Mortadela Engorda? Calorias e Dicas

Especialista:
atualizado em 17/12/2019

De cheiro e sabor inconfundíveis, a mortadela é, talvez, o lanche mais popular entre os brasileiros. Diariamente, toneladas de mortadela são consumidas pelo Brasil afora. Mas será que mortadela engorda muito para fazer parte do nosso cotidiano?

Valores nutricionais da mortadela em 100 gramas

A tabela abaixo indica que a mortadela é um alimento que apresenta bons nutrientes ao organismo, porém suas calorias são assustadoras, bem como os totais de gorduras e colesterol, como também o sódio, que são responsáveis por várias doenças cardíacas, hepáticas e renais.

Por isso, muita cautela antes de consumi-la. Mortadela engorda muito, veja as calorias no quadro abaixo, e se consumida em excesso, traz sérios riscos à saúde. 

TABELA NUTRICIONAL DA MORTADELA
Valor energético 268.8kcal = 1129kj
Carboidratos 5,8g
Proteínas 12,0g
Gorduras saturadas 6,1g
Gorduras monoinsaturadas 8,1g
Gorduras poliinsaturadas 4,7g
Cálcio 66,6mg
Vitamina A 24,6ug
Manganês 0,1mg
Magnésio 19,1mg
Colesterol 82,8mg
Lipídios 21,7g
Fósforo 215,7mg
Ferro 1,5mg
Potássio 247,3mg
Cobre 0,1ug
Zinco 1,0mg
Niacina 3,0mg
Tiamina B1 0,1mg
Riboflavina B2 0,1mg
Sódio 1212,2mg

Dá pra fazer mortadela em casa?

Para quem estiver disposto a se aventurar no preparo de uma mortadela caseira, artesanal, seguem os ingredientes:

  1. Você vai precisar de 1 quilo de carne bovina, preferencialmente a parte dianteira;
  2. Carne suína também fará parte da receita, na mesma proporção. Compre paleta. Utilize também sobras ou retalhos de copa para inteirar o peso;
  3. Com a papada do porco, faça cubinhos de gordura, não muito grandes. Baseie-se no tamanho dos cubinhos das mortadelas industrializadas;
  4. Miúdos diversos de animais de açougue, entre eles, coração, estômago, fígado, rins, língua e miolos;
  5. Calcule o peso aproximado de sua mortadela, e adquira 10% desse peso em peles e tendões;
  6. Pimenta a gosto;
  7. Tripas de bovino, devidamente higienizadas interna e externamente.

Agora vamos colocar as mãos na massa, literalmente…

As tripas, a gordura e os temperos deverão ficar reservados, porque serão utilizados por último.

Todos os ingredientes restantes deverão passar por um moedor de carne, várias vezes, até que sua consistência se assemelhe a um patê. Adicione os temperos. Misture bem.

Com essa mistura, vá preenchendo as tripas bovinas. Esse processo requer paciência, pois deverá ser feito aos poucos, para não se formarem bolhas de ar. Amarre as pontas da tripa. Leve para cozinhar em água fervente, panela grande, por aproximadamente duas horas.

Retire da água fervente quando notar que está cozida. Deixe esfriar e utilize a seu gosto.

Como é feita a mortadela industrial?

Para quem quiser matar a curiosidade, separamos um vídeo que mostra os processos de produção da mortadela industrial.

Tipos de mortadela 

De origem italiana, a mortadela apresenta vários tipos, sendo que atualmente também está havendo a adição de ingredientes diferenciados em sua receita, como pistache, azeitonas, pimentões, light, etc.

Mesmo a mortadela light apresenta alto teor de gordura animal, o que significa que qualquer tipo de mortadela engorda, além de elevar os índices do colesterol ruim; portanto, consuma com moderação! 

A classificação dos diferentes tipos de mortadela obedecem a uma normatização. Vamos entender melhor:

  • Mortadela tradicional: Carnes de diferentes espécies de animais entram na composição da receita tradicional (CMS* máximo 60%), miúdos (coração, língua, estômago, rins, fígado, miolos), e no máximo 10% de pele e tendões, e gordura;
  • Mortadela tipo Bologna: As carnes presentes poderão ser bovina, e/ou suína, e/ou ovina (CMS máximo 20%), miúdos dos respectivos animais, e 10% de pele e tendões, mais gordura;
  • Mortadela tipo italiana: Nessa receita entram as porções musculares de diferentes espécies de animais, mais toucinho. É proibida a adição de amido;
  • Mortadela Bologna: Também fazem parte dessa receita as porções musculares de carnes bovinas e/ou suínas, toucinho, zero amido. Essa mortadela é embutida em formato arredondado;
  • Mortadela de aves: Ingrediente principal será a carne da aves (CMS máximo 50%), mais 5% de miúdos de aves e gordura.

Fonte: Universidade Estadual de Campinas – Faculdade de Engenharia de Alimentos

*CMS: carnes mecanicamente separadas.

Mortadela vegetariana

Baseados em tudo que lemos até agora, podemos afirmar que mortadela engorda bastante. Por esse motivo, vamos passar uma receita de mortadela vegetariana. Obviamente, não terá o mesmo sabor, mas ao menos não nos deixará com peso na consciência, nem na balança.

Ingredientes:

  • 1 quilo de glúten cru (encontrado em casas de produtos naturais);
  • 1 xícara de castanha do pará;
  • ¼ de xícara de leite de soja;
  • 1 xícara de soja cozida;
  • ½ xícara de azeite;
  • ½ xícara de molho shoyu;
  • 1 folha de louro;
  • folhinhas de hortelã;
  • 6 dentes de alho;
  • salsinha e cebolinha;
  • 2 cebolas;
  • 2 pimentões;
  • Sal.

Preparo:

Vá adicionando os ingredientes, passando-os por um processador, na ordem em que foram listados. É importante que fique bem pastoso. Coloque em forma untada. Compacte bem a mistura. Cubra com papel alumínio. Cozinhe em banho-maria por aproximadamente 1 hora e meia. Deixe esfriar, corte em fatias e consuma a gosto.

Mortadela italiana x Mortadela brasileira

A mortadela produzida na Itália é igual à nossa?

Não. A mortadela italiana utiliza como matéria prima principal 100% de carne de porco branco italiano, sem misturas. No caso da mortadela brasileira, ocorre a mistura da carne suína com a bovina.

Curiosidades

Não se sabe ao certo a origem do nome mortadela. Alguns dizem que o nome se origina do pilão que era usado para socar a massa da mortadela, cujo nome era “mortaio”.

Outras informações sugerem que o nome foi derivado de um dos temperos usados no preparo – a murta.

Dicas 

Na hora de comprar mortadela, seja ela nacional ou importada, alguns itens deverão ser observados. Uma mortadela de boa qualidade apresenta:

  • Odor característico;
  • Frescor aromático;
  • Coloração rosada uniforme;
  • Blocos de gordura bem brancos e firmes.

Não compre caso note:

  • Fatias ressecadas;
  • Ser extremamente gordurosa;
  • Apresentar pontos de coloração esverdeada;
  • Pontos rançosos.

Resumindo

Por mais que se goste desse tipo de embutido, os exageros deverão passar longe. Mortadela engorda, não se esqueça disso. Atualmente, alguns pontos de venda fazem mega sanduíches de mortadela, com 300 gramas de recheio. Isso é simplesmente absurdo!

Comer mortadela, de vez em quando, de forma moderada, é permitido para a maioria das pessoas, mas, passar dos limites seguramente não fará bem.

Você tem o costume de comer mortadela com frequência? Acredita que consegue substituí-la por recheios mais saudáveis e menos calóricos para perder peso? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,75 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

3 comentários em “Mortadela Engorda? Calorias e Dicas”

  1. as pessoas dizem que eu sou magrinho por causa da minha genética, pura mentira. é porque eu não como besteira, sempre como o pão sem nada, sem margarina e muito menos mortadela (é raro eu comer pão com alguma coisa). eu posso dizer que 99% das pessoas que estão gordas ou com o peso acima do normal é porque comem essas besteirinhas direto com a desculpa que “de vez enquanto não faz mal” mas comem direito. a explicação que comprova isto é que 40 anos atrás as pessoas eram em média mais magras que hoje (não to dizendo que todo mundo era magro, mas por exemplo alguém que hoje pesa 90kg, pesaria 75kg nos anos 80), fora ainda o fato que as pessoas andavam mais a pé antes. hoje em dia tem gente que até pra ir na esquina vai de carro, mas pra mim o principal de todos é os habitos alimentares.