Monovin A Faz Mal?

Especialista:
atualizado em 01/01/2020

Monovin A é um composto de vitamina A feito para uso veterinário de aplicação intramuscular mas que tem sido largamente utilizado em shampoos com o objetivo de crescer ou fortalecer os cabelos. Você vai gostar de saber como ele funciona, se pode ser utilizado em seres humanos e principalmente se o Monovin A faz mal.

Quem deseja ver os seus cabelos crescerem e ficarem bem compridos, mas não tem paciência para esperar que isso aconteça naturalmente ou prefere que o efeito seja experimentado de maneira mais rápida, pode aderir ao uso de produtos para estimular o crescimento dos fios.

Muitas pessoas tem dificuldade com o crescimento dos cabelos. O processo natural de envelhecimento é um dos principais responsáveis pelas mudanças no crescimento dos fios, mas existem muitos outros motivos que podem atrapalhar o aumento da cabeleira. A boa notícia é que existem muitos remédios para crescer os cabelos. Conheça os 8 mais usados.

Se você não quer recorrer aos medicamentos e as soluções da indústria, saiba que é possível fazer seus cabelos crescerem de forma natural e consistente apenas com uma dieta focada nisso. Alguns alimentos como o salmão, iogurte grego, abacate, espinafre e até sementes de girassol podem acelerar rapidamente o crescimento dos cabelos. Conheça 16 alimentos que fazem o cabelo crescer.

Quando falamos em cuidar dos cabelos, existem inúmeras receitas e produtos milagrosos. Uma das substâncias mais populares da indústria cosmética é a queratina. Queratina líquida, hidrolisada, hidrogenada, vegetal e animal são os tipos mais comuns apresentados. Se isso te confundir um pouco, você vai gostar de aprender as suas diferenças, propriedades e os principais benefícios da queratina para o cabelo.

Um desses produtos utilizados é o chamado Monovin A. Mas você sabia que ele não foi criado originalmente para esse fim? Exatamente, trata-se de um produto veterinário, que é composto de vitamina A pura e é injetado em cavalos com o objetivo de manter a crista mais sedosa e bonita.

Entretanto, existem pessoas que aderiram ao Monovin A, utilizando o produto em misturas de hidratação e em shampoos, com o objetivo de acelerar o processo de crescimento dos cabelos e para deixá-los mais bonitos e saudáveis.

Além disso, o item veterinário também pode ser combinado com esmaltes e aplicado nas unhas para que elas cresçam fortes, saudáveis e de forma mais rápida. Ainda que seja raro, também existe o uso do produto na pele como forma de clarear manchas escuras.

Monovin A faz mal? 

Graças ao fato de não se tratar de um produto elaborado originalmente para ser utilizado por seres humanos, é normal que a gente se pergunte: será que o Monovin A faz mal?

Em relação à aplicação do produto na pele, é importante saber que não é recomendado que ele seja colocado no rosto. Sua aplicação deve ser realizada com algodão durante a noite nas regiões da pele que tenham manchas escuras e a pessoa não deve expor sua pele ao sol enquanto estiver com o produto.

Entretanto, como essa utilização de Monovin A foi testada e usada por um número pequeno de pessoas, é fundamental checar com um dermatologista se isso não trará problemas e conversar com o profissional a respeito de técnicas mais seguras e garantidas para eliminar ou diminuir as manchas na pele.

A mesma recomendação vale para a aplicação do produto nas unhas, tendo em vista que a maior parte das informações a respeito dos efeitos de sua utilização referem-se ao uso nos cabelos.

Em relação aos cabelos, a explicação é que não é verdade que Monovin A faz mal pelo fato de se tratar de um produto composto por vitamina A pura. Ainda assim, é essencial ressaltarmos que jamais deve ser feito o uso injetável do item veterinário.

Tudo em excesso faz mal – os efeitos colaterais do uso de Monovin A

Por outro lado, não podemos deixar de lado a ideia de que tudo em excesso faz mal – e Monovin A não pode ser excluído disso. De acordo com o site do Monovin A, ao ser utilizado de maneira exagerada, o produto pode trazer alguns efeitos colaterais.

A lista envolve queda de cabelo – especialmente para aquelas pessoas que já possuem cabelos oleosos – caspa, fios quebradiços, oleosidade e a chamada hipervitaminose, que é o envenenamento por vitamina ou o acúmulo de vitaminas no organismo.

O envenenamento por vitamina A, ao lado do acúmulo de vitamina D no organismo, é um dos quadros mais graves de hipervitaminose.

O excesso de vitamina A no organismo é caracterizado pelos seguintes sintomas: aspereza do cabelo, escassez capilar, queda parcial das sobrancelhas, rachaduras nos lábios, secura na pele, cefaleias (dores de cabeça), fraqueza generalizada, hipertensão intracraniana (aumento de pressão no interior do crânio), dores articulares, crescimento do fígado e do baço e excrescência (saliência) óssea.

Contraindicações de Monovin A 

Não é recomendado que mulheres que estejam grávidas ou que se encontrem em processo de amamentação de seus bebês façam uso do produto.

A palavra de uma especialista

A dermatologista Helena Zantut explicou que apesar da vitamina A contribuir com o crescimento dos fios assim como com a manutenção e qualidade dos cabelos, o uso tópico do Monovin A não é exatamente o mais adequado.

De acordo com a dermatologista, o ideal é tratar a questão do crescimento das madeixas de dentro para fora. Entretanto, ela ressalta que o produto não pode ser injetado em seres humanos, o que inviabiliza tal procedimento.

No lugar do uso de Monovin A, Helena recomenda a ingestão oral de vitamina A, que pode acontecer por meio da alimentação e da utilização de suplementos vitamínicos. Além disso, a dermatologista ressalta a necessidade de buscar a origem do problema – segundo ela, a queda ou o enfraquecimento dos cabelos pode estar associada a condições como hipotireoidismo e anemia.

Portanto, ao perceber que as madeixas estão ficando fracas e caindo, é importante procurar a ajuda do médico de confiança com o objetivo de verificar se não se tratam de sintomas de um problema de saúde.

Outro ponto levantado pela dermatologista é que se os problemas que deseja tratar com a vitamina A referem-se a uma condição natural dos cabelos, ou seja, que nasceram com os fios, não será possível reverter a situação.

Para esses casos, a recomendação de Helena é procurar a ajuda profissional de um dermatologista para fazer uma avaliação e definir um tratamento que efetivamente colabore com a resolução ou diminuição dos problemas.

Você conhece alguém que tenha aplicado e afirme que o uso de Monovin A faz mal por algum motivo? Tem receio de utilizá-lo por isso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (36 votos, média: 4,08 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

2 comentários em “Monovin A Faz Mal?”

  1. Eu já usei Monovim A e realmente faz o cabelo crescer, porém o uso não pode ser prolongado por mais de 3 meses seguidos se não o cabelo começa a cair. O meu começou a cair mas foi só parar de usar que a queda parou

  2. Meu cabelo está caindo de mais e estou louca atrás de uma solução, estou pra ficar louca com essa situação mim ajudem por favor!!