Remédio para tirar a fome – Os mais usados

Especialista da área:
atualizado em 24/03/2021

Os remédios para tirar a fome são bastante conhecidos no nosso país, embora ainda existam muitas dúvidas sobre o seu uso e efeitos.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, o aumento da quantidade de pessoas com obesidade e excesso de peso ao redor do mundo faz com que a procura por esses medicamentos aumente a cada dia

Por isso, vamos agora conhecer os principais tipos de remédio para tirar a fome e entender como eles funcionam, além de descobrir formas alternativas de controlar o apetite.

Tipos de remédio para tirar a fome

Remédios

O uso de remédios para tirar a fome é bastante popular, principalmente por quem procura por uma forma de emagrecimento mais rápida, mesmo com todos os riscos associados ao seu uso.

Existem muitos tipos de remédios para tirar a fome, e a seguir conheceremos alguns dos mais usados:

1. Medicamentos anorexígenos

Os medicamentos anorexígenos ajudam a reduzir o apetite e a acelerar o metabolismo, e agem como estimulantes do sistema nervoso central.

Os medicamentos anorexígenos vendidos no Brasil são a

  Continua Depois da Publicidade  

O uso destes medicamentos se tornou bastante popular nas décadas de 1960 e 1970, sendo usados para aumentar a produtividade, reduzindo o sono e aumentando a disposição física.

Entretanto, os medicamentos desta classe podem causar muitos efeitos colaterais, entre eles:

  • Dores de cabeça;
  • Insônia;
  • Arritmia;
  • Confusão mental;
  • Vômitos;
  • Hipertensão arterial;
  • Irritabilidade;
  • Depressão;
  • Tonturas.

2. Medicamentos sacietógenos

Este tipo de remédio para tirar a fome, assim como os anteriores, também atua diretamente no sistema nervoso central, aumentando a liberação alguns neurotransmissores e assim reduzindo o apetite.

Entretanto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) permite a venda destes medicamentos apenas com a prescrição médica.

Isso acontece porque esses medicamentos podem causar efeitos colaterais potencialmente graves, como:

  • Taquicardia, que é a aceleração dos batimentos cardíacos;
  • Constipação
  • Náuseas;
  • Boca seca;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Insônia.

Os medicamentos sacietógenos mais vendidos no Brasil são:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Contrave, uma associação de bupropiona e naltrexona;
  • Sibutramina;
  • Qnexa, uma associação de fentermina e topiramato;
  • Belviq, ou lorcaserina;
  • Victoza, ou liraglutida.

3. Medicamentos inibidores da enzima lipase

Diferentemente dos anteriores, este tipo de remédio não atua no sistema nervoso central, mas sim na inibição da enzima lipase.

A enzima lipase é a responsável pela quebra das moléculas de gorduras para que estas sejam absorvidas pelo organismo. Como os medicamentos bloqueiam este processo, as gorduras passam a ser eliminadas nas fezes em vez de serem absorvidas.

Mas esses medicamentos não agem apenas na redução de peso: Estudos mostram que estes inibidores ajudam a reduzir as taxas de glicose no sangue, evitam o acúmulo de gordura no fígado e reduzem as taxas de colesterol ruim (LDL).

O medicamento dessa classe mais conhecido é o orlistat, também conhecido como xenical.

Outras formas de reduzir o apetite

spirulina

Muitos medicamentos para emagrecer tiveram sua venda proibida no Brasil e, em função disto, a busca por formas alternativas para tirar a fome cresce a cada dia.

  Continua Depois da Publicidade  

Veja a seguir algumas dessas alternativas para controlar o apetite:

1. Goma guar

A goma guar é um tipo de fibra solúvel que ajuda a aumentar a saciedade e a reduzir a fome, uma vez que, quando ingerida junto das refeições, ela tem a capacidade de aumentar de volume, formando um gel viscoso quando em contato com a água.

Além disso, a goma guar também é muito usada no tratamento da constipação, da diabetes, da obesidade e também ajuda na redução do colesterol ruim.

2. Spirulina

A spirulina é uma alga rica em diversos nutrientes, entre eles minerais, vitaminas e proteínas, e que estimula o bom funcionamento do organismo.

Este produto natural também possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, evitando o estresse oxidativo e ajudando na prevenção de muitas doenças crônicas, dentre elas o câncer.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, este remédio caseiro para tirar a fome ajuda muito a emagrecer, pois aumenta a sensação de saciedade, ajuda no controle do colesterol e da glicemia e também melhora diversos aspectos da saúde.

3. Picolinato de cromo

O picolinato de cromo é rico no mineral cromo, que ajuda a reduzir a glicemia e a reduzir o apetite.

Mas o suplemento não é a única forma de ingerir o cromo, pois ele pode ser encontrado nas carnes, nos ovos, peixes, feijão, soja, milho, nos óleos vegetais, nas batatas, brócolis, entre outros alimentos.

4. Alimentos ricos em fibras

Existem muitos alimentos que podem atuar como um remédio para tirar a fome, por possuírem alto teor de fibras, que ajudam tanto a manter a saúde do intestino quanto a aumentar a saciedade.

Alguns exemplos de alimentos ricos em fibras são:

5. Alimentos ricos em proteínas

As proteínas demoram mais tempo para serem digeridas pelo organismo e, por este motivo, aumentam a sensação de saciedade.

Assim, consumir alimentos ricos em proteínas pode ser uma forma de facilitar o emagrecimento e, de quebra, ganhar massa muscular.

6. Café

O café é um estimulante natural, que ajuda a diminuir o apetite. Mas ele não deve ser consumido de forma exagerada para não causar problemas de saúde.

7. Alimentos ricos em gorduras boas

Consumir alimentos como abacate e azeite extra virgem é uma ótima forma de diminuir o apetite, de acordo com diversos estudos.

Além disso, esses alimentos são benéficos para a saúde, e ajudam a controlar o colesterol e o triglicérides.

Dicas e cuidados

  • As melhores formas para promover a perda de peso ainda são a dieta equilibrada e a prática de atividades físicas, e mesmo com o uso de medicamentos, essas duas formas “clássicas” ainda tem grande importância;
  • Os medicamentos para tirar a fome citados nesse artigo só devem ser usados com orientação de um médico, uma vez que eles podem causar efeitos colaterais graves;
  • O emagrecimento é algo que vai muito além da aparência, pois a redução de peso, quando feita de forma saudável, ajuda a prevenir e tratar diversas doenças, como a hipertensão e a diabetes tipo dois;
  • Além disso, a perda de peso pode melhorar a qualidade de vida e a autoestima da pessoa.

Gostou das dicas? Então assista aos vídeos abaixo que tem mais informações sobre o assunto.

Fontes e referências adicionais

Você já tomou algum tipo de remédio para tirar a fome que trouxe bons resultados para emagrecer? Algum destes listados acima? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (120 votos, média 3,82)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário