Alicina – Para Que Serve, Propriedades, Benefícios e Alimentos

A alicina é uma substância química produzida por uma reação enzimática quando o dente de alho cru é esmagado ou cortado.

Neste processo, a enzima, alliinase, combina-se com um composto chamado alliina para então produzir a alicina, produto volátil desta reação que se dissipa rapidamente deixando no ar o aroma característico do alho.

A alicina é um antibiótico natural e existe na planta para protegê-la de predadores. Seu uso tópico por humanos vem desde a antiguidade e recentemente suplementos contendo alicina têm sido comercializados para serem usados na prevenção da hipertensão, no tratamento do diabetes e da diarreia, na diminuição do risco de enfarte e na destruição de células cancerosas.

Existe, no entanto, muita discussão no meio científico sobre a capacidade do nosso organismo de absorver esta substância, uma vez que suas propriedades poderiam não se comportar no trato gastrointestinal da mesma forma que no meio ambiente.

Neste artigo vamos explorar as propriedades, os benefícios e para que serve a Alicina, desvendando um pouco mais sobre o seu papel na nossa saúde.

O que é a alicina e suas propriedades de acordo com pesquisadores que defendem os seus benefícios

A Alicina é o principal componente biologicamente ativo do alho, mas ela também está presente em outros alimentos do gênero Allium como a cebola, a cebolinha e o alho-poró.

Relatada pela primeira vez em 1944, a Alicina é o ingrediente responsável pela atividade antibacteriana destes alimentos. As pesquisas iniciais sobre esta substância mostraram que ela pode ter propriedades benéficas para o controle do colesterol, a coagulação do sangue, o controle da hipertensão, a erradicação de células cancerígenas, além de possuir efeitos antioxidante e antimicrobiano.

Estudiosos que defendem estes benefícios aconselham ingerir alho nas refeições e recorrer também a suplementos que contenham Alicina.

A alicina de acordo com os pesquisadores que acreditam que ela não pode ser absorvida pelo nosso organismo

Outras pesquisas mais recentes, no entanto, atestam que a Alicina não é encontrada diretamente no alho fresco, somente as enzimas allinase e alliin, contidas em diferentes partes da planta, com a função de defesa contra agentes patogénicos microbianos do solo e, portanto, não seria possível ingeri-la.

Estes pesquisadores explicam que quando fungos ou outros agentes patogênicos atacam os dentes de alho, a membrana desses compartimentos é destruída, e dentro de 10 segundos, todo o alliin é convertido num novo composto chamado alicina.

A alicina liberada tem uma vida muito curta – o tempo necessário para que apenas parte da quantidade do componente se deteriore, enquanto o resto permanece preservado nos respectivos compartimentos, disponíveis para subsequentes ataques microbianos.

Cientistas ainda afirmam que a liberação de uma grande quantidade de Alicina poderia ser prejudicial para os tecidos das plantas, por isso há somente uma produção limitada e de curta duração desta substância que só ocorreria no meio natural, e não dentro do organismo humano. 

Quais seriam os benefícios da Alicina para a saúde?

Além de ser um agente antibacteriano eficaz, a alicina ofereceria benefícios adicionais para a saúde como:

