Red Yeast Rice – Benefícios do Arroz Vermelho Fermentado

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

Nas últimas décadas, pode-se presenciar um aumento considerável de doenças relacionadas à má alimentação, ao estilo de vida estressante e também aos hábitos sedentários. Em função disto, muitas pesquisas começaram a focar na busca por substâncias naturais que fossem capazes de auxiliar na prevenção de problemas e doenças, contribuindo para a melhoria deste quadro.

Ao longo dos anos, alguns produtos já bastante tradicionais em outros países começaram a chegar ao mercado brasileiro com a promessa de trazer benefícios para a saúde dos seus consumidores. O Red Yeast Rice é um destes produtos e você poderá conhecer mais abaixo quais os principais benefícios deste alimento e como utilizar no seu dia a dia. 

O que é o Red Yeast Rice?

O Red Yeast Rice, também chamado de “Arroz Vermelho Fermentado” e conhecido como Red Koji ou Hong Qu, é um tipo de arroz que passa por um processo de fermentação através da utilização de uma levedura chamada de Monascus purpureus.

Durante o cultivo deste arroz, a levedura se desenvolve e cresce sobre os grãos, deixando o mesmo com uma coloração roxa brilhante, dando a característica principal deste produto e estabelecendo seu nome.

Este alimento é bastante utilizado na culinária chinesa, participando da tradição do país durante muitos séculos. O primeiro uso do Red Yeast Rice já documentado foi durante a Dinastia Tang em 800 D.C. na China, sendo posteriormente identificado e observado em comunidades locais de Java por cientistas da Alemanha em 1884. A levedura foi identificada no arroz e isolada somente em 1895.

Na Ásia e também nas comunidades chinesas ao redor do mundo, este produto é bastante utilizado como realçador de sabor para alimentos e também para a coloração de outros produtos como peixes, queijos, o tofu fermentado, o vinagre de arroz vermelho, além de ser muito utilizado na produção de bebidas como os vinhos e também o famoso saquê japonês, dando uma cor avermelhada para o aspecto final destes.

Quais os benefícios do Red Yeast Rice?

Milhões de pessoas ao redor do mundo utilizam atualmente medicamentos para o controle dos níveis de colesterol como forma de prevenir doenças cardiovasculares, e devido a isso, houve um aumento, de forma considerável, do interesse da comunidade científica em realizar pesquisas que avaliassem a eficácia e segurança de produtos que pudessem ajudar no controle deste problema, já que muitos destes pacientes buscavam alternativas mais saudáveis do que o uso de medicamentos.

Atualmente, o arroz vermelho fermentado vem sendo estudado e analisado como forma de ser utilizado para fins medicinais, como suplemento alimentar, em função das suas propriedades funcionais.

O mercado de suplementos cresce bastante e, em 2008, consumidores americanos investiram mais de 20 milhões de dólares em suplementos alimentares como forma de melhorar a saúde e prevenir doenças, havendo um aumento de 80% no consumo em relação ao ano de 2005.

Veja, a seguir, alguns dos grandes benefícios do Red Yeast Rice:

1. Possui ação antioxidante

Este arroz contém muitos nutrientes em sua composição, entre eles as fibras e isoflavonas que possuem ação antioxidante, evitando o envelhecimento precoce. Este arroz contém também muitos ácidos graxos monoinsaturados, que também podem contribuir para o controle dos níveis saudáveis de triglicerídeos no organismo.

Ele também possui algumas substâncias consideradas bioativas, como é o caso das monocolinas K que são produzidas pela levedura durante o processo de fermentação.

2. Previne doenças cardiovasculares

Em estudo realizado nos Estados Unidos durante a década de 70, pesquisadores perceberam que estas substâncias eram quimicamente idênticas a outra substância já conhecida pela indústria farmacêutica chamada de lovastatina.

A lovastatina, por sua vez, é produzida por outros microrganismos, o Aspergillus terreus, fazendo parte de uma classe de compostos chamados de estatinas. A lovastatina é utilizada em medicamentos para o tratamento de hipercolesterolemia, que é o aumento da concentração de colesterol no sangue, e também para a prevenção de doenças cardiovasculares, tais como o infarto, o acidente vascular cerebral (AVC), entre outras.

3. Ajuda a reduzir o colesterol ruim

Em pesquisas realizadas com o arroz vermelho fermentado contendo quantidades elevadas de monocolina K, verificou-se uma redução significativa das taxas de colesterol ruim (LDL) na corrente sanguínea após o consumo deste produto, demonstrando a capacidade que ele produto tem no auxílio do controle dos problemas causados pelas taxas elevadas de colesterol.

Alguns estudos clínicos documentaram a eficácia na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos com o uso controlado de 5 a 6 mg por dia de lovastatina, resultado na diminuição de aproximadamente 25% a 40% nas taxas do colesterol ruim (LDL), podendo-se considerar que as monocolinas K podem causar os mesmos resultados.

Um destes estudos, realizado na UCLA School of Medicine, nos Estados Unidos, um grupo de 83 pessoas com altas taxas de colesterol foi submetido ao consumo do Red Yeast Rice por mais de 12 semanas, havendo uma redução significativa dos níveis totais de colesterol, do colesterol (LDL) e também de triglicerídeos em comparação a um grupo de controle, que foi submetido a um placebo.

4. Promove o controle das taxas de triglicerídeos

Em outra pesquisa, apresentada pela American Heart Association, nos Estados Unidos, com um grupo de 187 pessoas com níveis altos de colesterol e submetidas ao consumo deste arroz, também foram identificados resultados expressivos no controle dos níveis de colesterol, havendo uma redução de 16% nas taxas de colesterol total, redução de 21% nas taxas do colesterol LDL e redução de 24% nos níveis de triglicerídeos.

5. Melhora a digestão

Além de ser um grande auxiliar para combater o colesterol ruim, o arroz vermelho fermentado também apresenta outros benefícios como a melhoria da digestão, pois é rico em fibras, e promovendo também a saúde do sistema circulatório.

Quais os suplementos de Red Yeast Rice e como utilizar?

Devido às inúmeras propriedades presentes no Red Yeast Rice, este produto passou a ser muito utilizado em forma de suplemento alimentar, sendo recomendado para auxiliar no controle das taxas de colesterol no sangue e também para garantir níveis saudáveis de triglicerídeos.

Para a produção do suplemento, o arroz é fermentando inicialmente com o uso das leveduras e, posteriormente, passa por um processo de secagem para ser, então, encapsulado.

É importante ressaltar que nenhum suplemento ou medicamento deve ser utilizado sem o acompanhamento e a orientação de um profissional da área de saúde, devendo-se sempre buscar informações adequadas. Este suplemento não é recomendado para pessoas com doenças relacionadas aos rins ou ao fígado, para aquelas que contêm alguma intolerância aos componentes da fórmula, pessoas com alergias a fungos e mulheres grávidas ou em período de amamentação.

Existem efeitos colaterais com o uso do produto?

Em função da presença de monocolinas K no arroz vermelho fermentado, a Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, declarou que este produto deveria sofrer o mesmo processo de regulamentação que os medicamentos contendo lovastatina, já que estas substâncias são idênticas e atuam da mesma forma no organismo.

A partir deste momento, muitos estudos passaram a ser relacionados para identificar se de fato este arroz pode trazer prejuízos à saúde, procurando-se analisar quais seriam os efeitos colaterais do uso deste produto.

Conclui-se, a partir destes estudos, que a monocolina K pode vir a causar os mesmos efeitos colaterais que a lovastatina, incluindo sintomas de dores musculares, fraqueza, alterações no trato digestivo, prisão de ventre, tonturas, dores de cabeça, podendo também causar, em casos mais graves, insuficiência hepática.

A lovastatina também pode interagir negativamente com outros medicamentos para controle das taxas de colesterol, entre eles alguns antibióticos, remédios antidepressivos, medicamentos para tratamento de infecções, medicamentos para controle da pressão arterial e problemas de tireoide, concluindo-se que a monocolina K pode vir a interagir da mesma maneira que esta substância, causando outros sintomas.

Outra questão importante é que se o processo de cultivo do arroz vermelho fermentado não for realizado da forma correta e controlada, pode haver a formação de uma substância contaminante chamada citrinina. Em estudos realizados com esta substância, verificou-se que a mesma pode causar diversos problemas, entre eles, a insuficiência renal e possíveis danos nas células.

Recomendações finais

Vale lembrar que a segurança do Red Yeast Rice ainda não foi estabelecida de forma efetiva e que seus efeitos adversos com o consumo não estão completamente claros, principalmente devido à falta de padronização na produção do mesmo, já que o teor de monocolinas K presente no produto varia dependendo das estirpes de leveduras utilizadas no cultivo.

Muitos estudos buscaram a padronização deste suplemento, contendo 600 mg para cada cápsula de produto e, aproximadamente, entre 0,1 e 10 mg de monocolina K, recomendando-se a utilização de 2 a 4 cápsulas por dia para adultos.

O uso de Red Yeast Rice para crianças e jovens com idade inferior a 20 anos não é recomendado. Algumas pesquisas também não recomendam a utilização deste suplemento por um período maior do que 12 semanas.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar do red yeast rice e seus benefícios para a saúde? Já experimentou tomar seu suplemento ou consumi-lo na dieta mesmo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário