Língua Branca – O Que Pode Ser? O Que Fazer?

Especialista:
atualizado em 25/05/2020

Entenda o que pode ser a língua branca, quais são as causas desse problema de saúde bucal, o que fazer e como limpar caso ocorra com você.

O termo língua branca é usado para descrever qualquer área da língua que tenha um revestimento branco-acinzentado. Existem diferentes razões para que isso ocorra, e pode ser tanto em toda a língua como pode aparecer em formas de manchas.

Embora geralmente seja um sintoma inofensivo, em raros casos pode indicar uma condição séria de saúde como uma infecção ou câncer precoce.

Muito se fala sobre como acabar com o mau hálito, cáries, sensibilidade nos dentes e inclusive formas de clareamentos dentais caseiros, mas os cuidados com a língua também são muito importantes para a saúde bucal.

É por isso que entender o que pode ser a língua branca, as causas e o que fazer irá te ajudar a cuidar desta condição e até mesmo prestar uma atenção maior em sua língua.

Causas da língua branca

Manter uma boa higiene bucal é muito importante para evitar problemas com a língua, e uma das causas mais comuns da língua branca é justamente a falta de higiene.

As papilas presentes na língua podem começar a inchar e a inflamar se não há uma boa higiene bucal pois muitos germes, sujeiras, células mortas e partículas de alimentos podem ficar presos entre essas papilas.

À medida que essas partículas se acumulam, elas fazem com que a língua fique esbranquiçada.

Os problemas bucais e de higiene que podem ser uma das causas da língua branca incluem:

  • Não escovar os dentes ou usar fio dental corretamente;
  • Fumar ou mascar tabaco;
  • Desidratação;
  • Boca seca causada devido a pessoa respirar pela boca ou dormir com a boca aberta;
  • Irritação causada por bordas afiadas dentro da boca como aparelho, dentes ou dentadura;
  • Não limpar a língua;
  • Consumo regular de bebidas alcoólicas.

Condições de saúde que podem causar língua branca

Uma higiene bucal básica é essencial, mas existem algumas condições que causam a língua branca mesmo no caso das pessoas que cuidam muito bem da sua boca. Elas incluem:

– Leucoplasia

A leucoplasia é uma das respostas para o que pode ser a língua branca pois ela causa manchas brancas espessas tanto na língua como na boca.

Trata-se de uma condição comum causada pela superprodução de células no revestimento da boca. Essas células se combinam com depósitos de proteína queratina para formar manchas brancas.

Geralmente isso ocorre devido ao consumo de substâncias irritantes como bebidas alcoólicas e tabaco, mas às vezes nenhuma causa pode ser encontrada.

Geralmente esta não é uma condição de saúde grave, mas em alguns casos depois de anos ou até mesmo décadas após a sua primeira aparição ela pode se transformar em câncer.

– Líquen plano bucal

O líquen plano bucal é uma condição inflamatória crônica que pode afetar a boca. É causado por um distúrbio do sistema imunológico (o mecanismo de defesa do organismo contra micróbios) e outros invasores externos.

Essa condição pode fazer com que manchas grossas e brancas aparessam na boca e na língua. O líquen plano bucal não pode ser passado para outras pessoas.

– Candidíase oral

A língua branca pode ser causada por várias infecções fúngicas, como por exemplo a candidíase oral, que é popularmente conhecida como “sapinho”.

Essa condição é uma infecção na boca causada pelo fermento da Candida, que embora seja normalmente encontrada dentro da boca, ela se torna um problema quando se multiplica demais.

Algumas situações que podem incentivar o crescimento excessivo da Candida são:

  • Ser muito jovem ou muito velho;
  • Má higiene bucal;
  • Escassez de vitamina B12 ou ferro na dieta;
  • Tratamentos contra o câncer;
  • Diabetes;
  • Boca seca causada pelo uso de medicamentos ou por alguma condição médica;
  • Uso de dentaduras;
  • Uso de antibióticos;
  • Hipotireoidismo (tireoide hiperativa);
  • Sistema imunológico fraco;
  • Fumar.

A Candidíase oral também pode ser dolorosa, principalmente quando a pessoa come ou bebe.

Pessoas que têm um sistema imunológico enfraquecido podem ter uma probabilidade maior de desenvolver candidíase oral, isso inclui aquelas que recentemente tomaram antibióticos ou foram submetidas a quimioterapia.

Uma má higiene bucal ou uso de dentaduras mal ajustadas são outros fatores de risco.

A candidíase oral ou sapinho pode ser causada pelo uso de corticosteroides inalados para o tratamento da asma e algumas condições de saúde também aumentam o risco da infecção como por exemplo, diabetes. Saiba mais sobre a candidíase, sintomas e tratamento.

– Sífilis

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) muito conhecida por causar sintomas na boca. Quando não tratada, ela pode causar manchas brancas na língua e feridas na boca.

A sífilis é uma infecção bacteriana transmitida por contato sexual e requer tratamento médico.

– Outras condições

Existem outras causas que são mais raras, porém às vezes mais graves, relacionadas à língua branca.

O câncer de boca ou língua pode causar a língua branca enquanto que outras condições bucais também podem piorar os sintomas.

Distúrbios inflamatórios crônicos subjacentes também podem ser uma das causas, bem como uma condição chamada de língua geográfica ou manchas ausentes de papilas que parecem ilhas em um mapa.

Além disso, a imunossupressão causada por doenças como HIV/AIDS pode ser uma das causas.

Sintomas da língua branca

Veja agora quais são os sintomas da língua branca para saber o que pode ser de acordo com a sua causa.

– Leucoplasia

A leucoplasia produz uma ou mais manchas brancas, tanto na boca quanto na língua, que não podem ser removidas através da raspagem.

– Língua geográfica

A língua geográfica aparece na parte superior e nas laterais da língua e às vezes na parte inferior em forma de linhas brancas onduladas com áreas vermelhas ao redor.

Isso faz com que essa condição se pareça com os contornos de um mapa, e por isso ela recebe esse nome. Após algumas semanas ou meses, essas linhas e manchas podem mudar de posição ou forma.

– Sífilis

Uma pequena ferida indolor na língua pode aparecer de 10 até três meses após a exposição à infecção durante o sexo oral.

Se ela não for tratada, uma condição chamada leucoplasia sifilítica irá produzir placas brancas na língua. Outros sintomas podem incluir dor de cabeça, febre, dor nas articulações e glândulas inchadas.

– Líquen plano bucal

Esta causa da língua branca produz manchas brancas também no interior das bochechas e gengivas.

Um caso leve geralmente não é doloroso, já nos casos mais graves o paciente pode sentir uma queimação, ter as gengivas vermelhas e doloridas e manchas dolorosas no interior das bochechas, especialmente quando comer ou beber algo.

– Candidíase oral

O famoso “sapinho” é marcado por:

  • Sabor desagradável na língua ou perda do paladar;
  • Cantos da boca rachados;
  • Manchas brancas na boca que podem ser limpas deixando a pele vermelha ou até mesmo com sangue;
  • Áreas vermelhas dentro da boca e garganta.

Se esta condição não for tratada, os sintomas continuarão. Em casos graves que não ocorre o tratamento, graves infecções podem se espalhar para outras áreas do corpo.

O que fazer e como limpar

Pode ser que uma língua branca não precise ser tratada, já que esse sintoma geralmente desaparece por conta própria.

Se você quer saber como limpar, poderá remover o revestimento branco da língua escovando-a suavemente com uma escova de dentes ou com um limpador de língua – que é o mais indicado.

Adicionar bicarbonato de sódio alimentício em uma escova de dentes e esfregar a língua, gengivas e dentes pode ajudar a reduzir as bactérias que causam a língua branca.

Um estudo descobriu que o bicarbonato de sódio mata as bactérias nocivas que geralmente causam infecções na boca como Candida e Streptococcus.