  1. Reforço ao sistema imunológico: Por ser um antibiótico natural, a alicina estimula a produção de glóbulos brancos, permitindo que o sistema imunológico afaste as bactérias e outras formas de agentes patogênicos. Desta forma, o sistema imunológico daria uma resposta mais rápida aos primeiros sinais de atividade inflamatória ou infecciosa no organismo;
  2. Tornar o sangue mais aquoso: Um estudo publicado em novembro de 2000 demonstrou propriedades antiplaquetárias na alicina. De acordo com este estudo, ela funcionaria semelhante à aspirina, que mantém o sangue mais fino. Isto serve para ajudar o corpo a evitar a formação de coágulos sanguíneos, ou mesmo eliminá-los. Os coágulos contribuem para a ocorrência de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco;
  3. Efeito antioxidante: A alicina contém altos níveis de antioxidantes naturais que servem para remover toxinas e radicais livres que causam danos ao nosso corpo;
  4. Prevenção contra gripes e resfriados: O extrato de alho, rico em alicina, serve para combater patógenos, incluindo os vírus do resfriado. Além do mais, ele aliviar os sintomas de resfriados;
  5. Agente no tratamento do câncer: Nos tempos antigos, o extrato de alho era usado para tratar o câncer do útero. Mais tarde, outras formas de câncer também foram tratadas com alho. Hoje, estudos mostram um número menor de pacientes com câncer em locais onde o alho é consumido regularmente. Isso inclui a França, Itália e Holanda;
  6. Tratamento de infecções da bexiga: Alicina em pó, na forma de extrato, é altamente eficaz para matar E. Coli, a bactéria mais comum responsável ​​por infecções da bexiga e do trato urinário. Tais infecções são frequentemente dolorosas, causam sensação de ardor durante a micção e podem ser acompanhadas por cólica ou até febre em casos mais graves;
  7. Controle da candidíase: A candidíase é uma infecção mais comum em mulheres do que homens. Ela cresce na vagina e causa lesões da pele, acompanhadas por prurido intenso que podem levar várias semanas para cicatrizar. O uso de alicina em pó, misturada a um veículo como o iogurte, mostrou-se eficaz para aliviar a coceira das lesões;
  8. Controle do colesterol: Muitos estudos clínicos mostraram que a alicina tem a capacidade de diminuir o colesterol LDL e as triglicérides, e aumentar o colesterol HDL. Este, por sua vez, pode auxiliar na prevenção de condições relacionadas com o coração, tais como ataque cardíaco, aterosclerose e acidente vascular cerebral.

Como fazer o tratamento com Alicina em casos específicos

1. Combate à Acne

A Acne Vulgaris é uma doença inflamatória comum das glândulas sebáceas caracterizadas pela presença de cravos com pus e, em casos mais graves, causa cistos e deixa cicatrizes.

Tratamento: Tome cápsulas de extrato de alicina de até 720 mg todos os dias durante pelo menos 4 semanas. Ao mesmo tempo, use um pouco do extrato diluído em pouca água para aplicar diretamente em cada espinha e, se possível, adicione um pouco de pó de Alicina ao creme de limpeza diária. Com o uso regular da loção e das cápsulas, resultados significativos podem ser esperados dentro de duas semanas. Nesta fase você já pode reduzir a dose do extrato para apenas 180 mg por dia. Isto irá ajudar a desenvolver um grau de proteção contra o crescimento excessivo de bactérias na pele.

3. Controle da Asma 

A asma é o estreitamento generalizado das vias aéreas, que podem mudar, em termos de gravidade, em curtos períodos de tempo. Os sintomas incluem tosse, chiado e falta de ar e sua causa pode ser uma vasta gama de alérgenos. A asma pode se agravar por esforço, infecção ou estresse.

Tratamento: Tome cápsulas de até 720 mg de extrato de alicina diariamente e duas vezes esta dose quando houver sinais de uma crise de asma chegando.

4. Cuidado com mordidas e picadas de animais

Mordidas de animais de estimação e picadas de insetos colocam a vítima exposta a organismos infecciosos.

Tratamento: Depois de lavar a ferida cuidadosamente, passe uma camada generosa de creme de alicina no local da mordida. Isso pode doer um pouco, mas continue o tratamento até três vezes ao dia por pelo menos uma semana. A ferida deve começar a cicatrizar rapidamente.

Ao mesmo tempo, tome cápsulas de até 540 mg de extrato de alicina por dia durante um período de cerca de 6 semanas para se certificar de que você tenha alicina suficiente na corrente sanguínea para remover todos os agentes patogênicos que possam estar presentes.

5. Cuidado com a Artrite

Embora a artrite signifique literalmente “inflamação das articulações”, a condição pode se estende muito além de ossos e cartilagens.

Tratamento: Tome 360 mg de extrato de Alicina em cápsula juntamente com chá de gengibre 3 vezes ao dia (o gengibre também serve para aliviar a dor associada com a artrite devido a suas propriedades anti-inflamatórias).

Os ingredientes ativos começarão a ser absorvidos rapidamente pelas articulações e ajudarão a melhorar a mobilidade. Este é um tratamento que precisa ser contínuo em longo prazo.

6. Combate ao Pé de Atleta

Esta é uma infecção causada por fungos que pode ocorrer na pele, couro cabeludo ou unhas. A presença dos fungos Trichophyton ou Epidermophyton em animais é uma fonte frequente de infecção para o homem.

