Sono excessivo após refeições – O que pode ser

Especialista:
atualizado em 23/09/2020

Quem nunca sentiu aquele sono pesado depois do almoço, não é mesmo? Pois saiba que o sono excessivo após refeições é mais comum do que você pensa. Confira o que pode ser a sonolência depois de comer e algumas dicas para contornar essa situação.

A sensação de cansaço e sono logo depois de comer é normal. Mas, em excesso, o sono pode prejudicar o resto do seu dia e até interferir no seu bem-estar.

Assim como o sono excessivo pode afetar a sua produtividade e até mesmo indicar um problema de saúde, sentir-se cansado o tempo todo também pode ser um sinal de alerta. Por isso, é sempre bom prestar atenção no nosso corpo e entender melhor como cada processo funciona.

De fato, um dos processos essenciais para a sobrevivência é a digestão: é por meio dela que os alimentos se transformam em nutrientes. Esse processo requer muita energia e essa é a principal razão por trás do sono após o almoço e outras refeições.

A depender dos alimentos ingeridos em cada refeição, a sensação de sono e cansaço pode ser ainda mais pronunciada. Veja quais alimentos te causam sono e quais são as possíveis causas de sono excessivo depois de comer.

O que pode ser o sono excessivo?

Existem muitas teorias sobre o sono excessivo após refeições. Alguns acreditam que isso tem a ver com o sistema digestivo, com o ritmo circadiano, com a privação de sono ou com problemas de saúde. Confira a seguir as possíveis causas:

1. Porções grandes te deixam sonolento

refeição pesada

Comer muito aumenta os níveis de insulina. Quando há picos de insulina no organismo, aumenta também a produção do hormônio do sono. Por sua vez, o hormônio do sono é transformado em serotonina e melatonina – hormônios responsáveis por induzir o sono.

São muitas reações químicas e processos metabólicos que demandam energia acontecendo ao mesmo tempo e isso pode dar sono.

Todo esse mecanismo é uma forma do seu corpo pedir para que você desacelere. Assim, toda a energia é direcionada à digestão dos alimentos que você acabou de ingerir.

2. Alimentos difíceis de digerir dão sono

Quanto mais difícil de processar um alimento, mais tempo vai demorar para ele ser digerido. Por essa razão, refeições muito pesadas – como aquelas ricas em gorduras ou em alimentos processados, por exemplo – tendem a causar mais sonolência.

3. Excesso de triptofano faz você ter sono

Alguns profissionais acreditam que o sono após comer pode ter a ver com o aumento de serotonina – um neurotransmissor que ajuda a regular o humor e o ciclo de sono.

O fato é que o triptofano encontrado em fontes de proteínas é um precursor da serotonina. Ou seja, algumas proteínas podem aumentar os níveis de serotonina e, assim, aumentar o sono e o cansaço. A saber, alguns alimentos com alto teor de triptofano são:

  • Aves;
  • Leite e derivados;
  • Salmão;
  • Carnes magras;
  • Ovos;
  • Tofu;
  • Espinafre;
  • Sementes;
  • Soja e derivados.

Outra questão é que os carboidratos ajudam o corpo na absorção de triptofano. É por isso que uma refeição rica em proteínas e carboidratos (como a da hora do almoço) pode resultar em sono excessivo após refeições.

4. Problemas de saúde

O cansaço e a sonolência depois de comer também podem ser sintomas de problemas de saúde. Exemplos incluem:

  • Distúrbios do sono como a apneia;
  • Diabetes;
  • Problemas no fluxo sanguíneo;
  • Anemia;
  • Problemas na tireoide.

Também vale a pena investigar a possibilidade de uma intolerância ou alergia alimentar como a doença celíaca, por exemplo.

Esse tipo de alergia pode gerar muito estresse ao organismo, afetar a digestão dos alimentos e causar cansaço durante o dia.

5. Desidratação

Estudos mostram que a hidratação tem papel crucial na disposição e nas funções cognitivas.

Beber bastante água evita a desidratação e, além disso, ajuda a garantir o seu estado de alerta para cumprir as tarefas do dia a dia. Se o problema for pontual, pode ser interessante tomar um chá para tirar o sono após o almoço.

Como ficar mais alerta e com menos sono

Dando uma volta

Além de praticar exercícios físicos, fazer uma caminhada leve depois das refeições principais pode ajudar na digestão e a diminuir o sono.

Expondo-se à luz solar

Conforme uma pesquisa publicada em 2015 no periódico PLoS One concluiu, a exposição à luz forte no período pós almoço pode reduzir o cansaço.

Tomando café

A cafeína consumida moderadamente pode te deixar mais alerta depois do café da manhã ou do almoço. No entanto, é bom evitar tomar café e outras bebidas estimulantes após as 18 horas para não atrapalhar o sono.

Comendo mais fibras

A ingestão de uma quantidade moderada de fibras nas refeições principais ajuda na digestão. Fibras são alimentos bons para o intestino e um intestino funcionando bem previne o cansaço e o sono após as refeições.

Focando em porções menores

Comer menos e com maior frequência resolve o problema das porções grandes que demandam muita energia para a digestão.

As refeições mais frequentes e moderadas também ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue e os níveis de energia.

Sendo assim, se você costuma fazer três refeições ao dia, tente fazer cinco ou seis refeições menores ao longo do dia.

Dormindo o suficiente a noite

A sonolência depois de comer também pode ter relação com a baixa qualidade do sono noturno. Vale a pena checar se você está dormindo por tempo suficiente à noite e se ele está sendo reparador.

Abrindo as janelas

Manter o ambiente arejado, especialmente depois de comer, é importante, já que o calor pode aumentar o cansaço e a moleza.

O sono após as refeições é normal e significa que o seu corpo está funcionando bem. Mas se o sono está excessivo e interferindo na sua rotina, vale a pena investigar a causa e tratar o problema com a ajuda de um nutricionista ou de um médico.

Fontes e referências adicionais:

E você, já percebeu se fica com sono após comer? Já usou ou pretende usar alguma dessas dicas a fim de reduzir a fadiga depois do almoço? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário