Famox

Famotidina Emagrece? Efeitos Colaterais e Para Que Serve

Famotidina ou Famox é um medicamento de uso oral e adulto que pode ser encontrado em embalagens contendo 10 comprimidos de 20 mg ou 40 mg, conforme informou a bula do remédio disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Sua comercialização é permitida somente mediante a apresentação da receita médica.

Para que serve Famotidina? 

O medicamento é indicado para os casos de úlcera duodenal e gástrica benigna e para a prevenção do reaparecimento da úlcera duodenal, além de poder ser utilizado em condições de hipersecreção como esofagite de refluxo, gastrite e síndrome de Zollinger-Ellison. As informações são da bula disponibilizada pela Anvisa.

A Famotidina emagrece? 

Para sabermos se a Famotidina emagrece, também precisamos conferir o que a bula disponibilizada pela Anvisa diz a respeito. E, de acordo com as informações do documento, podemos afirmar que o remédio pode provocar a perda de peso.

Isso porque a lista que traz os efeitos colaterais de Famox/Famotidina apresenta a anorexia (redução ou perda de apetite) como uma das possíveis reações que o medicamento pode provocar.

O efeito aparece mencionado na categoria das reações adversas citadas pela literatura que possuem frequência desconhecida, ou seja, não sabemos em que porcentagem de pacientes que utilizaram o remédio a anorexia já foi observada.

O que sabemos é que a anorexia trata-se de um distúrbio alimentar em que o peso excessivamente baixo é experimentado, portanto, isso pode nos levar a concluir que a Famotidina emagrece, ainda que não possamos dizer que isso aconteça em todos os casos e para todas as pessoas que utilizam a substância.

Portanto, nada de tomar o remédio sem que ele tenha sido prescrito pelo médico simplesmente porque quer diminuir o apetite para emagrecer. Vale a pena ficar atento aos primeiros sinais de diminuição do apetite e informar ao médico a respeito disso para saber como proceder e o que fazer para evitar um quadro de anorexia.

Efeitos colaterais

Conforme a bula disponibilizada pela Anvisa, Famotidina pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

  • Reações de natureza alérgica como asma brônquica, principalmente em pessoas que tenham alergia ao ácido acetilsalicílico, no caso de Famox/Famotidina 20 mg, que contém corante amarelo de Tartrazina;
  • Dor de cabeça;
  • Diarreia;
  • Constipação – prisão de ventre;
  • Tontura;
  • Síndrome de Stevens-Johnson (doença grave e rara da pele e das membranas mucosas que podem causar bolhas e erupção cutânea, de acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein);
  • Rash cutâneo e/ou urticária – aparecimento de manchas e lesões (pápulas) na pele e/ou coceiras;
  • Exantema – manchas avermelhadas;
  • Ansiedade;
  • Palpitações;
  • Bradicardia e/ou bradiarritmias – diminuição da frequência cardíaca;
  • Pneumonia intersticial;
  • Neutropenia e/ou trombocitopenia – diminuição do número de neutrófilos (fazem parte dos leucócitos, os glóbulos brancos, segundo o site Tua Saúde) e/ou do número de plaquetas no sangue;
  • Hiperprolactinemia e/ou galactorreia – elevação da produção do hormônio prolactina e/ou da produção de leite pelas glândulas mamárias em pacientes que não encontram-se em processo de amamentação;
  • Boca seca;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Desconforto ou distensão abdominal;
  • Hepatomegalia – aumento do tamanho do fígado;
  • Icterícia colestática – coloração amarelada da pele;
  • Elevações de bilirrubinas e fosfatase alcalina (enzima que pode indicar a presença de doenças).

Ao experimentar qualquer uma dessas ou outros tipos de reações, o paciente deve procurar imediatamente a ajuda do médico responsável pelo tratamento para saber como proceder.

Contraindicações e cuidados com Famotidina 

O remédio é contraindicado para pessoas que sofram com hipersensibilidade a algum dos componentes de sua fórmula e também não deve ser utilizado por mulheres que estejam grávidas ou em processo de amamentação de seus bebês.

Antes do início da terapia com o medicamento para úlcera gástrica, a malignidade gástrica deverá ser eliminada. Além disso, o tratamento dos pacientes com alteração nas funções do fígado ou dos rins com Famox/Famotidina exige cautela por parte dos médicos.

Caso esteja fazendo uso de qualquer tipo de remédio, é fundamental que o paciente informe ao médico a respeito disso para que o profissional possa determinar se existem riscos de interação entre Famox/Famotidina e o remédio em questão.

Você já tinha ouvido falar que a Famotidina emagrece? Conhece alguém que tenha tomado esse medicamento e sofrido efeitos colaterais? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*