Pectina emagrece? O que é, alimentos e dicas

Especialista da área:
atualizado em 17/11/2020

A pectina é uma fibra encontrada em diversas frutas, principalmente na maçã, além de muito usada na indústria alimentícia, em alimentos como sucos, doces e geléias.

  Continua Depois da Publicidade  

Vamos agora conhecer com mais detalhes os seus efeitos, onde encontrá-la e descobrir se ela emagrece mesmo ou não.

O que é a pectina?

maca é fonte de pectina.jpg
Maçã é uma excelente fonte de pectina

A pectina é uma fibra facilmente encontrada em frutas, principalmente na maçã e frutas cítricas. As fibras, em geral, são muito importantes na manutenção da nossa saúde e essenciais para um bom funcionamento do sistema digestivo.

Para que serve?

Existem basicamente dois tipos de fibras: as solúveis e as insolúveis. A pectina é uma fibra solúvel e ajuda os alimentos a se movimentarem através do trato digestivo, além de tornar a digestão mais lenta.

Um outro efeito dela é a redução da absorção do colesterol pelo intestino, reduzindo seus níveis no sangue.

Como a pectina emagrece?

As fibras, em geral, ajudam nosso organismo de várias formas:

  • Aumentam a sensação de saciedade e assim diminuem a ingestão de calorias;
  • Reduzem a absorção de colesterol e gorduras pelo intestino;
  • Ajudam a manter a microbiota intestinal saudável.

Todas essas ações acabam, direta ou indiretamente, auxiliando no emagrecimento. Além do emagrecimento, a pectina traz outros benefícios para a saúde, como mostrado a seguir:

Ajuda a regular o nível de açúcar no sangue

Assim como controla a absorção de colesterol e gorduras, estudos mostram que a pectina também regula a absorção de açúcares. Isso acaba diminuindo a ocorrência de picos de glicemia, e pode ajudar a prevenir tanto a liberação em excesso da insulina quanto a resistência a ela.

Outro ponto positivo é que, com a redução da secreção da insulina, há também a diminuição do acúmulo de gordura abdominal.

Melhora e previne a constipação

Por se tratar de uma fibra solúvel, a pectina ajuda a melhorar o trânsito intestinal, auxiliando a combater e prevenir a constipação. Isso acontece por dois motivos:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Ajuda a manter as fezes hidratadas, evitando ressecamentos;
  • Mantem a saúde da flora intestinal.

Mas é importante lembrar que, quando não há o consumo adequado de água, a pectina pode acabar causando a constipação, ao invés de preveni-la.

Outra dica importante é que o uso de fibras solúveis, como a pectina, deve ser associado ao de fibras insolúveis. Por isso a melhor fonte do nutriente são as naturais, como as frutas, pois normalmente elas contêm os dois tipos de fibras.

Alimentos ricos em pectina

A pectina está presente em diversos vegetais e frutas. Dessa forma, é possível adotar uma dieta rica em pectina e ao mesmo tempo de baixa caloria, além de rica também em outros nutrientes. Fontes saudáveis de pectina incluem:

  • Laranjas e limões;
  • Maçãs;
  • Bananas;
  • Damascos;
  • Frutas vermelhas, como framboesas e amoras.

Suplemento ou alimento?

Os suplementos de pectina são bastante úteis, porém podem ser mais caros e menos eficazes do que incluir a pectina na dieta através da ingestão das frutas, por exemplo.

Além disso, o suplemento fornece apenas a pectina, enquanto que as frutas e outros alimentos podem fornecer também vitaminas, minerais e outros tipos de fibras ao organismo.

Assim, o ideal é obter os nutrientes através de uma dieta equilibrada e usar os suplementos em casos mais específicos ou como um complemento nutricional, se necessário, e com indicação de um profissional habilitado.

Efeitos colaterais e contraindicações

Embora não cause efeitos colaterais, quando consumida sem exagero, doses mais altas de pectina podem causar algumas reações, como:

  • Distensão abdominal;
  • Gases;
  • Constipação, quando não há um consumo adequado de água.

Quanto a contraindicações, o uso de pectina é seguro para todas as idades, principalmente quando proveniente de vegetais, na alimentação.

  Continua Depois da Publicidade  

Portanto, seu uso é seguro e ela pode ajudar a emagrecer. Claro que qualquer tipo de suplemento não irá funcionar milagrosamente, é preciso seguir uma dieta balanceada e sempre incluir atividades físicas em sua rotina para manter a saúde em dia e o equilíbrio tão desejado na balança.

Fontes e Referências Adicionais

Você já tinha ouvido falar que o consumo de pectina emagrece? Tem o costume de comer esses alimentos que contêm a substância? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,60 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário