Pólipos nasais – Sintomas, causas e tratamento

Especialista:
atualizado em 01/10/2020

A sensação constante de congestão nasal pode indicar a presença de pólipos nasais. Saiba o que são os pólipos nasais além de seus sintomas, causas e tratamento.

Sintomas de resfriado sem causa aparente, nariz entupido e coceira constante, por exemplo, podem ser sinais de pólipos nasais. Principalmente quando os sintomas não melhoram com o tratamento.

De fato, como alguns sintomas de pólipos nasais coincidem com os de outros problemas respiratórios – como rinite ou sinusite – pode ser difícil diagnosticar a condição.

Ainda assim, alguns detalhes podem ajudar a perceber um pólipo nasal. Veja quais são eles.

O que são os pólipos nasais

Os pólipos nasais são crescimentos anormais do tecido que reveste o nariz.

Aliás, essa camada interna do nariz é chamada de mucosa ou seio paranasal. Em resumo, quando há uma inflamação nesse tecido, a cicatrização pode gerar o crescimento de mais células do que seria normal.

Como resultado, temos uma espécie de massa indolor e mole – que é justamente o pólipo nasal.

Embora anormais, esses crescimentos são benignos e não representam um risco à saúde. Porém, os pólipos podem incomodar pelos sintomas que eles causam.

Sintomas de pólipos nasais

Os pólipos nasais não costumam causar dor, mas o crescimento dos seios paranasais podem causar outros sintomas incômodos como:

  • Dificuldade para respirar;
  • Sensação constante de nariz entupido;
  • Nariz escorrendo e gotejamento pós-nasal;
  • Respiração pela boca;
  • Redução do olfato e do paladar;
  • Ronco e apneia do sono;
  • Sensação de pressão na testa ou no rosto;
  • Dor de cabeça e no rosto.

Por causa dos sintomas parecidos com os de uma sinusite, é comum confundir os pólipos nasais com uma infecção sinusal. Por isso, aproveite para conferir os principais sintomas da sinusite e nunca mais se confundir.

Causas

Para que um pólipo nasal se desenvolva, é preciso que antes de mais nada ocorra uma inflamação na mucosa.

Quando irritada por causa de uma alergia ou resfriado, a mucosa nasal fica vermelha e inchada. Além disso, ela passa a produzir muco que escorre pelo nariz. A inflamação prolongada estimula o crescimento do tecido e é a principal causa de polipose nasal.

É claro que os gatilhos que causam uma inflamação prolongada variam de pessoa para pessoa, mas podem incluir:

  • Sinusite crônica;
  • Rinite alérgica;
  • Asma;
  • Fibrose cística;
  • Síndrome de Churg-Strauss;
  • Sensibilidade a anti-inflamatórios não esteroides como a aspirina e o ibuprofeno, por exemplo.

Além disso, pode existir um fator hereditário que contribui para os pólipos nasais.

Desta forma, os principais fatores de risco envolvidos com o desenvolvimento de pólipos nasais são:

Tratamento de pólipos nasais

spray-nasal

Remédios

Os remédios usados no tratamento de pólipos nasais visam reduzir a inflamação e aliviar os sintomas de congestão nasal. Aliás, em alguns casos, o pólipo pode reduzir de tamanho ou até mesmo desaparecer com o uso de corticosteroides.

De fato, os sprays nasais contendo corticosteroides são muito eficientes. Eles atuam diminuindo a coriza e a obstrução nasal. Alguns deles são a budesonida, a fluticasona e a mometasona, por exemplo. Porém, usá-los sem orientação médica pode fazer com que os sintomas voltem depois.

Além disso, outro anti-inflamatório esteroide é a prednisona. Trata-se de um remédio de uso oral ou injetável que diminui a inflamação nas mucosas.

Mas novamente, é importante seguir as orientações médicas, já que esteroides em geral podem causar efeitos adversos graves. Por exemplo, alguns deles são:

O tratamento também pode ser sintomático. No caso de alergias, por exemplo, anti-histamínicos ajudam a controlar a inflamação e aliviar os sintomas. É provável que analgésicos também sejam úteis para aliviar sintomas adicionais como dor de cabeça.

Remédio caseiro

Dificilmente um remédio caseiro vai te livrar do pólipo nasal, mas ele certamente pode te ajudar a lidar com os sintomas e a suavizar a inflamação. O que você pode fazer é o seguinte:

  • Lavar as narinas com soro fisiológico esterilizado diariamente;
  • Fazer inalação com vapor de água;
  • Usar um umidificador de ar.

Intervenção cirúrgica

A cirurgia de remoção de pólipos nasais pode ser feita de duas formas: através de uma polipectomia ou de um procedimento endoscópico.

De fato, a polipectomia é um procedimento simples que pode ser feito com um equipamento de sucção ou de corte que remove os tecidos moles em excesso.

Por outro lado, a endoscopia nasal é um pouco mais invasiva, já que ela envolve o uso de um endoscópio fino e flexível através das narinas para remover os pólipos.

Apesar da cirurgia remover o mal pela raiz, na prática não é bem assim. Estimativas indicam que até 15% das pessoas com problemas nasais crônicos podem ter pólipos nasais outra vez.

Ainda assim, ambos tipos são procedimentos seguros com um pós-operatório tranquilo. Por isso, eles são indicados para quem sofre muito com a presença dos pólipos e seus sintomas.

Como prevenir

A longo prazo, a melhor forma de tratar ou evitar que os pólipos nasais retornem é identificando a causa da inflamação na mucosa e tratando-a.

Isso porque, ao tratar a causa, evitamos não só a inflamação recorrente como também os sintomas desagradáveis que a acompanham. Assim, sem uma inflamação ativa, não há como os pólipos nasais se desenvolverem.

Além disso, algumas dicas que ajudam pessoas com tendência aos pólipos nasais no dia a dia são:

  1. Umidificar a casa;
  2. Manter o ambiente limpo;
  3. Evitar contato com alérgenos;
  4. Lavar o nariz com soro fisiológico;
  5. Ficar atento em locais com muita poluição ou fumaça;
  6. Não fumar;
  7. Alimentar-se bem para fortalecer a imunidade contra gripes e resfriados.

Gostou das dicas?

Fontes e referências adicionais:

Você tem ou conhece alguém com pólipos nasais? Pretende usar alguma dica para evitar inflamação nas narinas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário