Forxiga emagrece? Como funciona e dicas

Especialista da área:
atualizado em 03/02/2022

Será que o Forxiga emagrece, mesmo sendo um medicamento que não tem diretamente essa finalidade? Veja a seguir as respostas para essa pergunta.

No ano de 2013, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou o remédio Forxiga, também conhecido pelo nome de Dapagliflozina, para o tratamento de diabetes.

  Continua Depois da Publicidade  

Ele é comercializado em embalagens de 14 ou 30 comprimidos de 5 mg e 10 mg. Além de possibilitar maior controle da doença, houve grande interesse pelo consumo após estudos mostrarem que Forxiga emagrece.

Para que serve Forxiga?

forxiga antidiabético

Forxiga destina-se a cuidar da diabetes já que seu objetivo é reduzir os níveis de açúcar no sangue. Embora o medicamento seja recomendado para pessoas com diabetes de tipo 2, ele já vem sendo usado também para pessoas com diabetes do tipo 1.

Entretanto, ele não é indicado para pessoas com cetoacidose diabética, uma condição em que os níveis de glicose no sangue de um diabético estão muito elevados.

Como Forxiga funciona?

O remédio bloqueia uma proteína, o cotransportador sódio-glicose (SGLT) 2, cuja função é a reabsorção de glicose por parte do rim. Uma vez que Dapagliflozina impede que o açúcar volte ao rim, ele é eliminado pela urina, o que propicia a diminuição dos níveis de glicose no sangue.

Associado a uma dieta apropriada e a prática de exercícios físicos, a expectativa é que Forxiga melhore o controle dos níveis de açúcar no sangue. Quando essa combinação não é suficiente, pode ser adicionada outra substância ao tratamento para trazer os resultados esperados.

  Continua Depois da Publicidade  

Forxiga emagrece mesmo?

É possível dizer que Forxiga emagrece porque ao controlar os níveis de açúcar no sangue, o medicamento evita os picos e quedas bruscas de glicose que podem estar por trás do aumento de apetite, que é um dos grandes vilões na vida de quem não consegue manter-se no peso adequado e/ou deseja emagrecer.

Além disso, estudos já mostraram como essa perda de peso pode ocorrer na prática. Um deles avaliou dois grupos de pessoas: um deles recebeu um placebo, um produto sem propriedades farmacológicas, enquanto o outro ingeriu Forxiga.

O resultado foi que os pacientes medicados com Dapagliflozina (Forxiga) eliminaram 3 kg a mais do que os participantes que ficaram com o placebo. A diferença de Forxiga para outros remédios que tratam a diabetes está no seu mecanismo de ação. Por exemplo, o grupo das sulfonilureias reduz as taxas de glicose no sangue por aumentar os níveis de insulina, ao mesmo tempo em que promove o ganho de peso.

Em outra pesquisa, todos os participantes receberam uma substância chamada cloridrato de metformina. Depois disso, eles foram divididos em dois grupos, em que um recebeu Forxiga e outro tomou um remédio que libera insulina (Glipizida sulfonilureia). Ao final do experimento, os cientistas observaram que as pessoas que tinham ingerido Dapagliflozina perderam, em média, cinco quilos.

Ok, estudos mostram que Forxiga emagrece, mas isso não significa que quem deseja simplesmente perder peso e não é portador de diabetes do tipo 2 deve usar o medicamento. Primeiro, porque estamos falando de um remédio que deve ser prescrito pelo médico. Segundo, porque pode trazer efeitos colaterais.

Quer emagrecer? Então trate de fazer isso com saúde, melhorando a qualidade da alimentação e praticando atividades físicas com regularidade.

  Continua Depois da Publicidade  

Vídeo explicativo do Forxiga

Neste vídeo o professor de endocrinologia da PUC-RJ mostra como Forxiga emagrece, explicando seu mecanismo de ação.

Efeitos colaterais

Em geral o medicamento é bem tolerado. Confira abaixo a lista com os possíveis efeitos colaterais do uso do Dapagliflozina:

  • Infecção genital
  • Infecção do trato urinário
  • Irritação nos órgãos genitais
  • Dor nas costas
  • Poliúria – produção excessiva de urina, mais de 2,5 l por dia
  • Dor de cabeça – quando combinado com a metformina
  • Inflamação da mucosa interna do nariz e faringe – quando combinado com a pioglitazona
  • Diarreia – quando combinado com a pioglitazona
  • Aumento dos níveis de creatina no sangue
  • Elevação da frequência de fraturas ósseas – para pacientes com problemas renais
  • Desidratação
  • Diminuição do volume sanguíneo
  • Pressão baixa
  • Hipoglicemia – redução em relação à quantidade normal de glicose no sangue
  • Câncer de bexiga
  • Câncer de mama
  • Alterações no exame que mede a relação entre o volume ocupado pelos glóbulos vermelhos e o volume total de sangue – hematócrito
  • Mudanças nos níveis de fósforo, triglicerídeos, colesterol bom e colesterol ruim no sangue
  • Dor de garganta.

Todas as informações foram retiradas da bula do medicamento, disponível no site da ANVISA.

Contraindicações e cuidados

Quem possui alergia a qualquer um dos componentes da fórmula do remédio não deve utilizá-lo. Ele também não é indicado para pessoas com histórico ou risco de cetoacidose diabética, problemas renais, doenças cardiovasculares ou sofra com infecção no trato urinário.

A mesma recomendação vale para quem possui disfunção renal moderada ou grave, risco de depleção de volume (falta de líquido, que pode indicar desidratação), mulheres no segundo e primeiro trimestre de gravidez (as de outros períodos devem checar com o médico) e que estejam amamentando.

Não se sabe o risco que o produto pode causar para crianças, portanto, não é seguro que elas façam uso. Em relação aos idosos, a preocupação refere-se quanto aos rins, que têm maior possibilidade de sofrer com prejuízos em relação ao seu funcionamento.

  Continua Depois da Publicidade  

Ao receber a prescrição do médico para tomar o remédio é fundamental informá-lo a respeito de todos os outros medicamentos que esteja tomando, das condições de saúde e histórico de doenças que tenha e da possibilidade ou não de engravidar, para que ele determine se Forxiga é realmente o mais indicado.

Além disso, também é importante comunicá-lo sobre as reações adversas experimentadas para que ele saiba como proceder.

Onde comprar e preço

O medicamento pode ser encontrado em farmácias e drogarias, tanto em lojas virtuais como físicas. Antes de comprar o medicamento, é necessário apresentar a receita médica.

Uma embalagem com 30 comprimidos de 10 mg de Forxiga pode ser vendida por pouco mais de R$ 130. Entretanto, o preço pode variar de acordo com o estabelecimento.

Fontes e referências adicionais

Você conhece alguém que utilize o medicamento Forxiga para emagrecer? Já pensou em utilizá-lo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (288 votos, média 3,77)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário

4 comentários em “Forxiga emagrece? Como funciona e dicas”

  1. Olá, neste artigo, vocês afirmam que um dos efeitos colaterais é câncer. Vou enviar o link deste site ao fabricante questionando este ponto. Segundo meu médico, a menção do câncer na bula, refere-se a algumas pessoas que participaram dos testes clinicos terem câncer, mas não quiz dizer que foi causado pelo Forxiga.

    Responder
  2. faço uso de Forxiga por indicação médica por conta de diabetes tipo 2. Mas infelizmente o produto é muito caro. Esse medicamento pode ser adquirido via Internet?

    Responder