Tratamento: Aplique creme de alicina nas regiões infectadas duas vezes por dia por cinco semanas. A coceira diminui logo nas primeiras horas da aplicação, mas se retornar em seguida, outra aplicação deve ser feita.

Uma vez que a fissuração começar a curar, comece a tomar alicina em cápsulas como um preventivo contra infecções recorrentes. Como alternativa você pode abrir as cápsulas e esfregar o extrato sobre a área afetada. 

Os suplementos de Alicina

Há muitos suplementos disponíveis comercialmente que pregam conter alicina, no entanto especialistas advertem que a maioria dos suplementos de alho não necessariamente contêm alicina.

Testes indicam que há uma grande variação entre os suplementos disponíveis no mercado e mostram que somente o extrato de alicina em uma quantidade estável e padronizada estaria pronto para ser usado pelo nosso organismo diretamente.

É preciso verificar o teor de Alicina que deve ser definido em microgramas (mcg) ou miligramas (mg) no rótulo do suplemento.

Ao escolher o suplemento, note que ele deve conter pelo menos 180 mg de extrato de alicina. Abaixo desta concentração você pode não estar tendo acesso à força real deste produto, que também depende de quão avançada é a tecnologia de estabilização da alicina para que ela exerça ação no organismo.

Por que tantos suplementos de alho não contêm Alicina?

A incapacidade de liberar uma dose eficaz de alicina explicaria por que muitos dos estudos com suplementos de alho não conseguiram demonstrar benefício na redução do colesterol ou pressão arterial, que seriam proporcionados por esta substância.

Suplementos de alho precisam conter a quantidade suficiente de allinase para converter alliin em alicina no corpo, o que nem sempre é levado em conta por muitos fabricantes.

Além disso, Dr. Larry D. Lawson, um pesquisador respeitado, descobriu que muitas cápsulas de alho contêm aglutinantes e enchimentos que, na verdade, acabam inibindo a atividade de produção da alicina.

Os efeitos colaterais da Alicina

A alicina usada por períodos prolongados pode oferecer alguns efeitos colaterais desagradáveis como:

  • Halitose: A causa do mau hálito é o fato de se tratar de um composto medicinal à base de enxofre;
  • Odor corporal: O aroma notório do alho pode passar através das glândulas sudoríparas, deixando odor corporal;
  • Erupções cutâneas e reações alérgicas: Pessoas alérgicas ao alho são susceptíveis a terem reação alérgica a suplementos de alicina. Tais reações podem incluir erupções cutâneas, respiração ofegante, náuseas, vômitos, urticária, e às vezes diarreia;
  • Interações medicamentosas – O alho pode interagir negativamente com várias drogas, como saquinavir, um medicamento usado no tratamento da AIDS. O alho também tem uma reação adversa com varfarina e outros diluentes do sangue. Se estiver tomando medicamentos anticoagulantes, não tome suplementos de alicina;
  • Problemas digestivos: O consumo de alho, principalmente cru, pode irritar o trato gastrointestinal. Se você tem algum problema digestivo, tome alicina com precaução. Nunca tome o suplemento com o estômago vazio.

Você já experimentou tomar suplementos de alicina por algum desses benefícios que a substância promove? Como foram os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (24 votos, média: 3,92 de 5)
Loading...

6 comentários em “Alicina – Para Que Serve, Propriedades, Benefícios e Alimentos”

  1. Estou fazendo uso de um dente de alho três vezes ao dia estou sentindo que minha saúde melhorou em 80% em todos os sentidos, melhorei muito na musculatura e na respiração hoje em dia me sinto um homem renovado.
    Obs: sempre nas minha gripes e resfriados eu nunca tinha tido presença de catarro depois que passei usar o alho diariamente coloquei muito catarro para fora isso durou dois meses expectorando.

  2. Estava com tosso ha msis de 2 semanas e o antibiótico receitado pelo médico não faz efeito. Comecei a tomar suco de frutas com alho e em 5 dias melhorei consideravelmente. Tem que amassar o alho…colocar um pouco de água e aguardar 20 minutos antes de consumir depois so mistura no suco. 2 x por dia.

  3. Fiquei espantada ,com tantos benefícios o alho do nosso dia a dia pode nos proporcionar ! Parabéns pela feliz reportagem!!

  4. Sempre me interessei pelo uso do mel orgânico…hoje uso com moderação alho e mel em jejum.

Deixe um comentário