mão.

Então, incline o tronco para a frente em um ângulo de 45 graus mantendo a cabeça alinhada com a coluna. Em seguida, flexione os braços de modo que os cotovelos fiquem atrás da linha da coluna e as mãos à frente do corpo.

Agora, estenda os braços para trás puxando o elástico. Volte para a posição inicial flexionando os cotovelos para a frente. Repita até completar sua série. 

Erros comuns

Tríceps com elástico
É muito importante manter a cabeça alinhada com a coluna e não curvar as costas durante o movimento

Os erros que você precisa evitar para ter bons resultados no desenvolvimento e hipertrofia muscular do tríceps são os seguintes.

Erro 1: Movimentar os cotovelos

É preciso travar os cotovelos ao lado do corpo para ativar e isolar o tríceps durante o exercício. Isso significa que você deve evitar que os cotovelos se movimentem para a frente e para trás ou que se afastem muito do centro do corpo. 

Se você não travar os cotovelos, o exercício vai ativar outros músculos além do tríceps, reduzindo a tensão no músculo alvo. 

  Continua Depois da Publicidade  

Erro 2: Usar uma faixa muito resistente

Existem faixas de resistência para todos os gostos e tipos físicos. Mas se você escolher uma resistência muito alta logo de cara, isso pode prejudicar sua postura e resultar em dores e lesões.

Erro 3: Não alinhar a cabeça com a coluna

A cabeça não deveria mexer durante a extensão de tríceps. De fato, manter a cabeça alinhada ao tronco é importante para a prevenção de dores e lesões na coluna e no pescoço.

Além de se concentrar para manter a cabeça no lugar, vale a pena ajustar a postura abrindo bem o peitoral e os ombros.

Erro 4: Curvar as costas

Arquear as costas na extensão de tríceps prejudica a postura. Além disso, o mau posicionamento também sobrecarrega as articulações das costas e dos ombros.

Para ajudar a manter a postura correta, contraia o abdômen durante a execução do exercício. Além de realizar o movimento corretamente, você também protege a sua lombar. 

No caso de desconfortos ou dúvidas, peça orientação para o seu professor de educação física. 

  Continua Depois da Publicidade  

Fontes e referências adicionais

Você se preocupa em manter a boa postura na hora de fazer exercícios como o tríceps com elástico? Tem alguma outra preferência de exercícios de tríceps? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é Personal Trainer - CREF 1859 G/SE. Formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário