Mulher Emagrece 60 kg Após Perder Pai, Avô, Avó e Ser Traída Pelo Namorado

Especialista:
atualizado em 17/08/2016

O que você faz quando algo de ruim acontece na sua vida? Fica desanimado e deixa a tristeza e a decepção tomarem conta de você ou mesmo machucado segue em frente e luta para voltar a se sentir bem novamente?

Se nós tivéssemos feito essa pergunta a Kaity Krontz, provavelmente a resposta escolhida por ela teria sido a segunda. É que mesmo depois de ter perdido o pai, o avô e a avó e ter descoberto que havia sido traída por seu namorado, a moça encontrou coragem para entrar em uma jornada de perda de peso e eliminou aproximadamente 55 kg. Ela saiu dos 145 kg e hoje pesa por volta de 85 kg.

Antes de sua família passar pela tragédia de perder três entes queridos, Kaity pesava em torno de 122 kg. Na época ela não tinha o costume de praticar exercícios físicos e se alimentava basicamente de fast food, pizza e macarrão com queijo.

Kaity-2

Como a própria contou, o fato de seu namorado, com quem estava junto há três anos, também gostar de comer muito não a ajudava. “O nosso relacionamento um com o outro não era saudável, assim como o nosso relacionamento com a comida. Nós dependíamos um do outro para tudo e não tínhamos os nossos próprios grupos ou vidas”, disse a moça.

Foi entre os anos de 2012 e 2013 que Kaity perdeu o pai, o avô e a avó. Os acontecimentos foram bem estressantes para sua família e ela teve que tomar muitas responsabilidades para si. Com isso, todas as vezes em que se sentia sobrecarregada ou triste, o que segundo a própria aconteceu muito durante esse período, ela comia mais que o necessário para se satisfazer, apenas para se sentir melhor.

Kaity-1b

Segundo Kaity, ela fazia isso para se sentir melhor e não se importava com as consequências do péssimo hábito. “Como eu comia para lidar com a perda de tantos membros da minha família e estava saindo com alguém que nunca viu isso como um problema, eu engordei mais de 22 kg em cerca de seis meses”, revelou a moça.

Para piorar a situação, na época em que sua avó faleceu, ela também descobriu que havia sido traída por seu então namorado. Foi aí que ela percebeu que uma parte muito grande de sua vida dependia dele. Kaity ainda admitiu que ao olhar-se no espelho sentia-se chateada por estar acima do peso, sozinha e infeliz consigo mesmo.

Então ela pensou: “Ok, se eu não me amo agora, como vou encontrar um cara que me ame?” Assim, pesando 145 kg, a moça decidiu que era hora de fazer alguma coisa para mudar sua situação e seguiu em frente.

Kaity-3

A mudança na prática

As coisas começaram a ficar diferentes de verdade quando Kaity encontrou uma academia de boxe: “Naquele ponto eu estava brava, eu estava tão furiosa com as coisas que a vida tinha jogado em cima de mim que ver as pessoas na propaganda descontando a sua agressividade naquele saco de pancadas pareceu bom demais – então eu me inscrevi”, ela contou.

Apesar de ter pensado que poderia dar conta de sua primeira sessão de boxe, a moça teve bastante dificuldade para passar pelos treinamentos. “Os treinadores foram acolhedores mas eu não conseguia fazer um abdominal ou uma flexão de braço. Tive que dar tudo de mim para passar por aquela primeira aula – mas eu consegui”, revelou.

Passado os primeiros meses de treinamento com o boxe, que a desafiaram bastante, Katy também se deu conta que precisava melhorar a alimentação, tendo em vista que depois de comer um cheeseburger ou nachos na hora do almoço, se sentia sonolenta.

Decidida, ela jogou tudo que havia em sua despensa fora e partiu para o supermercado, Lá, a moça comprou todos os vegetais frescos e alimentos ricos em proteínas que poderia usar para cozinhar e passou longe da pizza e do macarrão.

Assim, ela tomou gosto pela cozinha e começou a se sentir com mais energia para malhar. Então depois de dois meses após ter mudado drasticamente a dieta e malhando cinco dias semanalmente, a moça começou a perceber as diferenças em seu corpo. Katy não estava simplesmente perdendo peso, ela também estava ganhando músculos e assim percebeu que todo o seu esforço poderia realmente mudar o seu corpo.

“Um dia, eu estava sentada no trabalho e coloquei a mão na minha coxa. Eu senti o meu quadríceps onde a minha perna costumava ser mole. Isso foi incrível”, a moça disse.

Com o tempo, ela experimentou outras atividades físicas e continuou a se esforçar para entrar em forma. Assim, pouco mais de um ano depois de ter começado a sua jornada, Katy tinha eliminado em torno de 55 kg e vivido o ano que ela mesma descreve como o melhor de sua vida.

“Eu fiquei muito triste por causa do meu término durante bastante tempo, mas quando eu olho para trás, isso foi a melhor coisa que aconteceu para mim. Eu nunca teria tirado o meu traseiro do lugar e ido trabalhar se agente tivesse ficado junto. Agora, apesar de eu ter sido abordada, eu não tenho tempo para rapazes. Eu estou muito ocupado fazendo o que amo”, refletiu.

Kaity-4

Katy ainda revelou que depois da transformação, ela se tornou uma pessoa independente que foca mais em si mesma e na sua saúde. Se antes ela não se sentiria bem fazendo uma refeição sozinha, hoje não vê problemas nisso.

“Também é ótimo saber que eu posso fazer coisas como boxe, ioga e corrida – coisas que eu nunca tinha pensado que pudesse fazer. É tão satisfatório. Agora que eu conquistei tanto através do fitness, eu quero me tornar uma treinadora e ajudar outras pessoas”, completou.

As dicas de Katy

Depois de ter passado com sucesso por uma jornada que a levou a emagrecer e ter uma vida mais saudável, não é de se surpreender que Katy tenha algumas dicas a ofereces às pessoas que estão passando ou irão passar pelo mesmo processo que ela. Confira quais são essas sugestões a seguir:

– Invista em si mesmo: A moça conta que depois que passou a gastar seu dinheiro nas aulas na academia, se sentiu melhor que quando usava seus ganhos para comprar roupas ou sair para comer. “Investir em todas essas aulas não é barato, mas foi o que me manteve motivada a malhar e tentar novas coisas”, contou.

– Não se sinta desencorajado: Afinal ninguém nasce sabendo, não é mesmo? E como aquele velho ditado já diz, é errando que se aprende.

Quando não dava conta de fazer uma simples flexão de braço, Katy se sentia desanimada. Entretanto, em vez de se abalar com a situação, ela a usou como motivação para melhorar e ficar mais forte no lugar de duvidar de si própria.

– Não tenha medo da academia: O primeiro dia de treinamento realmente pode ser bem assustador para quem está fora de forma ou não tem a menor ideia de como fazer um exercício na academia. E para Katy, isso não foi diferente: ela achou que as pessoas pensariam que ela não deveria estar ali, o que não era verdade.

Ao vencer o medo e enfrentar o primeiro dia de aula, você poderá perceber que os conceitos que têm em relação ao que as pessoas pensarão de você e a ideia fixa que elas te rejeitarão estão errados. E foi justamente isso que aconteceu com a dona da nossa história de hoje: “Os treinadores e as outras pessoas da academia estavam sempre me encorajando e ajudando. Alguns até me disseram que eu os inspirava a treinar mais forte”, relatou.

Kaity-5
Tatuagem que marca o início da jornada que mudou sua vida

O que você achou dessa história incrível de superação? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Mulher Emagrece 60 kg Após Perder Pai, Avô, Avó e Ser Traída Pelo Namorado”

  1. Gostei do texto.
    Tenho 4 meses de exercícios em casa. Antes eu tinha uns 32 de braço, hoje tenho 38 de braço. Malho/treino intensamente (não limite, pois acho que eu poderia sim fazer mais). No começo de 2015 eu malhava numa academia e nos 5 meses que fiquei cheguei um pouco menos do shape que tenho hoje. Saí e fiquei vegetando. Ganhei barriga e tava ficando franguinho novamente. Agora voltei pra lascar mesmo. Desmotivação nunca mais!