Beber muita água também pode ajudar a remover as bactérias e detritos e evitar que a sua língua fique branca.

Opções de tratamento

Se você precisar de tratamento, o indicado irá depender da condição que está causando a língua branca. São eles:

  • Sífilis: Ela é tratada com uma dose única de penicilina, antibiótico que mata as bactérias que causam a sífilis. Se você tem sífilis há mais de um ano, pode ser necessário tomar mais de uma dose deste antibiótico.
  • Líquen plano bucal: Não precisa ser tratado, mas se sua condição for grave, o seu médico poderá prescrever um spray de esteroide ou enxágue bucal feito com comprimidos de esteroides dissolvidos em água.
  • Leucoplasia: Também não precisa ser tratada, mas você deve consultar o seu dentista para fazer exames regulares e garantir que esta condição não esteja piorando. Para limpar as manchas brancas, pare de fumar ou mascar tabaco e reduza o consumo de bebidas alcoólicas.
  • Candidíase oral: Essa condição é tratada com medicamentos antifúngicos que estão presentes no mercado em várias formas: gel ou líquido que você irá aplicar na boca ou através de comprimido ou pastilha. Conheça as opções de remédios para candidíase.

Quando consultar um médico

Se a língua branca é o único sintoma, você não precisa necessariamente de uma consulta com um médico, porém, se em duas semanas ela não desaparecer, convém marcar uma.

Fale o quanto antes com o seu médico se sentir os seguintes sintomas:

  • Sente dificuldade para engolir, mastigar ou falar;
  • Sua língua está dolorida ou parece que está queimando;
  • Você tem outros sintomas como perda de peso, febre ou erupção cutânea;
  • Tem feridas abertas em sua boca.

Remédios caseiros

Alguns hábitos e remédios caseiros também podem te ajudar a se livrar da língua branca. São eles:

– Probióticos

Os probióticos que são cepas de bactérias boas para o sistema digestivo e estão presentes em alimentos e bebidas fermentadas como o chucrute, kefir, kimchi, tempeh entre outros. O iogurte também costuma conter probióticos.

Embora muitas pesquisas sobre probióticos se concentrem em melhorar a saúde intestinal, eles também podem ser úteis tanto para a boca como para a língua.

Uma revisão de estudos publicada no European Journal of Dentistry observou que as bactérias probióticas podem ocupar a boca e o intestino.

Em alguns casos, essas bactérias podem ajudar a combater leveduras infecciosas e outras cepas ruins de bactérias. Embora a evidência não seja conclusiva, eles ainda podem ajudar a equilibrar o ambiente bucal e evitar a língua branca.

– Alho cru

Comer alho cru pode ajudar o corpo a combater infecções causadas pela Candida.

Uma pesquisa observou que um composto presente no alho chamado alicina era eficaz no combate à cepa que é prejudicial para a Candida albicans.

As pessoas podem comer um dente de alho cru inteiro todos os dias ou picá-lo e comê-lo com um pouco de azeite para reduzir o risco da língua branca.

– Prevenção

Embora nem sempre seja possível evitar a língua branca, a higiene bucal básica ajuda a prevenir muitos casos. Isso inclui escovar os dentes duas vezes ao dia e usar fio dental pelo menos uma vez ao dia.

Muitas pessoas também se beneficiam com o uso de limpador de língua diariamente ou com escovas de dentes.

Suas escolhas de estilo de vida às vezes também podem ajudar a evitar a língua branca.

Evite consumir bebidas alcoólicas, fumar ou colocar produtos de tabaco na boca e siga uma dieta nutritiva e variada, rica em frutas e vegetais. Ir a um dentista a cada 6 meses para fazer um check-up irá te ajudar a manter a boca o mais limpa possível.

Você deve falar com o seu médico sobre qualquer sintoma preocupante para que ele possa fazer um diagnóstico e indicar o tratamento adequado.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia o que pode ser a língua branca? Já percebeu esse sintoma alguma vez? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário