Jantar Engorda Mesmo?

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

Você está prestes a descobrir se à noite comemos mais ou menos, quais hábitos alimentares devemos evitar nesse horário, se jantar engorda mesmo e muitas dicas para comer melhor à noite.

Algumas pesquisas apontam que pessoas que comem à noite têm maior tendência a engordar do que as que param de comer no fim da tarde. Mas será que jantar engorda mesmo?

Vamos mostrar por que comer à noite não é necessariamente uma coisa ruim para quem quer emagrecer e conhecer algumas dicas de alimentos que devemos evitar, hábitos alimentares noturnos que boicotam a sua dieta e o que podemos comer à noite para não engordar.

Existem muitas maneiras de comer melhor em qualquer refeição. Sabemos que comer pouco antes de dormir pode sobrecarregar seu sistema digestivo e afetar a qualidade do seu sono, por isso você deveria saber quais são as 15 melhores receitas para um jantar fitness

Caso você prefira uma saladinha para se manter na dieta, vai adorar conhecer essas 10 receitas de salada para jantar light. São deliciosas e incluem de frutos do mar até uma belíssima abóbora. 

Afinal, jantar engorda mesmo?

A verdade é que o jantar é uma refeição que pode sim determinar se a sua dieta está indo bem ou mal. Isso porque comer muito ou de forma deficiente em nutrientes vai afetar diretamente a produção de gordura e, já que a noite é um momento em que você não vai usar tanta energia, ou seja, não vai queimar muitas calorias, isso pode se transformar em ganho de peso.

Para perder peso as pessoas tentam de tudo, de suplementos alimentares à dietas milagrosas. A primeira coisa que alguém vai te dizer quando você entrar de dieta vai ser para parar de jantar. Antes disso acontecer, descubra se ficar sem jantar emagrece.

À noite comemos mais?

Outra questão importante é entender que à noite temos mais oportunidades para comer, já que, em geral, estamos mais ociosos. Enquanto durante o dia nos dividimos entre diversas atividades, à noite normalmente ficamos em casa realizando atividades leves ou nenhuma atividade que exija muito do nosso corpo.

Por estarmos menos ocupados, podemos exagerar no consumo de comida durante o período noturno. Além disso, muita gente sofre de ansiedade durante a noite, pensando nos problemas que terá que resolver no dia seguinte, e isso também pode fazer com que você coma mais.

Outro motivo que pode nos influenciar a comer mais durante a noite é que muitas vezes não nos alimentamos bem durante o dia. Há pessoas que estão tão focadas no trabalho que comem um café da manhã superficial, almoçam trabalhando e quando finalmente chegam em casa, percebem que não comeram o suficiente durante o dia e querem recompensar. Este é um péssimo hábito alimentar que pode sim fazer com que você engorde.

Outro ponto para ficar atento é o horário em que você come. Na verdade, o horário em si não é tão importante, mas sim quantas horas antes de dormir você está comendo. O recomendado por muitos profissionais é não ingerir alimentos pelo menos duas horas antes de dormir, assim o seu corpo vai conseguir fazer a digestão de forma mais eficaz.

Como você pode ver, são muitos os fatores que podem levar à afirmação de que jantar engorda, por isso fizemos uma lista de hábitos alimentares que você deve evitar no período noturno.

Hábitos alimentares noturnos que engordam

A seguir, mostraremos alguns hábitos que especialistas têm associado com o ganho de peso. Isso não é uma verdade absoluta, mas é uma forte tendência, pelo menos.

1. Comer grande quantidade de carboidratos

A não ser que você vá correr uma maratona no dia seguinte, comer macarrão, arroz, pão, batatas e outros alimentos ricos em carboidratos no jantar engorda, pois pode fazer o seu nível de açúcar no sangue oscilar muito, facilitando o ganho de peso.

Além disso, se o seu nível de glicemia cair durante a noite, você pode ficar com mais fome e querer comer antes de dormir. Por isso, não é uma boa ideia.

2. Comer assistindo à TV

Sabemos que ao chegar em casa do trabalho, precisamos de uma distração, como a TV ou o celular podem nos proporcionar. Principalmente para quem mora sozinho, a televisão pode ser uma boa companhia na hora das refeições, mas isso só vai fazer com que você coma mais.

Quando nos distraímos ao comer, nosso cérebro não retém a informação da quantidade de comida que ingerimos. É por isso que o seu corpo não se sente tão saciado ao comer prestando atenção em outras coisas que não são a comida e, assim, você pode comer mais, mesmo não precisando.

3. Servir-se na mesa

Quando você está de frente para um monte de comida, é muito mais fácil repetir e comer exageradamente. Isso porque, além de estar ao alcance de suas mãos, o efeito visual da comida pode te dar mais fome.

Em vez disso, sirva-se na cozinha e, se for necessário repetir, dê preferência para a salada, os vegetais e alimentos saudáveis e leves.

4. Exagerar no álcool

Uma taça de vinho é uma coisa, uma garrafa inteira é outra. O álcool em excesso, além de engordar, pode influenciar negativamente na sua sensação de saciedade, te dando mais fome, mesmo sem você precisar comer.

5. Fazer do jantar sua refeição mais completa

Quando o seu corpo recebe muita comida à noite, o sistema digestivo fica sobrecarregado e os excessos podem ser convertidos em gordura mais rapidamente, gerando maior ganho de peso.

Além disso, o seu corpo precisa de pelo menos duas horas para fazer a digestão e, se você come exageradamente a noite, ele vai precisar de mais tempo para digerir e absorver os nutrientes desses alimentos.

6. Comer antes de dormir

Como dissemos, é melhor evitar comida pelo menos duas horas antes de ir para a cama. Além de sobrecarregar o sistema digestivo, isso pode afetar a qualidade do seu sono.

Dormir bem é fundamental para o bom funcionamento do seu metabolismo, regulação do nível de açúcar no sangue, hormônios e produção de energia. Por isso, evite comer demais antes de dormir para não prejudicar nem o seu sistema digestivo, nem o seu sono.

7. Consumir cafeína

Tomar café, alguns tipos de chá ou refrigerante antes de dormir pode também afetar a qualidade do seu sono. Deixe para ingerir cafeína durante o dia, já que ela pode ser de alguma ajuda na perda de peso, já que trabalha como um termogênico, mas evite-a no período noturno.

Dicas de como melhorar seus hábitos alimentares à noite

1. Comece pela salada

Uma salada leve antes de jantar vai te dar maior sensação de saciedade, fazendo com que você coma menos à noite. Uma pesquisa recente aponta que começar uma refeição com a salada pode ajudar a diminuir as calorias ingeridas em até 12%.

Além disso, uma salada de folhas e vegetais te oferece as fibras necessárias para uma boa digestão, além de dar maior sensação de saciedade.

2. Invista em proteínas magras

Além de promover maior saciedade, as proteínas também ajudam na digestão. Para o jantar, prefira proteínas sem muita gordura, como peito de frango grelhado, alguns tipos de peixe, lentilha, grão de bico, ervilha, quinoa, espinafre, brócolis, cogumelos, entre outros.

Além disso, laticínios baixos em gordura também podem ser uma boa pedida. Uma pesquisa publicada no Journal of Nutrition descobriu que proteína derivada de laticínios podem ajudar a evitar o ganho de peso e ajuda a criar massa muscular.

3. Prefira grãos integrais

Os grãos integrais são os mais saudáveis e recomendados para quem quer perder peso. Arroz e pães integrais, quinoa, linhaça, chia e outros alimentos integrais podem ajudar não só a evitar o ganho de peso, mas também a melhorar a sua saúde como um todo.

Uma pesquisa comparou pessoas que só comiam grãos refinados com quem se alimentava apenas com grãos integrais e os resultados foram surpreendentes. Durante os três meses de estudos, as pessoas que só comiam grãos integrais conseguiram queimar muito mais gordura abdominal que o outro grupo. Além de maiores quantidades de fibras, os integrais são ricos em magnésio, mineral que ajuda a regular o metabolismo, queimando mais gorduras.

4. Um docinho não faz mal

Esta é uma boa notícia para os doceiros de plantão. Um estudo recente da National Academy of Sciences apontou que banir completamente os doces de uma dieta pode fazer com que as pessoas comam em excesso.

Uma das razões para isso acontecer é que evitar completamente os doces pode estimular a produção de um hormônio liberador de corticotrofina no cérebro, uma molécula que só é produzida quando você está ansioso, estressado ou com medo.

Em momentos de estresse, seu corpo pode te boicotar e não te dar a motivação necessária para comer comidas mais saudáveis. Por isso, quantidades baixas de sobremesas estão liberadas. Invista em doces saudáveis e com poucas calorias.

5. Evite alguns alimentos

Alimentos gordurosos, além de prejudicarem uma dieta, são mais difíceis de serem digeridos pelo nosso organismo. Por isso, comer carnes gordurosas, leite, chocolate e pizza no jantar engorda.

Deixe para comer carboidratos em outro momento, já que à noite eles podem fazer com que o seu nível de açúcar oscile muito, podendo dar até mais fome. À noite, não coma: pão, arroz, macarrão, batatas ou outros alimentos ricos em carboidratos.

Comidas apimentadas também são de difícil digestão. Apesar de ajudarem na termogênese, colaborando para o aceleramento do metabolismo e consequentemente a perda de peso, estes alimentos serão mais benéficos se consumidos durante o dia.

Conclusão

“Tome café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um mendigo”. Esta expressão é um pouco exagerada, mas define razoavelmente bem como devem ser nossos hábitos alimentares. Um café da manhã forte é garantia de que teremos muita energia durante o dia inteiro, enquanto um almoço também forte pode nos beneficiar muito. Durante a noite, comidas leves e sem carboidratos e gorduras são o ideal para não engordar.

Você já imaginava que exagerar no jantar engorda mesmo? Como você costuma organizar suas refeições no dia? Costuma comer muito à noite? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,25 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Jantar Engorda Mesmo?”