Por que refrigerante faz mal? 10 motivos comprovados

Especialista da área:
atualizado em 20/01/2022

Se engana quem pensa que apenas o refrigerante com açúcar faz mal. Pois saiba que mesmo a bebida diet pode prejudicar sua saúde.

O consumo regular de refrigerante pode trazer vários danos para a saúde. Alguns dos problemas são calorias vazias que não têm nenhum valor nutricional significativo e o excesso de sódio que pode levar à retenção de líquidos e inchaço.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, mesmo as versões sem açúcar são prejudiciais devido à presença de aditivos alimentares como ácido fosfórico, xarope de milho e adoçantes artificiais.

Veja então quais as razões para você reduzir o consumo ou parar de vez com o hábito de tomar refrigerante. 

Prejuízos à saúde causados pelo refrigerante 

Coca-cola
Esse tipo de bebida faz mal por vários motivos já comprovados cientificamente

1. Pode causar diabetes e obesidade

O refrigerante é uma bebida ultraprocessada rica em sódio e açúcar. Ambos prejudicam a função do pâncreas. 

Isso é ruim porque o pâncreas produz insulina, um hormônio que transporta glicose e gera energia para as células. Se a função do pâncreas está prejudicada, esse mecanismo fica comprometido e o risco de desenvolver diabetes do tipo 2 aumenta.

Além disso, por ser uma bebida calórica rica em açúcar, aumenta também o risco de obesidade.

  Continua Depois da Publicidade  

Por último, vários refrigerantes contêm xarope de milho, um ingrediente rico em frutose capaz de aumentar a vontade de comer doce e, assim, causar compulsão alimentar e aumento da ingestão calórica diária.

2. Enfraquece os ossos e os dentes

O ácido fosfórico presente no refrigerante pode prejudicar a absorção de cálcio. Isso reduz a densidade óssea e eleva o risco de osteoporose.

Além disso, a acidez do refrigerante desgasta o esmalte dos dentes, podendo causar cáries e outros problemas de saúde bucal.

3. Pode causar pedras nos rins

O consumo frequente de refrigerante pode aumentar as chances de desenvolver pedras nos rins. 

De fato, a acidez da bebida acaba exigindo o uso de minerais como o cálcio para ajudar a neutralizar a acidez estomacal. 

Dessa forma, parte do cálcio que iria para os ossos acaba indo para o estômago e, em seguida, para os rins. Esse processo pode facilitar a formação de sais de cálcio, que são as famosas pedras nos rins ou cálculos renais.

  Continua Depois da Publicidade  

4. Contém muita cafeína 

A maioria dos refrigerantes contém bastante cafeína, principalmente aqueles feitos à base de cola. O excesso da substância no dia a dia pode causar sintomas desagradáveis como insônia, agitação, tremores e dor de cabeça.

5. Pode desregular a pressão arterial 

A presença de frutose, sódio e cafeína nos refrigerantes pode ser um problema para quem tem pressão alta. Isso porque essas substâncias podem elevar ainda mais a pressão.

6. Pode aumentar o risco de doenças 

Os refrigerantes podem causar processos inflamatórios que aumentam o risco de várias doenças crônicas e de alguns tipos de câncer. 

A explicação está na presença de aditivos alimentares e açúcares adicionados.

7. Vicia

O refrigerante com açúcar pode viciar. Isso acontece porque o consumo da bebida adocicada ativa o sistema de recompensa do cérebro em que neurotransmissores relacionados ao bem estar são liberados. 

É por isso que parar de tomar refrigerante é tão difícil nos primeiros dias.

  Continua Depois da Publicidade  

8. Pode levar à desidratação

Tanto a cafeína quanto o açúcar em excesso podem causar desidratação. 

A cafeína, por exemplo, é uma substância estimulante e diurética que aumenta a produção de urina e leva à desidratação. Por sua vez, o açúcar aumenta a necessidade de água no corpo.

Há ainda o fato de que algumas pessoas tomam o refrigerante para matar a sede e acabam ingerindo menos água do que o necessário diariamente. 

9. Gera problemas estomacais

O consumo de refrigerante aumenta a produção de ácido estomacal e isso pode irritar a mucosa e piorar condições como as úlceras pépticas e o refluxo gastroesofágico. 

Além disso, a bebida pode prejudicar a digestão e, consequentemente, a absorção de nutrientes.

10. Contém conservantes que fazem mal à saúde 

Há indícios de que alguns conservantes como o benzoato de sódio e o benzoato de potássio usados no refrigerante podem causar problemas respiratórios e alergias como asma e urticária. 

Dicas para reduzir o consumo de refrigerantes

Sucos
Sucos também podem ser opções muito gostosas de bebidas

Se você tem dificuldade para deixar de tomar refrigerante, seja ele açucarado ou zero, há algumas dicas que podem ajudar:

  • Troque o refrigerante por um suco natural sem açúcar 
  • Beba água com gás e adicione alguma fruta como o limão ou a laranja 
  • Evite beber durante as refeições 
  • Ao sentir sede, prefira beber água 

Dessa forma, você evita os malefícios do refrigerante e ainda melhora a sua saúde.

Fontes e referências adicionais

Você costuma beber refrigerante todo dia ou só de vez em quando? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário