Remédio para psoríase – 7 mais usados

Especialista da área:
atualizado em 07/12/2020

Pode demorar um pouco até encontrar o remédio para psoríase que funcione para cada caso, mas o fato é que existem muitas estratégias que podem melhorar a condição. Fique sabendo quais são os remédios para psoríase mais usados, além de opções caseiras que podem ajudar.

  Continua Depois da Publicidade  

A psoríase é uma doença autoimune em que as células da pele crescem muito rapidamente, o que gera um tipo de escama na pele.

A aparência espessa da pele pode causar constrangimento em algumas pessoas e sintomas como vermelhidão, inflamação, dor, sensibilidade, queimação, rachaduras e sangramentos, por exemplo.

O tratamento da doença não é dos mais fáceis, mas com o auxílio de um bom dermatologista e com paciência para encontrar uma terapia que funcione para a sua pele, é possível ter sucesso no tratamento. Aliás, confira também se a psoríase tem cura.

Remédios para psoríase mais usados

O objetivo da maioria dos remédios para psoríase é suprimir as lesões na pele para que elas parem de aparecer. Geralmente, o tratamento começa com a aplicação de cremes que também hidratam a pele.

No entanto, a administração de medicamentos orais pode ser necessária em casos mais difíceis de tratar. Veja então um apanhado de todas as melhores opções para os portadores de psoríase:

1. Corticosteroides

Cremes contendo corticosteroides em sua fórmula geralmente são a primeira indicação médica de remédio para psoríase. Casos leves e moderados normalmente respondem bem a esse tipo de tratamento tópico.

Além disso, existem corticosteroides na forma de pomadas, géis, sprays, espumas, loções e até shampoos. As pomadas mais comuns contêm hidrocortisona como princípio ativo. Opções mais fortes incluem a triancinolona e o clobetasol, por exemplo.

Os corticosteroides devem ser aplicados topicamente na pele uma vez ao dia quando os sintomas estiverem bem visíveis.

Quando os sintomas entrarem em remissão, o uso deve ocorrer em dias alternados (ou segundo a orientação médica) para manter o crescimento das células epiteliais sob controle.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Vitamina D

A vitamina D traz muitos benefícios para a pele e não é à toa que ela ou análogos como o calcipotriol e o calcipotrieno podem ser bons para o tratamento da psoríase, desacelerando o crescimento das células da pele.

Tais substâncias podem ser usadas sozinhas ou em conjunto com um creme corticosteroide

3. Retinoides

Os retinoides são compostos derivados da vitamina A que podem ser úteis no tratamento da psoríase. De fato, os benefícios da vitamina A para a pele são expressivos e incluem a redução da inflamação, o aumento do brilho e a reparação dos tecidos epiteliais.

A acitretina e o tazaroteno são bons exemplos de retinoides de uso oral bastante eficaz para controlar os sintomas da psoríase.

No entanto, retinoides devem ser usados por pouco tempo pois o uso prolongado pode causar efeitos colaterais e mulheres grávidas devem evitá-los.

4. Inibidores de calcineurina

O tacrolimus e o pimecrolimus são exemplos de inibidores de calcineurina que podem atuar contra a psoríase.

Eles diminuem a inflamação e a grande vantagem em relação aos outros remédios é que podem ser usados com segurança em locais sensíveis em que a pele é mais fina – como ao redor dos olhos, por exemplo.

Ainda assim, mulheres grávidas devem evitar e deve ser um tratamento a curto prazo para qualquer pessoa.

  Continua Depois da Publicidade  

5. Metotrexato

Um estudo publicado em 2013 na revista científica The Scientific World Journal indica que até 25% das pessoas com psoríase sofrem de quadros moderados ou casos mais graves da doença.

Isto é, o tratamento tópico não é suficiente e é preciso incluir medicamentos de uso oral como o metotrexato no tratamento.

Este é um remédio antimetabólico capaz de retardar o crescimento das células da pele. Isso então impede que a pele se torne escamosa e ajuda a acelerar a remissão da psoríase.

No entanto, trata-se de um remédio forte usado no tratamento de doenças autoimunes e câncer e que possui alguns efeitos adversos.

6. Imunossupressor

O imunossupressor mais indicado em casos de psoríase é a ciclosporina. Essa classe de remédio para psoríase atua acalmando o sistema imunológico e evitando ou interrompendo a reação das células do sistema imune que leva aos sintomas da doença.

De acordo com a American Academy of Dermatology (Academia Americana de Dermatologia), 80% a 90% das pessoas percebem uma rápida melhora nos sintomas da psoríase depois de começar a usar a ciclosporina.

7. Agentes biológicos

Por fim, a última opção de tratamento é o uso de agentes biológicos que geralmente são injetados no sistema para reduzir os sintomas da psoríase moderada ou grave.

Eles são bastante eficazes e conforme dados publicados em 2006 pelo instituto alemão Institute for Quality and Efficiency in Health Care, cerca de 70% dos pacientes notam melhoras nos sintomas da doença.

Alguns exemplos são o adalimumabe, o etanercepte, o infliximabe, o ustequinumabe e o secucinumabe.

No entanto, segundo o National Psoriasis Foundation (Fundação Nacional de Psoríase dos Estados Unidos), efeitos colaterais comuns são infecções respiratórias, reações no local da injeção e sintomas similares aos de uma gripe.

Quem sofre ou já sofreu de problemas de saúde como câncer, insuficiência renal, insuficiência hepática, tuberculose, hepatite, insuficiência cardíaca, infecção grave ou esclerose múltipla não são bons candidatos para o uso dessa classe de remédios.

Outras opções de remédio para psoríase

O apremilast foi aprovado em 2014 pela FDA (Food and Drug Administration) para tratar a psoríase. O remédio reduz a resposta do sistema imunológico à inflamação, o que portanto contribui para a remissão dos sintomas.

No entanto, o apremilast também não está livre de efeitos colaterais e pode causar dor de cabeça, diarreia, vômito, náusea, dor de estômago e coriza.

A antralina (ou ditranol) é um remédio derivado do antraceno que pode-se aplicar na pele de pessoas com psoríase para diminuir os sintomas da condição.

Ele pode retardar o crescimento das células da pele, mas deve ser usado com cuidado pois pode irritar a pele e manchar as mais diversas superfícies.

Por fim, uma pesquisa publicada na revista Psoriasis: Targets and Therapy em 2015 sugere que os ésteres de ácido fumárico também podem ser uma alternativa de remédio oral para tratar a psoríase de forma segura e eficaz.

Tratamento complementar e remédios caseiros

Psoríase
A coceira pode ser um dos sintomas da psoríase

Ácido salicílico

O uso do ácido salicílico para a pele é bastante comum tanto para melhorar a saúde da pele como para tratar problemas de saúde. Ele é capaz de diminuir os sintomas da psoríase, especialmente no couro cabeludo.

Alcatrão

O alcatrão é conhecido por diminuir a coceira, a inflamação e a descamação na pele. Além de poder ser um remédio prescrito, o alcatrão está disponível na forma de cremes, óleos e shampoos, por exemplo.

Ele também faz parte da terapia de Goeckerman, uma estratégia de tratamento que combina o uso de alcatrão com terapia de luz com raios UVB (ultravioleta B).

Hidratantes e emolientes

Qualquer creme hidratante que você tenha em casa pode ser um remédio caseiro para psoríase. Isso porque pele com psoríase pode ficar muito ressecada, o que dificulta o tratamento.

Ao manter a pele hidratada enquanto usa um remédio para a psoríase, ela cicatriza melhor e a eficácia do tratamento é maior. Portanto, veja também alguns cremes para pele seca que podem ser úteis.

Luz solar

Exposição à luz solar

Tomar sol regularmente é ótimo para melhorar os sintomas da psoríase. Use então proteção solar nas regiões da pele que não têm marcas da psoríase e deixe a área afetada tomar um pouco de sol.

Ômega 3

Suplementos de ômega 3 podem proteger a pele da descamação e contribuir com o tratamento, principalmente se combinado com a fototerapia.

Babosa ou Aloe vera

Cremes contendo Aloe vera ajudam a diminuir as placas avermelhadas, a inflamação, a descamação e a coceira na pele. Além disso, ela ajuda a manter a pele nutrida e hidratada.

Outras estratégias de tratamento

Por fim, óleos essenciais podem ser usados em aromaterapia para diminuir o estresse e a ansiedade, que podem ser gatilhos para os sintomas da doença.

Além disso, a fototerapia ou terapia de luz também parece trazer bons resultados. O tratamento consiste na exposição da pele à luz ultravioleta, que pode ser natural (luz do sol) ou artificial.

Em cerca de 80% dos casos, uma combinação de remédios de uso tópico, hidratação da pele e banho de sol é suficiente para promover a remissão dos sintomas da psoríase.

Mas para saber o melhor tratamento para o seu caso, avalie suas opções e defina qual estratégia adotar com o seu dermatologista.

Fontes e Referências Adicionais

Você já usou algum remédio para psoríase e teve bons resultados? Então, comente abaixo qual deles!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “Remédio para psoríase – 7 mais usados”

  1. Eu já uso psoríase pomada e tem me ajudado bastante. Nenhum médico descobria o que eu tinha, então eu mesma fiz a pesquisa e descobri que eu tenho psoríase.