Naltrexona e Bupropiona emagrece mesmo?

Especialista da área:
atualizado em 11/07/2021

São tantos os remédios para emagrecer disponíveis que às vezes até fica difícil saber qual realmente funciona e ajuda de fato a emagrecer. E agora temos ainda o lançamento de outro medicamento que promete colaborar para a perda de peso, cujo nome é Contrave, aprovado pelo FDA (órgão correspondente à nossa Anvisa), composto por Naltrexona e Bupropiona.

  Continua Depois da Publicidade  

Enquanto alguns medicamentos atuam inibindo o apetite, outros impedem a absorção de gorduras e outros diminuem a vontade de comer por impulso. A Naltrexona e Bupropiona encaixam-se exatamente na primeira categoria, pois atuam no sistema nervoso, diminuindo o apetite e causando uma redução no consumo de calorias.

Então isso significa dizer que a Naltrexona e Bupropiona emagrecem? A resposta é sim, seu uso combinado promove a perda de peso, embora a utilização dos medicamentos isolados não produzam esse mesmo efeito. Portanto vamos entender o mecanismo de ação deles, de forma isolada, e combinada.

Bupropiona

A Bupropiona atua inibindo a recaptação das catecolaminas no cérebro, sobretudo a dopamina e a norepinefrina, estimulando esses neurotransmissores associados à sensação de prazer e bem estar. Originalmente, a Bupropiona foi desenvolvida para tratar o tabagismo e combater a depressão, graças à sua capacidade de manter elevados os níveis de neurotransmissores nas fendas sinápticas. Em tese, ela seria então um excelente remédio para emagrecer, pois níveis elevados de neurotransmissores estão associados a uma inibição do apetite.

Na prática, no entanto, não é bem assim. A Bupropiona até aumenta os níveis dos neurotransmissores, o que levaria a um aumento no gasto energético e redução no apetite, mas ocorre que uma das substâncias estimuladas pela bupropiona é a beta-endorfina (um opióide), que atua inibindo os mesmos neurônios estimulados originalmente pela bupropiona. Ou seja, a beta-endorfina anula os potenciais efeitos da bupropiona em relação à redução do apetite.

Por isso, seus efeitos na redução de peso e controle à obesidade são modestos, não justificando seu uso isolado como remédio para emagrecer.

Naltrexona

A Naltrexona foi pesquisada inicialmente para auxiliar no tratamento de dependentes de opiáceos, já que ela atua no cérebro como um antagonista do receptor opióide, relacionado à sensação de prazer e recompensa. Atualmente, tem sido utilizada no tratamento contra a dependência causada pelo álcool.

Em estudos para analisar o potencial da Naltrexona no combate à obesidade, os resultados foram mínimos, com pouca ou nenhuma perda de peso após o tratamento com a substância.

Naltrexona e Bupropiona

medicamentos dois frascos

Assim, vimos que quando separadas, a Bupropiona e a Naltrexona não possuem um efeito notável no emagrecimento, entretanto em conjunto, quando combinadas em um único medicamento, a Naltrexona e Bupropiona emagrecem sim.

Isso porque quando as duas substâncias estão conjugadas, a Naltrexona bloqueia os receptores para a beta-endorfina, o que inibe sua ação nos neurônios cerebrais e potencializa os efeitos da Bupropiona sobre os neurotransmissores. Isso leva a uma diminuição no apetite e a um aumento no gasto energético.

  Continua Depois da Publicidade  

Como Naltrexona e Bupropiona emagrecem?

Em um estudo feito com 700 participantes obesos (90% dos quais eram mulheres e pesavam acima de 100 kg) os resultados observados com o uso de Naltrexona e Bupropiona foram promissores.

Durante 56 semanas, os participantes (apenas 60% permaneceu até o final) foram submetidos a um intenso programa de perda de peso, que incluía dieta, atividade física e acompanhamento psicológico. Dois terços dos participantes também tomaram Naltrexona e Bupropiona durante a duração do programa.

Após o final do programa de emagrecimento, estes foram os resultados:

  • A perda de peso média foi de 5% do peso total do início do programa (de cinco a sete quilos);
  • 11% dos participantes que ficaram até o fim do programa tiveram uma perda de peso superior a 11% de seu peso total inicial;
  • Aqueles que fizeram tratamento com Naltrexona e Bupropiona perderam mais de 15% do seu peso corporal total (de nove a 11 quilos);
  • Do total de participantes que fizeram o tratamento com Naltrexona e Bupropiona, 29% chegaram a eliminar mais de 15% de seu peso inicial.

Ou seja, a Naltrexona e Bupropiona emagrece, mas seu uso deve estar associado a uma mudança nos hábitos de vida que incluam uma dieta equilibrada e a prática de atividades físicas regulares.

Benefícios da Naltrexona e Bupropiona

Ainda segundo alguns estudos, além da perda de peso, o uso de Naltrexona e Bupropiona também levaram a:

  • Redução nas taxas de LDL (colesterol ruim);
  • Aumento nos níveis do colesterol bom (HDL);
  • Redução da glicemia em jejum;
  • Diminuição da circunferência abdominal;
  • Redução real de peso.

Outros efeitos observados foram as reduções do risco de algumas condições associadas à obesidade, como diabetes, pressão alta, doenças cardiovasculares e arteriosclerose.

Efeitos colaterais

Durante o estudo com o uso de Naltrexona e Bupropiona, diversos participantes se queixaram de náuseas e alguns chegaram a sofrer com dores de cabeça, sobretudo no início da pesquisa. Os principais efeitos colaterais relatados do uso da Naltrexona e Bupropiona foram:

  • Tontura;
  • Enjoo;
  • Dores de cabeça;
  • Tremores.

Muitas pessoas se queixaram de enjoos fortes durante os primeiros dias de tratamento com a combinação dos medicamentos, que tendem a desaparecer após esse período inicial.

  Continua Depois da Publicidade  

A Naltrexona e Bupropiona não deve ser utilizada por grávidas ou lactantes, e embora seu uso seja indicado para todas as faixas etárias, o ideal é que seja evitado por adolescentes e idosos, grupos mais suscetíveis aos efeitos colaterais.

Como comprar Naltrexona e Bupropiona

Para poder comprar Naltrexona e Bupropiona você precisará de uma receita médica, que ficará retida no estabelecimento comercial ou site de onde encomendou o medicamento. Mesmo que você tenha acesso ao remédio sem receita médica, seu uso é desaconselhado sem o acompanhamento de um profissional qualificado da área da saúde.

Ao decidir comprar a Naltrexona, é importante ter em mente que esse remédio não promove a mudança dos hábitos alimentares, e nem trata a ansiedade e compulsão alimentar, dois dos principais fatores por trás dos excessos alimentares.

E também não se esqueça de que se não forem feitas alterações no seu modo de se alimentar, você poderá readquirir todos os quilos perdidos durante o tratamento com a Naltrexona e Bupropiona.

Uma conversa com um nutricionista e o início de um programa moderado de atividade física ainda são o melhor caminho para quem precisa perder peso e não quer sofrer com os efeitos colaterais dos remédios para emagrecer.

Fontes e referências adicionais

Você já utilizou Naltrexona e Bupropiona para emagrecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (579 votos, média 3,85)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

13 comentários em “Naltrexona e Bupropiona emagrece mesmo?”

  1. Eu estou usando há aproximadamente 6 meses. Fiz bariatrica há 4 anos e estava começando a ter reganho de peso, eu estava absurdamente “belisquenta” o dia todo, a partir do uso da associação dos dois medicamentos praticamente não belisco mais, tenho as vezes um pouco de enjoo (o que acho até bom pq acabo comendo menos tbem). Boca seca tbem acontece, mas prefiro os poucos efeitos colaterais do que continuar descontrolada com a comida. Eu acabo me sentindo mais satisfeita, sem necessidades extras e isso me faz muito bem, acabo tendo a sensação de controle em relação a comida.

    Responder
  2. Olá, eu conheço uma uma pessoa que vez o tratamento com os medicamentos citados acima. Ela perdeu 32 kilos em menos de 1 ano de tratamento com o auxílio de dietas e atividades físicas,e com o perda de peso, o cabelo dela começou a cair, ficando muito fraco.Agora após um ano de tratamento ela está finalizando com outro medicamento segundo ela para evitar o reganho.Todo o tratamento está sendo acompanhando pelo endocrinologista, ela está muito mais feliz agora e mais saudável.

    Responder
  3. Comecei a tomar no dia 04/12, natrexona 150 e bup 8 mg, quase morri, muitos efeitos colaterais. Boca seca, tremores e muito enjoo. No dia 11/12 passei muito mal, tontura, sensação de desmaio e minha pressão aumentou e foi a 17/10. Resultado: NÃO ME ADAPTEI a essa fórmula e agora estou com 52 comprimidos que vão para o lixo. Dinheiro jogado fora. Na estatística sou aquele 1% que sofreu com todos os efeitos colaterais possíveis e imagináveis. Quase vi a luz… kkkk (rindo de nervoso).

    Responder
      • Olá,

        Ainda quer? Tenho manipulado
        Bupropiona 150mg com Naltrexona 10mg e o vcto é só em 08/2021.

        Estou me desapegando, porque meu organismo não se adaptou. Eram 180cp, ainda tem 176cp.

        Caso tenha interesse, me mande um e-mail: evelyn.nany30@gmail.com

        Responder
      • Olá,
        Estou desapegando deste medicamento manipulado, sendo Bupropiona 150mg e Naltrexona 10mg.

        Meu organismo não se adaptou, comprei com 180cp, mas ainda tem 176cp com vcto 08/2021.

        Caso tenha interesse me mande um e-mail: evelyn.nany30@gmail.com

        Responder
  4. eu tomei durante tres meses e tive um ótimo resultado, porém parei o tratamento, Voltei hoje a tomar e espero ir até o final do tratamento.

    Responder
        • Excelente!!!! Tb estou tomando assim. Receitado por meu nutrólogo! Combinação dos 3 é milagrosa!!!!

          Responder
      • Está dando super certo, não tive colaterais algum, e a vontade de comer doce que era o foco principal está zero, olho doces e não me dá vontade alguma de comer, parei com a compulsão alimentar, olhei relatos de enjoos em algumas pessoas, graças a Deus não senti nada disso.

        Responder